Q

Previsão do tempo

17° C
  • Wednesday 25° C
  • Thursday 28° C
  • Friday 30° C
17° C
  • Wednesday 29° C
  • Thursday 34° C
  • Friday 37° C
18° C
  • Wednesday 31° C
  • Thursday 34° C
  • Friday 37° C

“Bodies in Urban Spaces”ai alterar a percepção de espaço público em Alcobaça

EXCLUSIVO

ASSINE JÁ
Intervenção artística do coreógrafo austríaco Willi Donner chega dia 2 de Maio David Mariano E aí está: depois de meses a angariar participantes e a lançar apelos à contribuição local, o projecto do coreógrafo austríaco Willi Donner, intitulado “Bodies in Urban Spaces”, vai definitivamente tomar conta do espaço público em Alcobaça – e quem sabe […]
“Bodies in Urban Spaces”<br>ai alterar a percepção de espaço público em Alcobaça

Intervenção artística do coreógrafo austríaco Willi Donner chega dia 2 de Maio David Mariano E aí está: depois de meses a angariar participantes e a lançar apelos à contribuição local, o projecto do coreógrafo austríaco Willi Donner, intitulado “Bodies in Urban Spaces”, vai definitivamente tomar conta do espaço público em Alcobaça – e quem sabe virá-lo do avesso. Dissemos virar do avesso? Talvez estejamos exagerar, a verdade é que o património não tem nada a temer (não, não vai haver qualquer forma de atentado urbanístico ou forma de vandalismo – para isso já existem os autarcas), mas dia 2 de Maio, os alcobacenses vão deparar-se com coisas estranhas a acontecer à sua volta e a mudar a ideia que tinham da sua cidade: corpos entalados entre ruas estreitas e umbrais de edifícios, postes de iluminação e fachadas de prédios com indivíduos empoleirados, gente estendida na calçada e becos empilhados de mãos e pernas.

Mas também há quem chame a isto uma intervenção temporária em ambiente urbano arquitectónico diversificado, cuja intenção é realçar a estrutura funcional urbana e descobrir as possibilidades de movimento e comportamento bem como as regras e as limitações normalmente impostas. Ao colocar os corpos em pontos seleccionados, as intervenções provocam um processo de reflexão e produção de irritação (sim, há pessoas que vão ficar irritadas com isto, imaginamos): sendo os transeuntes, residentes e público em geral motivados a reflectir o seu meio urbano circundante e o seu próprio movimento comportamental e habitual. Esta intervenção convida ainda os residentes a passearem na sua própria cidade e, deste modo, estabelecer uma relação mais forte com o seu bairro e a sua cidade. Contudo, não temam: as intervenções são temporárias e não deixam qualquer tipo de rasto para trás, deixando apenas uma memória impressa nas suas testemunhas.

(0)
Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Artigos Relacionados

Câmara de Alcobaça fecha 2021 com saldo positivo de 463 mil euros

A Assembleia Municipal de Alcobaça aprovou no passado dia 28, as contas da autarquia que terminou o ano de 2021 com um saldo positivo de 463,2 mil euros e reduziu a dívida em 386 mil euros. De acordo com o relatório de contas apresentado aos deputados a receita...

cma