Q

Previsão do tempo

20° C
  • Thursday 21° C
  • Friday 25° C
  • Saturday 25° C
20° C
  • Thursday 23° C
  • Friday 30° C
  • Saturday 29° C
19° C
  • Thursday 22° C
  • Friday 30° C
  • Saturday 30° C

Ministra da Cultura do Brasil inaugurou exposição em Alcobaça

Paulo Alexandre

EXCLUSIVO

ASSINE JÁ
Várias iniciativas culturais do evento “Ano do Brasil em Portugal”, que se assinala a nível nacional, decorreram em Alcobaça, e trouxeram a Ministra da Cultura brasileira, Marta Suplicy, até à cidade cisterciense, no sábado, 8 de junho.

A Ministra visitou o Mosteiro e inaugurou a exposição “OBRANOME II”, que está patente na Galeria de Arte Contemporânea do monumento, até dia 30 de junho.

A mostra incorpora diversas tendências da poesia visual, como o caligrama, o ideograma, a poesia-objeto, a poesia concreta e ainda a poesia eletromecânica poema-processo de uma extensa lista de autores como Arnaldo Antunes, Waltercio Caldos, Augusto de Campos ou Helio Oiticica, com curadoria de Wagner Barja, diretor do Museu Nacional da República em Brasília.

“Tentar integrar ideias, palavras e imagens no mesmo panorama de forma estética para potencializar a língua portuguesa é o grande objectivo deste projeto, que o público poderá continuar a apreciar, até ao final deste mês”, informou Wagner Barja.

“A exposição de arte contemporânea vem dialogar com o tempo, num local, o Mosteiro de Santa Maria de Alcobaça, que foi, há séculos, o primeiro espaço que se dedicou aos estudos da lógica, línguas latinas e portuguesa”, explicou Wagner Barja, a propósito da escolha do local onde se instalou esta mostra que “evidencia que apesar do salto tecnológico, a escrita integra a essência” de todos os trabalhos.

A antologia da poesia visual patente na “OBRANOME aproxima a arte antiga e a contemporânea, estabelecendo a ponte cultural entre Portugal e o Brasil, numa experiência inédita de intercâmbio entre os dois países”, disse a Ministra, Marta Suplicy, que vincou “a

importância da mostra de arte moderna de vanguarda numa cidade histórica e de tradições milenares”, contribuindo para a comunicação entre as duas nações, no âmbito do evento em curso.

Antes da abertura oficial da exposição, Marta Suplicy efetuou uma visita guiada ao monumento da humanidade, por Jorge Pereira de Sampaio e Paulo Inácio, presidente da Câmara de Alcobaça. Foi na Sala do Capítulo que a ministra foi surpreendida pela voz do tenor Luís Peças, “um high-Light da visita”, como o classificou, que tornou a deslocação

“mais especial” ao fazê-la entrar “no espirito do Mosteiro cisterciense”.

A celebração do evento “Ano do Brasil em Portugal” em Alcobaça teve início, na quinta-feira, 6 de junho, com uma conferência sobre “A Cartografia do Brasil – de Cabral ao Príncipe Regente”, proferida por Rui Rasquinho, que decorreu na Sala das Conclusões, do Mosteiro.

A propósito desta sala, e dos pedidos da direção do Mosteiro para o restauro da cobertura, Jorge Sampaio informou que o espaço “irá continuar a aguardar por uma oportunidade de financiamento para o seu restauro”.

“Mais uma vez, ainda não é desta. Mas há que não esmorecer. Um destes dias, será a sua vez”, disse.

Prosseguiu na sexta-feira, 7 de junho, com a atuação de Fernanda Canaud, um concerto ao piano integrado no ciclo “Música nos Museus”.

(0)
Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Artigos Relacionados

NAZARÉ NO SEU OLHAR: lançamento no Dia do Livro

Foi no Dia Mundial do Livro, na Biblioteca Municipal da Nazaré, que o autor Diamantino Gonçalo deu a conhecer a sua nova obra poética, NAZARÉ no seu olhar, que conta com contributos de outros autores. A receita da venda do livro reverte a favor da CERCINA. No...

20220423 160214

Livro sobre o Rancho Alcôa deverá ser lançado no final do próximo ano

A Associação para a Defesa e Valorização do Património Cultural da Região de Alcobaça deverá lançar no final do próximo ano um livro sobre o Rancho Alcôa. O documento falara da história do Rancho, através de testemunhos de antigos membros e imagens da história...

rancho