Q

Previsão do tempo

13° C
  • Thursday 22° C
  • Friday 22° C
  • Saturday 19° C
14° C
  • Thursday 24° C
  • Friday 23° C
  • Saturday 23° C
14° C
  • Thursday 24° C
  • Friday 22° C
  • Saturday 23° C

Projeto de Unidade de Cuidados Paliativos do Hospital de Alcobaça candidatado a fundos europeus

Paulo Alexandre

EXCLUSIVO

ASSINE JÁ
O Centro Hospitalar de Leiria (CHL) apresentou três projetos, estruturantes e prioritários ao seu desenvolvimento e crescimento, para financiamento pelo fundo europeu Centro 2020, que visam apetrechar e renovar alguns dos serviços, e beneficiar de forma significativa os cidadãos da sua área de influência.

Trata-se da aquisição de um novo aparelho de Tomografia Axial Computadorizada (TAC), a criação da unidade de Hidroterapia no Serviço de Medicina Física e Reabilitação (SMFR) no Hospital de Santo André, em Leiria, e da criação da Unidade de Cuidados Paliativos no Hospital de Alcobaça. Estes projetos têm um valor inicial global de cerca de dois milhões de euros, e trarão melhorias significativas na prestação de cuidados assistenciais aos utentes.

«São investimentos essenciais e de extrema importância para melhor acompanhar os nossos utentes, que beneficiarão imenso com a sua aquisição», salienta Hélder Roque, presidente do Conselho de Administração do CHL. «Aliás», refere, «as candidaturas que apresentámos refletem isso mesmo, a necessidade de incrementar a nossa capacidade de resposta, exigência da própria tutela, que coordena o dossiê de candidatura e decidirá sobre a atribuição dos fundos europeus».

A aquisição deste moderno equipamento de TAC tem como objetivo incrementar a capacidade de resposta aos pedidos de realização de TAC, urgentes e não urgentes, além de permitir igualmente a realização de TAC Cardíaca. O novo equipamento aumenta igualmente a qualidade e rapidez dos resultados, e a diversidade de novos exames que se passarão a efetuar, em condições de maior conforto para os doentes, nomeadamente através de técnicas menos invasivas. Ao passar a dispor de dois equipamentos de TAC, o CHL poderá igualmente responder a pedidos de exames do exterior, criando assim uma melhor e maior articulação com a restante rede de cuidados, o que trará, seguramente, maior eficiência ao processo de diagnóstico e tratamento.

A Unidade de Cuidados Paliativos a construir no Hospital de Alcobaça Bernardino Lopes de Oliveira (HABLO) um projeto que tem vindo a ser elaborado desde 2014, muito necessário e premente, será a primeira da região, e é «uma aposta especialmente relevante tendo em conta que o distrito de Leiria não dispõe de qualquer cama de internamento no âmbito dos cuidados paliativos, além de que a região conta com um elevado índice de envelhecimento – o segundo mais alto a nível nacional, a seguir ao Alentejo, sendo de 156,6% em Alcobaça –, e o consequente aumento da prevalência de doenças crónicas», explica Helder Roque.

Esta unidade de cuidados paliativos terá por missão proporcionar aos utentes com doença prolongada, incurável e progressiva, com prognóstico de vida limitada, a prestação de cuidados de saúde com a máxima qualidade, num ambiente confortável e tranquilo, e adaptado às necessidades dos doentes e suas famílias.

A Unidade de Hidroterapia consistirá na remodelação da piscina e dos vários serviços anexos, que estão desativados praticamente desde a construção do Hospital de Santo André, e será utilizada como complemento do Serviço de Medicina Física e de Reabilitação deste Hospital. Esta nova piscina poderá receber separadamente crianças e adultos, com acessos e balneários adequados (homens, mulheres, crianças, colaboradores) à sua condição motora, independentes do acesso aos restantes gabinetes e espaços do SMFR.

«São três equipamentos extremamente importantes para uma maior diferenciação e especialização do CHL, para uma melhor prestação de cuidados e maior acessibilidade dos cidadãos», revela Helder Roque, «existindo a expectativa de virmos as suas candidaturas aprovadas com comparticipação em 85% pelo Centro 2020, até porque o CHL nunca teve ao longo da sua existência qualquer financiamento por fundos europeus».

(0)
Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Últimas

Artigos Relacionados