Q

Previsão do tempo

17° C
  • Wednesday 22° C
  • Thursday 28° C
  • Friday 30° C
17° C
  • Wednesday 25° C
  • Thursday 34° C
  • Friday 37° C
18° C
  • Wednesday 26° C
  • Thursday 34° C
  • Friday 37° C

Cerca de duas mil pessoas abraçaram a Baía

EXCLUSIVO

ASSINE JÁ
Amigos da baía “Naquele Abraço” São Martinho do Porto Carlos Barroso Mais de dois milhares de veraneantes abraçaram, quase por completo, a Baía de São Martinho do Porto, numa iniciativa organizada pela Associação de Defesa do Ambiente da Baía de São Martinho do Porto (ADABSMP) e apoiada pela empresa Águas do Oeste, (AdO), que tem […]
Cerca de duas mil pessoas abraçaram a Baía

Amigos da baía “Naquele Abraço”

São Martinho do Porto Carlos Barroso Mais de dois milhares de veraneantes abraçaram, quase por completo, a Baía de São Martinho do Porto, numa iniciativa organizada pela Associação de Defesa do Ambiente da Baía de São Martinho do Porto (ADABSMP) e apoiada pela empresa Águas do Oeste, (AdO), que tem vindo a investir no sentido de melhorar a qualidade de água na concha balnear.

Arnaldo Pego, presidente do Conselho de Administração deixou uma porta aberta para que a Câmara Municipal de Alcobaça, ausente no evento deste ano, se candidate à Bandeira Azul na praia de São Martinho do Porto. “A bandeira azul tem muitas infra estruturas na própria praia que são necessárias para se ter o galardão. Em termos de qualidade de água não há problema nenhum da nossa parte. Se a câmara quiser avançar e se precisar de apoio nós pudemos dar”, revelou o novo presidente do conselho de administração das AdO. Arnaldo Pego salientou mais uma vez que “a qualidade da água está garantida”, faltando da parte da edilidade a apresentação da candidatura, que terá também de fazer garantir outras condições que uma candidatura acarreta. As AdO, são uma empresa concessionária do sistema multimunicipal de abastecimento de água e de saneamento do oeste, apoiou pela sétima vez o abraço à Baía, uma iniciativa que teve início em 1999. O Abraço à Baía consiste na realização de um cordão humano onde participam activamente amigos e veraneantes de São Martinho do Porto que mostram o afecto por esta tradicional estância balnear, que pretendem sensibilizar a opinião pública e as entidades competentes para a preservação do equilíbrio ambiental da concha. O presidente da direcção da Associação de Defesa do Ambiente da Baía de São Martinho do Porto José António Costa, considerou que o abraço à concha, que liga São Martinho do Porto, em Alcobaça a Salir do Porto, em Caldas da Rainha, “é o significado de se estar a limpar a Baía e por isso é preciso apoiar até ao fim para que a despoluição seja enfim uma realidade”. Este ano, a AdO, para além da participação activa na acção, promoveu das 10 horas às 15 horas no mesmo dia uma abertura de portas, a toda a população interessada em visitar a nova ETAR de S. Martinho do Porto. O administrador das AdO destacou esta parte do evento, já que “é a obra responsável pelo melhoramento da qualidade da água balnear” na concha. “As visitas à ETAR, correram muito bem, até pelo tempo que demorou cada uma das visitas. As pessoas demonstraram grande interesse em ver a ETAR a funcionar sem cheiros e com uma qualidade de efluente esplêndida”. O investimento da AdO encontra-se concluído, no entanto, está em arranque o Projecto para a Solução Integrada para o Tratamento de Efluentes de Suinicultura (EPTES) de S. Martinho do Porto da TREVO OESTE, cuja empreitada foi consignada recentemente. Arnaldo Pego anunciou por seu turno que “está a ser montado o estaleiro” com vista ao início da construção da ETAR que irá fazer o tratamento dos efluentes suinícolas. Além desta novidade, o também administrador das Águas de Portugal revelou que essa empresa accionista as AdO, vai também entrar no capital social da empresa que vai tratar os efluentes suinícolas do Oeste. O pleno funcionamento do sistema com a qualidade do abastecimento público de água, bem como a despoluição de todas as bacias hidrográficas da região, implica um grande investimento, que ronda os 220 milhões de euros. A AdO concluiu todos os projectos de abastecimento de água e acompanhou cerca de 40 empreitadas, para o que precisou de onerar mais de 4.000 parcelas. Só em 2006 investiu mais de 53 milhões de euros, em centenas de quilómetros de condutas e colectores e novas ETAR e estações elevatórias. No que respeita à operação dos Sistemas de Abastecimento de Água, actualmente abastece de água oito dos 15 Municípios abrangidos tendo fornecido, em 2006, 18 milhões de metros cúbicos de água. Está concluído o novo Sistema de Abastecimento de Água aos Municípios de Rio Maior, Cadaval, Bombarral, Óbidos, Lourinhã e Peniche, cuja entrada em funcionamento, encontra-se em fase de arranque. Relativamente a Sistemas de Saneamento, a Águas do Oeste tem actualmente em operação 54 ETAR e 56 estações elevatórias, servindo já os 14 Municípios accionistas. Entraram em funcionamento novas ETAR de referência, nomeadamente a ETAR da Charneca (que serve Bombarral, Cadaval e Óbidos), S. Martinho do Porto (Alcobaça) e Torres Vedras e mais recentemente a ETAR de Zambujeira (Lourinhã). Outras ETAR foram reabilitadas, com destaque para as ETAR da Benedita e Pataias/Alpedriz, em Alcobaça, e várias em Azambuja e Rio Maior. Em 2006, a Águas do Oeste tratou cerca de 13 milhões de metros cúbicos de águas residuais.

(0)
Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Artigos Relacionados

As vantagens de apostar num projeto de cozinha com ilha

Este tipo de cozinhas modernas com ilha, são cada vez mais comuns em Portugal por oferecerem uma estética interessante e serem muito mais práticas do que as cozinhas com uma disposição mais tradicional.

artigo

Quercus atribui Qualidade de Ouro a duas praias do concelho da Nazaré

A associação divulgou a lista das 440 praias com “Qualidade de Ouro”, um valor nunca antes alcançado na história deste galardão que avalia a qualidade das águas balneares nacionais, estando as duas praias costeiras do concelho da Nazaré integradas no ranking de...

245416536 4319795401408206 1376882044721136776 n