Q

Previsão do tempo

19° C
  • Tuesday 21° C
  • Wednesday 25° C
  • Thursday 23° C
19° C
  • Tuesday 22° C
  • Wednesday 30° C
  • Thursday 26° C
19° C
  • Tuesday 23° C
  • Wednesday 30° C
  • Thursday 27° C

Melhor do Jazz Nacional em Valado dos Frades

JL

EXCLUSIVO

ASSINE JÁ
Aproxima-se a 20ª edição do Festival de Jazz de Valado dos Frades, que se realiza entre os dias 30 de Abril e 13 de Maio, este ano com os concertos de arranque a saírem do espaço habitual (a sala da Biblioteca de Instrução e Recreio, em Valado).

O evento arranca no próximo dia 30, na Marginal da Nazaré, com a actuação da Dixie Naza Jazz Band, de tarde, na rua; e a Big Band da Nazaré a subir a palco do Cine-Teatro da cidade com um projecto especial, Tributo a Frank Sinatra, tendo Carlos Alberto Moniz e Júlia Valentim como cantores convidados.

A 4 de Maio a sessão será dupla, embora centrada na figura do tubista Sergio Carolino. Na primeira parte este toca com o saxofonista Mário Marques, dupla conhecida como TuBax, e na segunda com Maria João, neste caso constituindo o Duo AR. A 5, vez para os Home de João Barradas, o grupo-surpresa do acordeonista com duas guitarras ( Mané Fernandess, Gonçalo Neto), vibrafone ( Eduardo Cardinho), baixo eléctrico (Ricardo Marques) e bateria ( Guilherme Meloelo) que lança pontes, em simultâneo, para o rock e a música contemporânea.

No dia 6 de Maio apresenta-se o Michael Lauren All Stars, com o professor e pedagogo norte-americano residente no Porto a tocar hard bop com Hugo Alves (trompete), Mário Santos (saxofone tenor), Jeffery Davis (vibrafone), Mané Fernandes (guitarra eléctrica), Diogo Vida (piano) e Carlos Barretto (contrabaixo). A 7, porque é domingo, o concerto acontece à tarde, com o Omniae Ensemble a interpretar o músico que recebeu o Prémio de Composição Bernardo Sassetti deste ano, Pedro Melo Alves. Com a baterista do The Rite of Trio estarão José Soares (saxofone alto), Gileno Santana (trompete), Xavi Sousa (trombone), José Diogo Martins (piano), de novo Mané Fernandes (guitarra) e Filipe Louro (contrabaixo). A música pode estar nos antípodas da da noite anterior, mas foi Lauren o mestre de Alves na portuense ESMAE.

A sessão de 11 de Maio pertence ao Transporte Colectivo de José Salgueiro, o primeiro projecto de jazz em nome próprio do baterista que integra os Lokomotiv. Tal como no disco agora editado e lançado na Festa do Jazz, os seus parceiros serão Guto Lucena (clarinete baixo, saxofone alto), Mário Delgado (guitarra eléctrica, banjo), João Paulo Esteves da Silvaes da (piano) e Cícero Lee (contrabaixo). A música espera-se colorida e enérgica. No dia seguinte, sobe ao palco o Wise Connections Quartet, com João Silva em violino, Mariano Camarasa no piano, Manel Fortià no contrabaixo e Carlo Falanga na bateria.

O fecho acontece a 13 com o Quinteto de Gonçalo Marques. O trompetista de Lisboa terá o acompanhamento de uma formação portuense que junta dois saxofonistas, João Guimarães Ferreira (alto) e José Pedro Coelho (tenor), e a secção rítmica de Demian Cabaud (contrabaixo) e Marcos Cavaleirol (bateria).

Programação oficial 2017 – 20º Festival

Domingo, 30 de Abril de 2017

DixieNaza Jazz Band

15:00 – Marginal da Nazaré

Comemoração – Dia Internacional do Jazz

clarinete – Fábio Constantino

saxofone – Daniel Vinagre

trompete – Vitor Guerreiro

trombone – André Ramalhais

banjo – Márcio Silvério

Sousafone – Mauro Constantino

percussão – Vitor Copa

Animação de rua e promoção do Festival – Marginal da Nazaré, 15:00h

Um grupo local com excelentes capacidades de entretenimento e animação de rua, levaremos o Dia Internacional do Jazz directo ao contacto com o público.

Tributo a Frank Sinatra – Big Band do Município da Nazaré & Carlos Alberto Moniz

22:00 – Cine-Teatro da Nazaré

Voz – Carlos Alberto Moniz

Voz – Júlia Valentim

Direcção – Maestro Adelino Mota

Músicos – Big Band da Nazaré

Tributo a Frank Sinatra – Big Band do Município da Nazaré & Carlos Alberto Moniz

“DIA INTERNACIONAL DO JAZZ”

Este concerto nasceu de um Convite da SPA, para o Programa Autoras Cantados e Contados, este com o cantautor Carlos Alberto Moniz, tendo sido apresentado em Lisboa com grande sucesso.

A Big Band do Município da Nazaré começou por ser, há 17 anos, um grupo para desenvolver as capacidades musicais dos jovens do concelho. Hoje, muitos deles tornaram-se músicos profissionais licenciados quer na área do jazz ou do clássico e continua em rotação dos seus elementos.

Esta Big Band fez Concertos em Portugal, Espanha, Bélgica e Alemanha, em diversos Festivais e concertos incluídos na

programação de várias salas, destacando alguns: Festival de Jazz de Pontevedra, Festival de Música de Medina del Campo, Jazz às Quintas no CCB, 1ª e 14ª Festa do Jazz no Teatro S. Luíz, Palco 1º de Maio da Festa do Avante, no Hot Club de Portugal, “A Arte da Big Band” em Lisboa e na Casa da Música do Porto.

Já gravou 5 Cds: “Big Band Nazaré” em 2003; “Filme” em 2006; “10 Anos” em 2009, “Best Friends”, gravado ao VIVO em 2012, “Special Guests” em 2016 tendo como convidados Sérgio Carolino, Lúcia Moniz, Mariana Norton, Daniel Bernardes e Rúben da Luz. Todos receberam elogios da crítica especializada, tendo sido discos em destaque em alguns programas de rádio e revistas dedicadas ao jazz.

Quinta-Feira, 04 de Maio de 2017

22:00 BIR Valado dos Frades

TuBax saxofone – Mário Marques

tuba – Sérgio Carolino

Duo AR.

voz – Maria João

tuba – Sérgio Carolino

Maria João já não precisa de qualquer adjectivo.

Sérgio Carolino, o virtuoso, super internacional, traz ao Valado dois projectos em Duo. O primeiro com saxofone e tuba, tocando temas de grandes compositores contemporaneos onde o improvisso é um factor determinante. Terá consigo o amigo de infância e excelente saxofonista Mário Marques. O Segundo o Duo “AR.” com voz e tuba, quase em improviso total, com uma das maiores improvisadoras de sempre, quer nacional, quer internacionalmente.

Sexta-Feira, 05 de Maio de 2017

22:00 BIR Valado dos Frades

“HOME”

acordeão – João Barradas

guitarra – Mané Fernandes

vibrafone – Eduardo Cardinho

guitarra – Gonçalo Neto

contrabaixo – Ricardo Marques

bateria – Guilherme Melo

Os “HOME” formaram-se João Barradas grava para a editora nova-iorquina Inner Circle Music e tem colaborado com diversos músicos de renome, nomeadamente com Greg Osby, Gil Goldstein, Fabrizio Cassol, Rufus Reid, Mark Colenburg, Jacob Sacks, Philip Harper, Bobby Sanabria, Tommy Campbell, Sérgio Carolino e Pedro Carneiro.

Mané Fernandes teve aulas com Nuno Ferreira, Carlos Azevedo, Abe Rabade. Acabou o seu recital com nota 20. Em 2014 lançou “BounceLab” pelo carimbo Porta-Jazz e em 2016 lançou “Root/Fruit” autonomamente.

Eduardo Cardinho é licenciado com 19 valores pela ESMAE. Ganhou vários concursos onde se destacam: Concurso Internacional em Fermo, Melhor Instrumentista Festa do Jazz 2014. Em 2016 lança o seu primeiro Album de originais.

Gonçalo Neto é licenciado pela ESML e em 2013 é distinguido com o prémio de 2º lugar ex-aequo no Prémio Jovens Músicos. Em 2014 gravo um disco do colectivo Brainstorming.

Ricardo Marques venceu o prémio de melhor instrumentista na Festa do Jazz. É licenciado pela ESML.

Guilherme Melo é licenciado pela ESML e tem colaborado com nomes como Jeffery Davis, Óscar Graça. Gonçalo Marques e Nelson Cascais.

Sábado, 06 de Maio de 2017

22:00 BIR Valado dos Frades

Michael Lauren All Stars

trompete – Hugo Alves

saxofone – Mário Santos

vibraphone – Jeffery Davis

guitarra – Mané Fernandes

piano – Diogo Vida

contrabaixo – Carlos Barretto

bateria – Michael Lauren

Michael Lauren (n.1950), reconhecido baterista e pedagogo norte-americano, toca bateria desde os 8 anos de idade. Atualmente é Professor Adjunto de Bateria e Coordenador do Departamento de Jazz na ESMAE (Instituto Politécnico do Porto).

É também fundador e diretor artístico e pedagógico da International Drum Academy em Lisboa. Michael formou este grupo para tocar a música que adora com alguns dos melhores compositores e músicos de jazz portugueses. O seu álbum “Once Upon A Time In Portugal” foi selecionado como um dos 10 Melhores Álbuns Nacionais de 2016 (Arte Sonora).

The Michael Lauren All Stars tocam “hard swinging” jazz imbuído de paixão, inteligência, alegria, elegância, energia, honestidade e dinâmica.

Domingo, 07 de Maio de 2017

Pedro Melo Alves´Omniae Ensemble

16:30 BIR Valado dos Frades – Entrada livre

Prémio de Composição Bernardo Sassetti –

saxofone tenor – José Soares

trompete – Gileno Santana

trombone – Xavi Sousa

piano – José Diogo Martins

guitarra – Mané Fernandes

contrabaixo – Filipe Louro

bateria – Pedro Melo Alves

O Prémio de Composição Bernardo Sassetti é uma iniciativa do Portugal em Jazz – Associação Sons da Lusofonia – apoiada pelo Ministério da Cultura DGArtes, em estreita parceria com a Casa Bernardo Sassetti e Antena 2.

É simultaneamente um incentivo ao desenvolvimento de competências na área da composição de música improvisada em Portugal e uma oportunidade para os jovens compositores portugueses divulgarem e gravarem a sua música.

No segundo ano, o Prémio Bernardo Sassetti é atribuído a Pedro Alves. A breve história deste prémio é de uma qualidade inquestionável. Pedro Alves tem uma escrita arrojada, que muitas vezes nos surpreende e nos desafia. Enquanto compositor não nos facilita a vida. Com temas com uma duração média de 15 minutos (chegando um a ter mais de 22), há nele uma coragem que me causa uma enorme admiração.

Estes são tempos dados à normalização do gosto e, também por isso, cada grito de diferença tem o meu respeito. Depois, se a diferença tiver solidez musical – e é esse o caso – mais alegria nos dá, me dá.

Umas palavras também sobre os músicos que o interpretam, que são, sem exceção, de elevadíssima qualidade.

Quinta-Feira, 11 de Maio de 2017

22:00 BIR Valado dos Frades

Transporte Colectivo – José Salgueiro

clarinete Bx e Sax alto – Guto Lucena

guitarra – Mário Delgado

piano – João Paulo E. Silva

contrabaixo – Cicero Lee

bateria – José Salgueiro

José Salgueiro apresenta-nos “Transporte Colectivo”. Música extremamente cativante, inteligente e plena de humor, um som fresco e actual, pautado por temáticas complexas em composições de grande riqueza melódica e rítmica. Escutando o alinhamento do cd, ficamos com a sensação de grande coesão e coerência, para além de uma excelente comunicação entre os músicos intervenientes.

“Transporte Colectivo, é o tudo que nos envolve.

É a nossa relação com o espaço, com a Terra e os seus elementos.

Veículo de expressão, que nos transporta à utopia do ideal.

Viajamos na imaginação, inventamos o imaterial, seduzimo-nos uns aos outros.”

Sexta-Feira, 12 de Maio de 2017

22:00 BIR Valado dos Frades

Wise Connections Quartet

violino – João Silva

piano – Mariano Camarasa

contrabaixo – Manel Fortià

bateria – Carlos Falanga

Wise Connections Quartet é o segundo trabalho de João Silva & Mariano Camarasa. O primeiro trabalho realizado por João Silva & Mariano Camrasa tem como nome “Pasa Tiempo”, um Cd a duo, violino e piano de compocições originais dos mesmos. O Segundo Cd e mais recente é feito esta vez a quarteto acompanhados de Manel Fortià no contrabaixo e Carlos Falanga na bateria, com musica original de João Silva e Mariano Camrasa.

O encontro de estes dois músicos surge na escena musical de Barcelona, Espanha. João Silva de Ponte de Lima, Portugal, e Mariano Camarasa de Buenos Aires, Argentina. O gosto pelos mesmos estilos de Jazz e Música Clássica levou a estes dois discos “Pasa Tiempo” e “Wise Connections Quartet”, onde as ideias dos dois músicos e criadores se cruzam e se fundem originando novas sonoridades.

Sábado, 13 de Maio de 2017

22:00 BIR Valado dos Frades

Quinteto de Gonçalo Marques

sax alto – João Guimarães

sax tenor – José Pedro Coelho

trompete – Gonçalo Marques

contrabaixo – Demian Cabaud

bateria – Marcos Cavaleiro

Quinteto de Gonçalo Marques

Este grupo é formado por músicos com quem Gonçalo Marques tem vindo a colaborar em diversas situações. O nome (provisório…) é “enganador”, todos os elementos escrevem para o grupo e têm uma palavra a dizer sobre a sua direcção. A ideia de Gonçalo Marques foi mesmo juntar vozes fortes, diferentes mas compatíveis, músicos com quem tem afinidades estéticas e pessoais, e com quem pudesse trabalhar em diferentes contextos. Espera-se um concerto de música original feita por músicos sintonizados para o momento.

(0)
Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Artigos Relacionados

João Formiga anuncia candidatura à concelhia do PS Nazaré

João A. Portugal Formiga, Presidente da Junta de Freguesia da Nazaré, anunciou, nas redes sociais, que é candidato à presidência da concelhia local do Partido Socialista. “No panorama político atual, onde uma parte da direita e outra parte da esquerda, se têm...

joao formiga

Real Abadia Congress & Spa Hotel comemora o 9º aniversário

O Real Abadia Congress & Spa Hotel está a comemorar o seu 9º aniversário.  Depois de dois anos em que o sector do turismo sofreu um forte abrandamento, a direção unidade, inaugurada em 2013, quer olhar para o futuro com confiança, e está fortemente...

real