Q

Previsão do tempo

17° C
  • Tuesday 19° C
  • Wednesday 20° C
  • Thursday 22° C
17° C
  • Tuesday 21° C
  • Wednesday 24° C
  • Thursday 27° C
14° C
  • Tuesday 20° C
  • Wednesday 24° C
  • Thursday 27° C

Projeto Origami cumpre oito anos de implementação nos três agrupamentos do Concelho

EXCLUSIVO

ASSINE JÁ
A EB1 de Alfeizerão foi a primeira escola do concelho de Alcobaça a implementar o projeto ORIGAMI, em 2015, uma iniciativa do Município de Alcobaça, através do Centro de Atendimento a Jovens, que proporciona a aquisição de competências sociais e emocionais, complementares ao sistema oficial do 1º ciclo do ensino básico. O projeto ORIGAMI define-se […]

A EB1 de Alfeizerão foi a primeira escola do concelho de Alcobaça a implementar o projeto ORIGAMI, em 2015, uma iniciativa do Município de Alcobaça, através do Centro de Atendimento a Jovens, que proporciona a aquisição de competências sociais e emocionais, complementares ao sistema oficial do 1º ciclo do ensino básico.

O projeto ORIGAMI define-se como estrutura complementar quinzenal de apoio, aquisição, construção e consolidação de conhecimentos, sempre com o objetivo de reforçar de forma informal os mecanismos de aproximação entre a escola e as famílias. Foca-se essencialmente no desenvolvimento de competências emocionais e sociais, autonomia, criatividade, iniciativa, inovação e organização e conta com a participação direta dos pais.

Começou a ser implementado há 8 anos, por iniciativa do Município e do agrupamento de São Martinho do Porto, numa lógica de acompanhamento longitudinal de uma turma do 1º ao 4º ano do primeiro ciclo, através de intervenções quinzenais ao longo de cada ano letivo. Neste momento, o projeto decorre no Centro Escolar de Alfeizerão – 4º ano, EB1 de São Martinho do Porto – 2º ano, Centro Escolar da Cela – 4º ano, EB1 do Vimeiro – 1º ano, EB1 de Pataias – 3º ano e Centro Escolar da Benedita – 4º ano.

“Ao longo destes oito anos, o projeto tem alargado a sua implementação a todos os agrupamentos escolares do concelho com resultados muitos positivos. É cada vez mais importante encontrar soluções alternativas e complementares à oferta educativa oficial, especialmente focadas nas competências emocionais e sociais”, destaca o Presidente da Câmara Municipal de Alcobaça, Hermínio Rodrigues

Pais, alunos e familiares reuniram-se na última semana nas várias escolas onde o projeto está a ser implementado, para assistirem a uma peça de teatro que ao longo do ano letivo foi sendo ensaiada com os alunos.

Neste ano letivo, o projeto teve a participação da “Garagem d’Arte”, através da técnica Luana Vicente, recorrendo a expressão dramática enquanto técnica facilitadora de experiências e de interação interpessoal. A arte performativa permite às crianças terem a oportunidade de interagir com a sua própria consciência, corpo e emoções. O teatro prepara as crianças para o mundo exterior permitindo um reforço da capacidade de exposição perante o outro.

(0)
Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Artigos Relacionados

Polo de Saúde do Pinhal Fanheiro reabriu

O Polo de Saúde do Pinhal Fanheiro (Bárrio) reabriu, mas ainda sem vigilante pedido pela Coordenação de Saúde. O posto esteve fechado devido à falta de recursos humanos na área da segurança, e reabre ainda sem todos os mecanismos obrigatórios assegurados. Filipa...

Alunos da D. Pedro I lançam livro sobre os doces conventuais

Foi lançado no passado dia 12 de junho, no Jardim do Amor, o livro “Doces Conventuais de Crianças para Crianças”, uma iniciativa da Escola D. Pedro I no âmbito da aprendizagem criativa e crítica fora do programa escolar oficial, que contou com a presença da...

alunos