Q

Previsão do tempo

20° C
  • Thursday 21° C
  • Friday 25° C
  • Saturday 25° C
20° C
  • Thursday 23° C
  • Friday 30° C
  • Saturday 29° C
19° C
  • Thursday 22° C
  • Friday 30° C
  • Saturday 30° C

Unidade de Talassoterapiadeve ser instalada no Barra Bar

EXCLUSIVO

ASSINE JÁ
Nazaré pode vir a ter novos banhos quentes Tânia Rocha O empresário nazareno Serafim Silva quer construir um edifício para Talassoterapia no areal, junto ao Porto de Abrigo da Nazaré, onde está actualmente o Barra Bar. A obra se for concretizada vai substituir esta unidade de restauração. O pedido para a construção do centro de […]

Nazaré pode vir a ter novos banhos quentes Tânia Rocha O empresário nazareno Serafim Silva quer construir um edifício para Talassoterapia no areal, junto ao Porto de Abrigo da Nazaré, onde está actualmente o Barra Bar. A obra se for concretizada vai substituir esta unidade de restauração. O pedido para a construção do centro de Talassoterapia foi levado à última reunião de Câmara, realizada na passada segunda-feira, dia 18 de Outubro, e mereceu o parecer prévio favorável do executivo nazareno, “de acordo com a legislação em vigor”. No entanto, a possibilidade de execução da obra carece ainda do aval da CCDR-LVT (Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional de Lisboa e Vale do Tejo).

De acordo com a informação referente à memória descritiva e justificativa da empresa Barratur, do Grupo Miramar, este centro de Talassoterapia assume-se como um “projecto âncora de interesse regional e quiçá nacional”. A informação lembra que a Nazaré foi anteriormente reconhecida pelos seus “Banhos Quentes”, desde o final do século XIX, chegando a haver dois estabelecimentos deste tipo. Apesar de essa prática estar extinta há já muitos anos na Nazaré, o documento refere que, actualmente, “este tipo de terapia viu reconhecido o seu alto valor medicinal e terapêutico”, além de “vir rebuscar a identidade outrora perdida na Nazaré”. De acordo com a informação técnica, “o terreno onde será implantado o equipamento pertence à área dominial do Porto de Abrigo da Nazaré, razão pela qual não se aplica para este local as prescrições urbanísticas do Plano Director Municipal, bem como do Plano de Ordenamento da Orla Costeira de Alcobaça – Mafra, não havendo REN definitiva no Município da Nazaré”. Como tal, na sua ausência, “aplicam-se as disposições do artigo 42 do decreto-lei 166/2008 de 22 de Agosto e que de acordo com o nº1 do mesmo artigo a operação urbanística carece de parecer da CCDR-LVT”. O empresário nazareno, proprietário do Grupo Miramar, mereceu votos de sucesso por parte do executivo municipal pela “coragem económica” no investimento num empreendimento deste tipo, em tempo de crise.

(0)
Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Artigos Relacionados

Alcobaça em destaque no “Prémio Cinco Estrelas Regiões 2022”

Na edição de 2022 do “Prémio Cinco Estrelas Regiões” os portugueses escolheram as Cornucópias e as clínicas Physioclem e Policlínica como marcas de eleição do distrito de Leiria. O Prémio Cinco Estrelas Regiões é um sistema de avaliação que identifica, segundo a...

cornucopias

Mário Cerol assumiu o Comando dos Bombeiros Voluntários da Nazaré

O novo comandante dos Bombeiros Voluntários da Nazaré tomou posse do cargo, no passado dia 25 de abril, uma cerimónia que contou com a presença da população e das entidades convidadas. Mário Cerol falou em compromisso, responsabilidade e em gratidão pelo convite...

mario cerol