Q

Previsão do tempo

27° C
  • Thursday 27° C
  • Friday 25° C
  • Saturday 25° C
27° C
  • Thursday 27° C
  • Friday 30° C
  • Saturday 29° C
28° C
  • Thursday 28° C
  • Friday 30° C
  • Saturday 30° C

CDU de Alcobaça apresentou candidatos às eleições autárquicas

Paulo Alexandre

EXCLUSIVO

ASSINE JÁ
Vanda Marques e João Paulo Raimundo são os candidatos da CDU à Câmara Municipal de Alcobaça e Assembleia Municipal, respetivamente.

“Posso trazer o lado feminino, o lado da mãe, da mulher que tem de gerir uma casa. E, enquanto professora, tenho a noção da realidade nas escolas, dos problemas e da angústia que os professores atravessam.

Posso também trazer a minha vivência familiar e os ideais da democracia e da competência, que me foram transmitidos, e a minha ação de voluntariado”, disse a cabeça de lista da CDU à Câmara, nas eleições autárquicas.

Vanda Marques disse ainda que “Alcobaça já foi um dos principais centros de cultura, e onde se instalou a primeira Biblioteca pública”.

“Fomos uma terra revolucionária que lutou contra crises. Aqui nasceu quase a génese de Portugal, e deixamo-nos adormecer”, disse.

A candidata criticou, depois, a atitude da Câmara Municipal “que não envolve nem ouve a população”.

“É necessário ouvir os sonhos e os problemas dos munícipes. É esse envolvimento que eu gostava de trazer para a Câmara”, disse Vanda Marques.

Por sua vez, João Paulo Raimundo fez o balanço de decisões políticas da Câmara, gerida nos últimos anos pelo PSD, para reforçar a importância da mudança nas próximas eleições autárquicas.

O contrato com as águas do Oeste, com a contratualização de 3,6 milhões metros cúbicos de água, que o candidato classificou de “ruinoso”; a entrega do saneamento e das ETARS construídas pela Câmara à mesma Empresa; assim como “a negociação com a empresa Raimundo e Maio, por causa das obras de requalificação na rua D. Pedro V, que poderá custar 4,5 milhões de euros em indemnizações; compra da Quinta da Cela, em Alfeizerão, por 3,5 milhões; a construção dos Centros Escolares de Alcobaça e Benedita, com a parceria público-privada, com cedência de 51% da sociedade aos privados, que impediram o acesso a verbas do QREN e obrigam, agora, a Câmara a pagar a fatura em 25 euros, na ordem dos 51 milhões de euros”, foram alguns dos problemas da governação dos últimos anos denunciados na sessão pública de apresentação dos candidatos da coligação às próximas eleições.

(0)
Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Artigos Relacionados

Oposição unida contra alteração ao Regimento da Assembleia Municipal

A alteração ao Regimento da Assembleia Municipal da Nazaré que estipula o tempo atribuído a cada um dos eleitos gerou controvérsia e precisou do voto de qualidade do presidente daquele órgão para ser aprovado. PSD, CDU e Bloco de Esquerda votaram contra a proposta...

cmn

Gala 30 Anos Jornal das Caldas

A noite de hoje é de festa! Assista em direto à Gala dos 30 anos do Jornal das Caldas, a partir das 20h30.

gala 30anos jornal caldas