Q

Previsão do tempo

14° C
  • Monday 14° C
  • Tuesday 15° C
  • Wednesday 15° C
14° C
  • Monday 13° C
  • Tuesday 15° C
  • Wednesday 15° C
13° C
  • Monday 13° C
  • Tuesday 14° C
  • Wednesday 15° C

Pastelaria Alcoa alarga negócio a Lisboa

Paulo Alexandre

EXCLUSIVO

ASSINE JÁ
A pastelaria Alcoa no Chiado, em Lisboa, ainda não abriu, ao contrário do que esperava a empresária Paula Alves. Os azulejos que revestem as paredes da antiga Casa da Sorte são a causa do atraso.

A empresária aguarda que seja dada a declaração de interesse público do património azulejar português, da autoria do mestre Querubim Lapa, o pintor e ceramista com mais obras no espaço público do país, para dar início às intervenções necessárias naquele espaço comercial, transformando-o numa nova loja da Alcoa.

“Trata-se de uma loja emblemática”, reconhece a empresária, adiantando que foi devido ao pedido da Comissão de Cidadania e do Museu do Azulejo para a declaração de interesse público patrimonial do edifício que as obras da nova loja da Pastelaria se atrasaram.

Paula Alves garante que, ainda assim, a sua preocupação também é a “salvaguarda do património azulejar de um edifício emblemático da capital” e que o seu projeto de adaptação do espaço para funcionar como pastelaria dos doces conventuais sempre teve em conta a obra de Querubim Lapa.

A antiga Casa da Sorte, numa esquina do Chiado, entre a Rua Garrett e a Rua Ivens, estava encerrada.

A Casa da Sorte é toda em cerâmica, no exterior e no interior, chegou a ser uma tabacaria, onde o Eça de Queiroz ia comprar os seus charutos. Depois, o espaço transformou-se, no início dos anos 1960, com o projeto do arquiteto Conceição Silva, que convidou o ceramista para ali fazer uma profunda intervenção.

É uma das intervenções esteticamente mais arrojadas alguma vez impressa num edifício pombalino.

No exterior, em azul e branco — num contraste absoluto com a “explosão psicadélica avant la lettre”, nas palavras de Maio, que encontramos no interior —, o ceramista criou um desenho a partir de números, um tema que se adaptava bem à Casa da Sorte.

(0)
Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Artigos Relacionados

Maçã de Alcobaça apresentou-se na Feira Fruit Attraction em Madrid

Feira Fruit Attraction, um dos maiores certames de marketing de produtos agrícolas (frutas e vegetais) do mundo, decorreu no pavilhão da IFEMA Madrid, de 4 e 6 de outubro, e Alcobaça esteve presente com um dos seus produtos frutícolas de marca. O evento contou com...

anexo sem nome 00056

A maçã de Alcobaça é a que consome menos água a nível europeu

A produção da Maçã de Alcobaça faz uso eficiente da rega. Em média, 60 litros de água dão para cultivar um quilo de maçãs de Alcobaça. Em Espanha, para produzir um quilo do mesmo fruto são precisos 250 litros de água. “Somos a região da Europa, claramente, que usa...

maca