Q

Previsão do tempo

23° C
  • Monday 24° C
  • Tuesday 26° C
  • Wednesday 25° C
24° C
  • Monday 28° C
  • Tuesday 31° C
  • Wednesday 31° C
28° C
  • Monday 29° C
  • Tuesday 32° C
  • Wednesday 31° C

Politécnico de Leiria e Guarda Nacional Republicana assinam protocolo na área da Informática Forense e da Cibersegurança

EXCLUSIVO

ASSINE JÁ
O presidente do Politécnico de Leiria, Rui Pedrosa, e o comandante do Comando Territorial de Leiria da Guarda Nacional Republicana (GNR), coronel Manuel Carlos Afonso, firmaram na quarta-feira, dia 6 de outubro, um protocolo de cooperação na área da Informática Forense e da Cibersegurança, tendo em vista o aproveitamento recíproco das potencialidades científicas, técnicas e humanas das duas partes.

A parceria resulta de várias diligências efetuadas com a GNR por forma a alargar a cooperação na área da Informática Forense, e que incluíram uma visita ao LabCIF – Laboratório de Cibersegurança e Informática Forense da Escola Superior de Tecnologia e Gestão (ESTG) do Politécnico de Leiria, culminando na celebração de um protocolo com esta força de segurança. A cooperação reconhece a importância da aproximação do conhecimento científico do ensino superior a uma entidade responsável por zelar pela segurança da população.

“Este é mais um marco importante no reconhecimento da capacidade de formação, de investigação e da prestação de serviços com impacto do Politécnico de Leiria, neste caso pelo reconhecimento da GNR, um parceiro importante para o Politécnico de Leiria, em múltiplas áreas, mas neste caso particular para a colaboração na área da informática forense e da cibersegurança”, refere Rui Pedrosa, presidente do Politécnico de Leiria.

No âmbito deste protocolo, o Politécnico de Leiria e a GNR compro-metem-se a promover a partilha de informação científica e técnica nas áreas consideradas de interesse para ambas as partes, nomeadamente na informática forense, cibersegurança, engenharia ambiental, ou outras, bem como a parti-cipar e promover conjuntamente atividades de caráter técnico-científico e de investigação, e a colaborar na realização de estágios e projetos finais de curso. O protocolo prevê ainda a promoção conjunta de seminários, workshops e outras iniciativas públicas, e a cooperação em cursos de especialização, de pós-graduação ou outros, visando uma aproximação entre comunidade científica e o conhecimento técnico.

(0)
Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Artigos Relacionados

Marcha do Orgulho com mais de 300 participantes

Realizou-se nas Caldas da Rainha, no dia 26 de junho, uma marcha em defesa da comunidade lésbica, gay, bissexual, transgénero e outras orientações de género, com mais de três centenas de manifestantes a rejeitarem serem discriminados e a reclamarem por condições...

marcha1

Arrancaram obras na linha férrea entre Caldas e Torres

A Infraestruturas de Portugal deu início, no dia 28 de junho, à empreitada de modernização do troço da Linha do Oeste entre Torres Vedras e Caldas da Rainha, após a assinatura do auto de consignação ter tido lugar na estação ferroviária de Caldas da Rainha, com a...

ferrovia