Q

Previsão do tempo

21° C
  • Friday 21° C
  • Saturday 22° C
  • Sunday 20° C
21° C
  • Friday 21° C
  • Saturday 25° C
  • Sunday 23° C
21° C
  • Friday 21° C
  • Saturday 25° C
  • Sunday 24° C

PS pergunta pelos projetos de Alcobaça candidatos ao PRR

EXCLUSIVO

ASSINE JÁ
A deputada municipal do PS, Eugénia Rodrigues, perguntou pelos projetos que a autarquia candidatou ao PRR – Plano de Resiliência e Recuperação do Governo português, recentemente aprovado em Bruxelas. O Presidente da Câmara, Herminio Rodrigues, explicou que está candidatado, na área do património, o Mosteiro de Alcobaça, no valor de 4,5 milhões de euros; a […]

A deputada municipal do PS, Eugénia Rodrigues, perguntou pelos projetos que a autarquia candidatou ao PRR – Plano de Resiliência e Recuperação do Governo português, recentemente aprovado em Bruxelas.

O Presidente da Câmara, Herminio Rodrigues, explicou que está candidatado, na área do património, o Mosteiro de Alcobaça, no valor de 4,5 milhões de euros; a limpeza do Rio Alcoa, desde a nascente à cidade, no valor de 1 milhão de euros; as escolas e a saúde, que constituem o grande investimento previsto”.

A estratégia do PRR alterou-se e por isso a Autarquia de Alcobaça vê, aqui, uma oportunidade de recandidatar o projeto de Mobilidade Suave ao longo do Rio.

“A valorização do rio Alcoa, desde Alcobaça à Nazaré, sendo a nossa parte até aos campos do Bárrio/Cela, é um objetivo. Irei falar com o senhor Secretário de Estado porque sei que tem havido verba para este género de obras.”

A ligação entre os dois concelhos é histórica e essencial para se compreender a identidade de todo este território.

O conceito do projeto passa por valorizar um percurso natural traçado pelo rio Alcoa e Baça, ao longo de 14 de quilómetros e 11 travessias entre as margens do rio. Assim, pretende-se que o percurso permita a mobilidade suave (nas modalidades pedonal, ciclável e com recurso a autocarro elétrico) entre a cidade de Alcobaça e a vila da Nazaré, conjugando os fluxos com a potenciação dos valores históricos e naturais.

Devido à sua magnitude, o projeto inicial dividia-se em duas fases. Primeiro, a intervenção do troço desde a Fervença até à foz do rio Alcoa, com a requalificação da Central Elétrica.

Numa 2ª fase, far-se-ia a ligação desde a nascente do rio Alcoa (em Chiqueda) até à cidade de Alcobaça.

Para além da ligação funcional suave esperava-se que o percurso pudesse potenciar o turismo de natureza, pelas possibilidades criadas de contacto com a paisagem ao longo do caminho valorizando aspetos particulares como a observação da fauna ornitológica de elevada diversidade relacionada com os diferentes tipos de paisagem atravessados.

Para os dois concelhos, a execução deste percurso irá constituir-se como um elemento fundamental para uma ligação mais estreita entre ambos, quer seja funcional, de lazer ou didática, facilitando a vida dos habitantes locais e turistas e potenciando tudo o tipo de atividades sócio-económicas relacionadas.

(0)
Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Artigos Relacionados

Polo de Saúde do Pinhal Fanheiro reabriu

O Polo de Saúde do Pinhal Fanheiro (Bárrio) reabriu, mas ainda sem vigilante pedido pela Coordenação de Saúde. O posto esteve fechado devido à falta de recursos humanos na área da segurança, e reabre ainda sem todos os mecanismos obrigatórios assegurados. Filipa...

Alunos da D. Pedro I lançam livro sobre os doces conventuais

Foi lançado no passado dia 12 de junho, no Jardim do Amor, o livro “Doces Conventuais de Crianças para Crianças”, uma iniciativa da Escola D. Pedro I no âmbito da aprendizagem criativa e crítica fora do programa escolar oficial, que contou com a presença da...

alunos

Município de Alcobaça entrega viaturas à USP de Alcobaça

O Município de Alcobaça formalizou a entrega de duas viaturas ao polo de Alcobaça da Unidade de Saúde Pública, no âmbito da descentralização de competências no domínio da Saúde. O ato de entrega, que aconteceu no passado dia 31 de maio, contou a presença de Licínio...