Q

Previsão do tempo

15° C
  • Monday 18° C
  • Tuesday 17° C
  • Wednesday 18° C
15° C
  • Monday 20° C
  • Tuesday 18° C
  • Wednesday 20° C
16° C
  • Monday 21° C
  • Tuesday 18° C
  • Wednesday 22° C

Nazaré – Uma reflexão obrigatória.

Francisco Coutinho (Mandatário/ Professor do Ensino Superior/ ex-Governador Civil de Leiria)

EXCLUSIVO

ASSINE JÁ
É importante reflectir sobre o passado para conseguirmos perspectivar um melhor futuro. Parece-me, pelo que dizem na rua e por todo o lado, que desta vez teremos mudança. Hoje, como no passado, os Políticos continuam a relativizar o essencial, focando-se apenas e só em interesses pessoais, individualizados ou de grupos (partidos), como se esse fosse o padrão de escolha de um modelo de desenvolvimento para a Nazaré, no interesse deles e não do concelho. É ridículo…

Estamos a um mês das eleições autárquicas e a discussão tem estado centrada em pessoas e lugares e poleiros, e nas listas que ninguém gosta ou que não prestam porque têm elementos de que não gostam, nem sequer das suas estratégias, ideias, e projetos, não gostando de nada. É ridículo…

Durante 20 anos, a Autarquia tem sido governada por um grupo de pessoas ligadas ao PSD, quase sempre sem oposição, com uma gestão baseada nos interesses e sem estratégia de desenvolvimento, sem critérios de gestão e de salvaguarda do interesse público, sem ideias e sem visão de futuro, e mais grave ainda sem uma obra digna de registo, que justifique o fracasso da própria gestão. É ridículo…

Contudo, pelo que vamos ouvindo por aí, o PSD tem mais do mesmo e vai avançar com um candidato já identificado há muito tempo, que faz parte da pior família PSD, e que apesar de já ter estado em lugar de relevância nada fez pela Nazaré. Ao contrário, o que vemos é o seu aparecimento injetado e forçado, em permanente campanha eleitoral, colado ao seu tutor e guru, numa manifestação vergonhosa de oportunismo eleitoralista, que empresta à política razões bem fortes para os adjectivos que os Cidadãos normalmente lhe atribuem e eu me recuso a proferir. Por outro lado, e mais grave ainda, vemos o que foi a sua contribuição para o descalabro das contas da Empresa Municipal “Nazaré Qualifica”, que, em apenas 3 anos da sua gestão, já apresentam uma dívida de setecentos mil euros, num total de gastos de oitocentos mil. É ridículo…

O PS vai responder na moeda que já nos habituou, apresentando um candidato que representa apenas uma das sensibilidades que existem dentro do PS. Sim, porque no PS há vários grupos que não se entendem e que querem os mesmos lugares. Ou que parecem servir o interesse do poder instalado do atual presidente, direta ou indiretamente. Como consequência disso temos o habitual descrédito da população que há vinte anos lhes nega a gestão da Autarquia. Unir, agregar, gerar consensos dentro do próprio PS, são termos que eles não conhecem e daí o constante cartão vermelho da população. São três os candidatos da área socialista, dois dos quais saídos da própria comissão política concelhia, e outro da vereação socialista, cada um deles achando que é mais socialista que os outros e reclamando para si o estatuto de socialista de primeira como se os outros fossem socialistas de segunda. É ridículo…

O CDS, a CDU, e o BE, pelo histórico dos resultados eleitorais, não contam para este totobola porque o Povo não os tem querido no poder, talvez não se percebendo bem porquê. É ridículo…

Os Independentes que se uniram no movimento do Partido da Terra – MPT apostam num candidato competente, que renunciou ao ordenado e aos cargos quando o interesse da população e as suas convicções falaram mais alto, afastando-se da promiscuidade instalada, com a qual não concordava, tendo aceite ir na lista do PSD para concretizar os projetos que iniciou e pelos quais deu a cara junto da população.

Pelo menos provou que tinha outros valores e que não queria fazer parte daquele “regabofe” de interesses que todos reconhecemos existirem na Autarquia. Pelo menos mostrou os princípios e a seriedade intelectual que outros demonstraram não ter, ao permanecer no Executivo, tanto do PSD como do PS, dando cobertura a esta gestão desastrosa do PSD, que não há meio de ter o seu fim… Aliás, a população só sabe de algumas coisas que lá se passam porque ele vai questiona e insiste em saber e nos vai contando a verdade a todos.

É por isso que vou apoiar o António Salvador, porque acredito nele e se não o fizesse era ridículo…

(0)
Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Artigos Relacionados

Gala 30 Anos Jornal das Caldas

A noite de hoje é de festa! Assista em direto à Gala dos 30 anos do Jornal das Caldas, a partir das 20h30.

gala 30anos jornal caldas

A Homenagem e o Reconhecimento!

ANTÓNIO TRINDADE é a prova viva de que um Homem pode fazer a diferença, lutando por causas que entende como justas, apoiando os seus e nossos concidadãos às vezes. Tem ajudado sim e, às vezes parecendo estar sozinho…não, vai contando com o apoio de Amigos e de quem...

Espaço Jovem

Há cerca de um ano, Portugal iniciou o seu processo de vacinação para a Covid-19, e com ele foi-nos também inoculada uma falsa esperança de controlo pandémico. Apesar da elevada adesão ao programa de vacinação, que culminou com quase 90% da população vacinada, verificou-se uma democratização do receio de viajar, à exceção dos meses de veraneio, perpetuando, assim, uma situação de grande fragilidade no setor. Uma das consequências mais evidentes desse fenómeno verifica-se na hotelaria, que tem vindo a perder trabalhadores e que, em parte, se deve aos sucessivos avanços e recuos no combate à pandemia, não permitindo a criação de estabilidade e planos a médio e longo prazo.