Q

Previsão do tempo

15° C
  • Friday 18° C
  • Saturday 21° C
  • Sunday 25° C
15° C
  • Friday 20° C
  • Saturday 25° C
  • Sunday 29° C
15° C
  • Friday 21° C
  • Saturday 25° C
  • Sunday 29° C

Fruticultura como pano de fundo em telefilme da RTP1 a realizar no concelho de Alcobaça

Paulo Alexandre

EXCLUSIVO

ASSINE JÁ
A Câmara de Alcobaça irá colaborar com a produtora Ukbar Filmes e com a RTP1 para a realização de um telefilme a ser rodado no concelho em agosto.

Baseia-se numa obra de Carlos Oliveira, intitulada “Pequenos Burgueses”, numa adaptação de Martim Baginha Cardoso.

Será realizado por Rita Barbosa, e a história terá como pano fundo a grande tradição de fruticultura do concelho. A ação passa-se nos anos 40, no seio de uma família ligada à fruticultura, com o seguinte enquadramento: “com o magnético Mosteiro de Alcobaça em fundo, uma série de pequenas histórias ganham vida entre árvores de fruto, sonhos de compotas e heranças. Uns que muito trabalham, outros que pouco fazem numa intriga em género de crítica social, nos tempos conturbados da 2ª Guerra Mundial que pareciam tão longe mas que tiveram um enorme impacto na criação de indústria de compotas de frutas, que será o pano de fundo da nossa história.”

O filme faz parte da iniciativa “Contado por Mulheres” que irá produzir 10 telefilmes na região centro, realizados exclusivamente por mulheres.

Esta série de filmes será exibida na RTP1, de acordo com entidade produtora, no último trimestre deste ano.

Além de Alcobaça, os filmes serão rodados nos concelhos de Ovar, Oliveira do Hospital, Guarda, Cantanhede, Miranda do Corvo, Covilhã, Torres Vedras, Tomar e Ferreira do Zêzere.

A produtora portuguesa destaca que “a reconstituição histórica, com um grande valor de produção, vai ser alvo de uma aposta em câmaras 4K” e contar “com o recurso à nova tecnologia de ‘targeting’, na construção dos efeitos digitais, na criação de cenários inteiramente digitais”.

“Aqui vão ser utilizadas técnicas de produção digital, onde a perspetiva criará ambientes mais ricos e assim com mais possibilidade de serem exploráveis em grandes territórios e/ou em plataformas de ‘streaming’ internacionais”, revela a Ukbar Filmes.

Esta produtora acrescenta que a parceria com a Krakow Film Kluster “vai permitir a utilização de técnicas de produção digital, ainda inéditas em Portugal, tal como o acesso a um mercado de 80 milhões de pessoas, aumentando a notoriedade de Portugal neste território e projetando-o como um destino a visitar e a investir”.

(0)
Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Artigos Relacionados

Inaugurado centro de residências artísticas

Um centro de residências artísticas situado na cidade de Alcobaça foi dado a conhecer na passada sexta-feira, com a inauguração da exposição de um de cinco artistas ucranianos que se encontram alojados temporariamente no espaço, num projeto criado por uma equipa...

central1

Arrancou o Cistermúsica de Alcobaça sob o signo dos “Amores Proibidos”

Foi no passado  fim de semana que se iniciou  a 30.ª edição do Cistermúsica — Festival de Música de Alcobaça que celebra três décadas de um Festival que, ao longo destes anos, se foi afirmando como uma referência a nível nacional e que em 2022 não será diferente....

cister musica1