Q

Previsão do tempo

16° C
  • Thursday 19° C
  • Friday 18° C
  • Saturday 21° C
17° C
  • Thursday 20° C
  • Friday 20° C
  • Saturday 24° C
16° C
  • Thursday 19° C
  • Friday 21° C
  • Saturday 24° C

Pólo de Investigação da Universidade de Coimbra em Alcobaça

Paulo Alexandre

EXCLUSIVO

ASSINE JÁ
A Estação Nacional de Fruticultura Vieira Natividade poderá ser entregue à Câmara Municipal de Alcobaça. O Ministério da Agricultura já contactou a Câmara sobre o futuro da Estação, que se encontra inativa há algum tempo, e a possibilidade do edifício passar para a tutela da autarquia.

Os custos calculados da manutenção desta vasta área ocupada pela Estação e a história de uma entidade que durante décadas desempenhou um papel essencial no apoio aos agricultores e ao desenvolvimento da fruticultura da Região, levaram o presidente da Câmara de Alcobaça, Paulo Inácio, a desenvolver, entretanto, alguns contactos de preparação do futuro deste equipamento, nomeadamente com a Universidade de Coimbra.

O objectivo é que a “Estação Nacional de Fruticultura possa reassumir o seu antigo prestígio, e volte a ser pólo de investigação, ao serviço dos agricultores da Região”, explicou o autarca.

Ainda de acordo com Paulo Inácio, a vice reitora da Universidade de Coimbra mostrou disponibilidade para a instituição universitária, que representa, vir a integrar, de futuro, esse pólo de investigação.

O autarca já apresentou o caso ao nível do conselho executivo da oestecim com o intuito da recuperação da Estação entrar no próximo quadro comunitário, de 2014-2020.

Paulo Inácio argumentou que “a transformação da estação num moderno pólo de investigação agrícola deveria ser olhada como um projeto do oeste”.

“Está a ser tratado no âmbito do próximo quadro comunitário. Temos que o consolidar como um projeto do oeste e apresenta-lo a fundos comunitários, assegurando que temos conhecimento científico e universidades com prestígio e com disponibilidade para este efeito”, adiantou o autarca.

A Estação Vieira Natividade teve, no passado, um papel preponderante no apoio aos agricultores. Mas nos últimos anos a atividade diminuiu, encontrando-se, atualmente, em manutenção e a aguardar por uma solução de futuro.

A vontade de transformar a Estação criada por Vieira Natividade num pólo moderno de investigação agrícola ao serviço da Região é um plano de futuro de Paulo Inácio, que já começou a reunir algumas entidades para lançar a reabilitação daquela entidade às ajudas do próximo quadro comunitário de apoios.

A Estação Nacional de Fruticultura de Vieira Natividade (ENFVN), assim designada por decreto em reconhecimento dos “incontestáveis e notáveis serviços prestados pelo Prof. J. Vieira Natividade, à causa da fruticultura”, possuiu departamentos de Biologia e Nutrição de Fruteiras, de Pomóideas e Prunóideas, de Citricultura e de Olivicultura, tendo sido constituída como um serviço operativo do Instituto Nacional de Investigação Agrária (INIA) e dos institutos que lhe foram sucedendo: INIAER, INIA e INIAP.

Com a criação do Instituto Nacional de Recursos Biológicos, I.P., foi extinta tendo sido criado Centro de Actividades de «Fruticultura», através da Deliberação n.º 2551/2008, de 15 de Setembro de 2008, do conselho directivo do INRB, I.P., publicada no DR n.º 184, II Série de

23 de Setembro de 2008.

(0)
Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Artigos Relacionados

Novo modelo da Feira de São Bernardo foi um Sucesso

A Feira de São Bernardo, de Alcobaça, que ocorreu entre os dia 19 e 22 de agosto, terminou com milhares de visitantes a assistirem ao concerto do cantor Toni Carreira.  O novo modelo de feira foi planeado com o intuito de promover a centralidade das festividades. A...

tony carreira

PS pede campanha de sensibilização de Poupança de Água

O PS propôs uma campanha de sensibilização para necessidade de poupança de água. O inverno pouco chuvoso e a situação de país seca extrema e severa em que se encontra o país estão na origem desta proposta socialista à Câmara e SMAS – Serviços Municipalizados....

agua 1

Gratuitidade de acesso ao Mosteiro de Alcobaça limitada

A entrada em museus, monumentos e palácios tutelados pela Direção-Geral do Património Cultural (DGPC) passou a ser gratuita aos domingos e feriados apenas até às 14h00, para cidadãos residentes em Portugal, revelou a DGPC. A medida aplica-se aos 25 museus,...

mosteiro alcobaca