Q

Previsão do tempo

17° C
  • Thursday 27° C
  • Friday 31° C
  • Saturday 29° C
18° C
  • Thursday 33° C
  • Friday 37° C
  • Saturday 37° C
17° C
  • Thursday 33° C
  • Friday 37° C
  • Saturday 37° C

“Este CD é um reflexo daquilo que sou. É o meu estilo”

EXCLUSIVO

ASSINE JÁ
Teresa Radamanto lança o seu primeiro disco a solo em Outubro Tânia Rocha “A tua voz é simplesmente fascinante”; “Todas as tuas músicas são espectaculares”; “Através da tua música e voz transmites uma calma e serenidade que para mim é fantástica”; “Continua a encantar, és uma estrela que não pára de brilhar”; “Tens uma voz […]
“Este CD é um reflexo daquilo que sou. É o meu estilo”

Teresa Radamanto lança o seu primeiro disco a solo em Outubro Tânia Rocha

“A tua voz é simplesmente fascinante”; “Todas as tuas músicas são espectaculares”; “Através da tua música e voz transmites uma calma e serenidade que para mim é fantástica”; “Continua a encantar, és uma estrela que não pára de brilhar”; “Tens uma voz lindíssima, e as tuas músicas são mágicas”.

Estas são algumas frases que os fãs da cantora nazarena Teresa Radamanto lhe deixaram, no “myspace”, com a descoberta do seu primeiro álbum a solo. O lançamento do álbum “Caixa de Sonhos” tem marcação prevista para início do próximo mês, e será em Lisboa. Este disco, segundo a cantora, “mostra aquilo que é a Teresa e aquilo que ela foi ao longo destes catorze anos”, altura em que descobriu a sua vocação e talento para cantar. “Este CD é o reflexo de tudo aquilo que me define como pessoa e como profissional, é um reflexo daquilo que sou”. “Se o trabalho não reflecte aquilo que és, então não existe verdade”, referiu ao caracterizar o seu primeiro álbum.

As letras dos temas são da autoria de Teresa Radamanto e falam “da montanha russa do que é tentar ser bem sucedido na música; da montanha russa que é a própria vida”, segundo classificou a cantora. “Este CD é o meu estilo”. Algumas músicas são também da autoria em conjunto com Fernando Martins, e alguns temas são de Hélder Godinho. Teresa Radamanto foi fazendo este trabalho, que vai ser editado pela “Marte records”, editora da empresa “Viagens a Marte”, ao longo de dois anos. Diz que já teve oportunidade de lançar alguma coisa, mas referiu que “nunca quis seguir os caminhos que me eram apresentados. Não acredito que algo que é imposto por alguém seja realmente teu e seja verdadeiro, fazer algo que alguém pensou não faz sentido para mim”, disse. O primeiro single, “Caixa de sonhos”, já está à venda nas lojas FNAC em todo o país, e à partida será esse o nome do seu primeiro álbum. Além deste tema, também fazem parte deste CD temas como, “Espreitei para o céu”, “Tango meu”, “Ai de quem nunca cantou”, “Uma gota de ti”, “Gorecki”, entre outros títulos. Depois da apresentação do CD será lançado um single com um tema de Natal, próximo da quadra natalícia. Teresa Radamanto confessa ter “expectativas abaixo daquilo que gostaria de sentir, porque tem a noção da realidade”. No entanto, considera que a força e o apoio dos fãs “fazem parecer que as coisas não são assim tão terríveis”. Porém, referindo-se à terra onde nasceu, sublinha que “por vezes a Nazaré é muito madrasta”. “Tive sempre o apoio da Nazaré, mas por vezes gostava de ter tido um pouco mais”. Teresa já tem mais discografia editada, nomeadamente, quando fez parte da banda “FACES”, e a nível local por ter pertencido aos “Amigos para Sempre”, mas este é o seu primeiro trabalho a solo. Garra a cantar, grande presença em palco e uma voz que conquista qualquer pessoa são algumas das singularidades desta cantora nazarena, que foi conquistando o seu espaço através do seu trabalho, dedicação e empenho. Perfil Teresa Radamanto nasceu na Nazaré e foi aqui, na sua terra mãe, o primeiro palco que a lançou para o mundo da música. Para Teresa Radamanto “a música é uma paixão que se tornou num amor de longa data”. Aos seis anos, Teresa Radamanto já ouvia Mozart, Beethoven e outros grandes compositores, e com a ajuda de duas agulhas, em cima de uma mesa, simulava estar a dirigir uma orquestra. Cantar, foi um talento que lhe despertou depois. Aos 15, Teresa participou num espectáculo ao interpretar o fado “Lenda da Fonte”. As pessoas adoraram. Foi encaminhada para o músico Porfírio Laborinho e a partir daí nunca mais parou. Em 1994 ingressou numa academia musical local e fez o primeiro ano equivalente ao primeiro grau de conservatório de viola. Dois anos depois, junta-se a um grupo de cantores e músicos locais numa incursão por espectáculos em toda a região, os “Amigos para Sempre”, cuja participação durou até cerca de 2008. Em 1997/98, participou em programas como Big Show Sic e Reis do Estúdio RTP. Nesse mesmo ano, participou no Festival da Canção, conseguindo o segundo lugar com o tema “ Só o mar ficou”, de João Mota Oliveira. Mais tarde, em 2007, voltou a participar no programa, conquistando a mesma classificação ao cantar “Ai de quem nunca cantou” de autoria da própria, de Fernando Martins, Alexandra Valentim e Fernando Abrantes e letra de João Baião. Este tema integrou a banda sonora das “Chiquititas” e foi premiado em certames internacionais de composição, com a sua versão em espanhol. Ainda em 98, concorre ao programa “Chuva de Estrelas”, sendo seleccionada para a grande final no Coliseu dos Recreios, conseguindo o quinto lugar. Em 2001, fez parte da banda “FACES” e, em simultâneo com este projecto, Teresa Radamanto ingressou na Academia de Músicos Amadores da Trindade, no curso de canto e música, completando apenas seis meses, por se ter tornado incompatível. Ainda nesse ano, ingressou no curso de Línguas e Cultura Portuguesa, na Faculdade de Letras de Lisboa. Após terminar este projecto, Teresa gravou vários singles a solo, como “Espreitei para o céu”, que fez parte da banda sonora da telenovela da TVI “Queridas Feras”, e também deu voz ao genérico da abertura. Gravou o single “I don’t want to be alone”, que integrou a banda sonora internacional da telenovela brasileira “Celebridades”. Em 2005, fez a sua primeira incursão pelo teatro, na peça “A Aposta”, com encenação de Cândido Ferreira. Um ano mais tarde, ingressou no grupo de cantores residentes do programa da RTP “Dança Comigo”, que esteve no ar durante quatro séries, cerca de dois anos. Em 2008, arrancou o seu primeiro trabalho a solo, o tema “ Caixa de sonhos”, single promocional vendido nas lojas FNAC de todo o país, apresentado no programa “ Dança Comigo”. A autoria musical é uma parceria entre Teresa Radamanto e Fernando Martins, a letra é da própria. Também participou noutros programas televisivos, como “A Minha Geração” e “A melhor canção de sempre”, da RTP. Para além de tudo isto, faz muitos trabalhos de estúdio, nos quais empresta a sua voz a jingles de rádio, coros para outros artistas e genéricos para programas de entretenimento de televisão. Ao longo do seu percurso, deslocou-se como membro da comitiva representativa da autarquia nazarena às comunidades portuguesas radicadas em várias partes do mundo, para cantar temas originais nazarenos, entre outros. Actualmente é back vocal singer, na orquestra do novo show da TVI “Nasci pr’a cantar”, apresentado por Herman José. Em simultâneo com a participação neste programa, Teresa Radamanto vai lançar em Outubro o seu primeiro disco a solo, que será intitulado “Caixa de Sonhos”, projecto que tem merecido a sua dedicação durante os últimos dois anos. Ex-membros dos “Amigos para Sempre” formam um novo grupo Teresa Radamanto, Valter Loureiro, Tânia Alexandre, Elisabete Brás e Patrícia Radamanto formaram um grupo, recentemente, ao deixarem de fazer parte dos “Amigos para Sempre”. O grupo ainda não tem nome, mas já começou a fazer um espectáculo temático, intitulado “Canções do Mundo”. Estrearam-se no passado dia 14 de Agosto na praia da Vieira e têm o próximo espectáculo e estreia na Nazaré, marcado para o dia 12 de Setembro, no Parque Atlântico, no Sítio da Nazaré, onde se comemora as Festas em Honra de Nossa Senhora da Nazaré.

(0)
Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Artigos Relacionados

As vantagens de apostar num projeto de cozinha com ilha

Este tipo de cozinhas modernas com ilha, são cada vez mais comuns em Portugal por oferecerem uma estética interessante e serem muito mais práticas do que as cozinhas com uma disposição mais tradicional.

artigo

Quercus atribui Qualidade de Ouro a duas praias do concelho da Nazaré

A associação divulgou a lista das 440 praias com “Qualidade de Ouro”, um valor nunca antes alcançado na história deste galardão que avalia a qualidade das águas balneares nacionais, estando as duas praias costeiras do concelho da Nazaré integradas no ranking de...

245416536 4319795401408206 1376882044721136776 n