Q

Previsão do tempo

14° C
  • Wednesday 16° C
  • Thursday 16° C
  • Friday 13° C
14° C
  • Wednesday 18° C
  • Thursday 17° C
  • Friday 13° C
13° C
  • Wednesday 17° C
  • Thursday 17° C
  • Friday 12° C
EU PESCADOR ME CONFESSO

O Silêncio dos culpados

Armando Lopes

EXCLUSIVO

ASSINE JÁ
Ainda bem que a Presidência da República está atenta e detectou a troca do “da” pelo “de”. Precisamente agora que se põem em causa as candidaturas de Fernando Seara a Lisboa e Luís Filipe Menezes ao Porto. Por isso, abençoada seja e que nunca lhe falte a argúcia e a perspicácia para estas descobertas.

Por outro lado, fico feliz – e o povo português também deve ficar, presumo – pelo facto da Presidência ter quebrado o seu silêncio de meses com este coelho tirado da cartola. Porque este fim do “blackout” significa que a Presidência, para além de estar atenta e ter sentido de oportunidade, não tem assuntos importantes sobre os quais se deva pronunciar. O que é um motivo de satisfação e orgulho para todos nós.

Também é notável o longo silêncio do Tribunal Constitucional, sobre a fiscalização sucessiva do Orçamento de Estado. Suponho que, a tão distendida meditação, deve corresponder um parecer altamente fundamentado sobre “as mil e uma maneiras de cozinhar um logro”. Ao excesso de zelo de uns contrapõe-se a falta de zelo de outros.

Simultaneamente, interrogo-me sobre o que irá dizer o TC sobre as dúvidas que lhe foram colocadas a respeito da manifesta inconstitucionalidade de algumas medidas contidas no OE? Será que a vai reconhecer e adiar as consequências, como fez anteriormente? Será que vai tomar novamente uma decisão política em lugar de uma decisão técnica, que é aquilo que lhe é pedido? Ou será que se vai continuar a esconder por detrás dos superiores interesses do país, para justificar uma ilegalidade?

Tenho esperança que, quando esta crónica for publicada, o enigma já esteja esclarecido. Até lá tudo o que se possa adiantar são apenas meras especulações e pressentimentos.

Com a resignação do Papa Bento XVI também se criou um novo silêncio que, no fundo, é o acumular de muitos silêncios. Silêncios de décadas que foram agora reunidos no relatório “Vatileaks”, elaborado por 3 cardeais do Vaticano. Relatório cuja divulgação este Papa decidiu uma vez mais impedir, votando ao silêncio o seu conteúdo integral.

Já quando presidia à Sagrada Congregação para a Doutrina da Fé, o então cardeal Joseph Ratzinger, silenciou e encobriu diversos crimes de abuso sexual de menores. Então como agora, tudo foi feito em nome da “salvação da Santa Madre Igreja”. E, sob esse pretexto, comprou-se o silêncio das vítimas e condenou-se ao silêncio os opositores, nomeadamente os representantes da Igreja herdeira do Concílio Vaticano II.

Para mim, que não sou católico, tudo isto me inquieta e ofende. Principalmente pelo que estes actos de ocultação representam em termos de impunidade e imoralidade.

(0)
Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Artigos Relacionados

Canil municipal na Nazaré sem capacidade para mais animais

O canil municipal na Nazaré atingiu o limite da sua capacidade de acolhimento de animais e recebe diariamente apelos para a recolha de ninhadas ou de canídeos encontrados a deambular pelo concelho, com sinais de desorientação. Segundo o grupo de voluntários que...

canil 1

Presunção e água benta não rima com hipocrisia e mentira

António Costa, depois de em 2014 trair António José Seguro e os socialistas que o acompanhavam, como por exemplo o “Brilhante” lambe botas, perdeu eleições e ao seu jeito hipócrita e mentiroso, foi governar criando uma geringonça que lhe deu colinho salvando-lhe a...

graciano

Alfeizerão regressa à época Medieval de 14 a 16 de julho

Alfeizerão Medieval, um evento com entrada gratuita, que vai recriar os tempos em que cristãos e mouros conviviam naquela terra, sob o domínio dos monges de Cister, vai decorrer de 14 a 16 de julho. O mercado medieval vai ficar instalado num espaço de mais de...

mediaval