Q

Previsão do tempo

17° C
  • Wednesday 18° C
  • Thursday 20° C
  • Friday 21° C
18° C
  • Wednesday 20° C
  • Thursday 23° C
  • Friday 25° C
17° C
  • Wednesday 20° C
  • Thursday 24° C
  • Friday 26° C

Centro Hospitalar de Leiria remodela espaços no Serviço de Medicina do Hospital de Alcobaça

Paulo Alexandre

EXCLUSIVO

ASSINE JÁ
A intervenção abrange uma área de cerca de 625 m2, e está integrada no projeto de recuperação e melhoria do HABLO, incrementando a qualidade das suas instalações.

O Centro Hospitalar de Leiria (CHL) está a remodelar alguns espaços no Serviço de Medicina do Hospital de Alcobaça Bernardino Lopes de Oliveira (HABLO) para criar e melhorar as condições de segurança, bem como o conforto e a qualidade da estada dos doentes.

“Trata-se essencialmente de proporcionar aos nossos utentes um sentimento de maior confiança e satisfação, para que percebam e acreditem que o seu Hospital lhes pode prestar o melhor atendimento, nas melhores condições, com os melhores profissionais”, salienta Helder Roque, presidente do CA do CHL, relembrando que “o HABLO está envolvido no processo de acreditação do Centro Hospitalar de Leiria pela Joint Commission International, o que será um marco definitivo na afirmação das suas três unidades na região e no País”.

O investimento, que ronda os 80 mil euros, engloba alterações nos quartos de internamento, na sala de sujos, sala de limpos, adaptação de salas de banhos assistidos, e as instalações sanitárias dos colaboradores, além da recuperação interior de todo o Serviço de Medicina deste Hospital. O Serviço foi recentemente equipado também com novas e modernas camas, que o colocam num patamar de grande qualidade e conforto.

“Esta obra de remodelação integra a nossa estratégia de modernização e renovação dos serviços e espaços do HABLO, onde o CHL já investiu mais de 570 mil euros”, explica Helder Roque. “Queremos dotar o Serviço de Medicina de melhores condições para a prestação de cuidados de saúde, adequados aos nossos utentes, posicionando o HABLO num patamar de excelência”, destaca Helder Roque.

A renovação do Serviço de Medicina do HABLO permite a aquisição de novos revestimentos para paredes, tetos e pavimentos, a remodelação da rede de águas e esgotos, e uma nova pintura dos espaços. A empreitada, executada de forma faseada, teve início em maio e prevê-se a sua conclusão em julho.

Investimento de 80 mil euros remodela serviço de medicina do Hospital de Alcobaça “Queremos dotar o serviço de medicina de melhores condições para a prestação de cuidados de saúde adequados aos nossos utentes, posicionando o HABLO [Hospital Bernardino Lopes de Oliveira] num patamar de excelência”, destacou o presidente do conselho de administração do Centro Hospitalar de Leiria (CHL), Hélder Roque, numa nota de imprensa.

A remodelação engloba alterações nos quartos de internamento, na sala de sujos, sala de limpos, adaptação de salas de banhos assistidos e nas instalações sanitárias dos colaboradores, além da recuperação interior de todo o Serviço equipado recentemente com novas camas.

A intervenção tem um custo de 80 mil euros e abrange uma área de cerca de 625 metros quadrados, incluindo a aquisição de novos revestimentos para paredes, tetos e pavimentos, pinturas e a remodelação da rede de águas e esgotos.

A empreitada teve início em maio e a administração prevê a sua conclusão em julho.

O objetivo é “proporcionar aos nossos utentes um sentimento de maior confiança e satisfação, para que percebam e acreditem que o seu hospital lhes pode prestar o melhor atendimento, nas melhores condições, com os melhores profissionais”, salientou Hélder Roque, recordando que o HABLO está envolvido no processo de acreditação do CHL pela ‘Joint Commission International’, considerado “um marco definitivo na afirmação das suas três unidades [Leiria, Alcobaça e Pombal] na região e no país”

A remodelação integra-se na estratégia de modernização e renovação dos serviços daquela unidade, onde o CHL já investiu mais de 570 mil euros, desde 01 de setembro de 2013, data em que assumiu a tutela do hospital.

Os investimentos incidiram nas áreas técnicas (332.000 euros), aquisição de equipamentos médicos (205.550 euros), recuperação de espaços interiores e exteriores (175.700 euros)e aquisição de equipamentos diversos (159.550 euros).

Durante balanço do primeiro ano e meio de integração, efetuado em maio, Helder Roque estimou que o investimento na unidade de Alcobaça atinja 1,5 milhões de euros durante os primeiros dois anos.

A construção de uma Unidade de Cuidados Paliativos, num investimento estimado de 180 mil euros, será a única obra que se prolongará para lá do final de 2015, devendo entrar em funcionamento em fevereiro de 2016.

(0)
Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Artigos Relacionados

Câmara de Alcobaça fecha 2021 com saldo positivo de 463 mil euros

A Assembleia Municipal de Alcobaça aprovou no passado dia 28, as contas da autarquia que terminou o ano de 2021 com um saldo positivo de 463,2 mil euros e reduziu a dívida em 386 mil euros. De acordo com o relatório de contas apresentado aos deputados a receita...

cma