Q

Previsão do tempo

12° C
  • Tuesday 15° C
  • Wednesday 15° C
  • Thursday 16° C
12° C
  • Tuesday 16° C
  • Wednesday 16° C
  • Thursday 17° C
13° C
  • Tuesday 16° C
  • Wednesday 15° C
  • Thursday 17° C
EU PESCADOR ME CONFESSO

AI, MEU LINDO AGOSTO

Armando Lopes

EXCLUSIVO

ASSINE JÁ
Durante o mês de Agosto, a Nazaré transforma-se num enorme parque de estacionamento internacional. Não havendo uma verdadeira política de parqueamento nem um ordenamento de trânsito cuidado, os carros vão-se amontoando de uma forma mais ou menos selvagem. Sem qualquer respeito pela circulação dos peões e pelas condições de segurança que lhes são devidas, ocupam: passeios, entradas de casas, passadeiras, zonas protegidas e de estacionamento proibido.

Nestas alturas em que os problemas se avolumam, vêm ao de cima as sequelas deixadas pela ausência de cultura cívica e de respeito pelos outros. Acentua-se o lado obscuro e marginal de uma educação desleixada que vai criando raízes nos actos comportamentais do quotidiano.

A juntar a todo este pandemónio automobilístico, acresce ainda um sistema de limpeza completamente anárquico e uma política ambiental inexistente. As ruas vão-se enchendo de lixo e sujidade, os poucos espaços verdes e ajardinados vão-se degradando, votados ao abandono. E, a vila, vai perdendo qualidade no turismo que consegue captar.

Se quisermos ser honestos, facilmente reconhecemos que a Nazaré não tem estruturas para receber tanta gente, com um mínimo de decência. E como também não as cria, só pode acontecer isto. O caos, a anarquia, a bagunça e tudo o que de negativo lhes está associado. O que, mesmo em fim de mandato, é intolerável e não tem qualquer espécie de justificação.

Mas, Agosto já passou e o elenco camarário já pode respirar de alívio. Possivelmente está de bem com a sua consciência, por ter proporcionado aos veraneantes mais um mês repleto de “rasquice” e “xungaria”. No entanto, a manter-se esta indiferença inconsciente, será difícil travar o processo de degradação galopante da Nazaré.

(0)
Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Artigos Relacionados

Gala 30 Anos Jornal das Caldas

A noite de hoje é de festa! Assista em direto à Gala dos 30 anos do Jornal das Caldas, a partir das 20h30.

gala 30anos jornal caldas

A Homenagem e o Reconhecimento!

ANTÓNIO TRINDADE é a prova viva de que um Homem pode fazer a diferença, lutando por causas que entende como justas, apoiando os seus e nossos concidadãos às vezes. Tem ajudado sim e, às vezes parecendo estar sozinho…não, vai contando com o apoio de Amigos e de quem...

Espaço Jovem

Há cerca de um ano, Portugal iniciou o seu processo de vacinação para a Covid-19, e com ele foi-nos também inoculada uma falsa esperança de controlo pandémico. Apesar da elevada adesão ao programa de vacinação, que culminou com quase 90% da população vacinada, verificou-se uma democratização do receio de viajar, à exceção dos meses de veraneio, perpetuando, assim, uma situação de grande fragilidade no setor. Uma das consequências mais evidentes desse fenómeno verifica-se na hotelaria, que tem vindo a perder trabalhadores e que, em parte, se deve aos sucessivos avanços e recuos no combate à pandemia, não permitindo a criação de estabilidade e planos a médio e longo prazo.