Q

Previsão do tempo

18° C
  • Monday 22° C
  • Tuesday 20° C
  • Wednesday 20° C
18° C
  • Monday 24° C
  • Tuesday 22° C
  • Wednesday 21° C
20° C
  • Monday 24° C
  • Tuesday 22° C
  • Wednesday 20° C
EDITORIAL

Grupo Medioeste e Grupo Mais Oeste mais fortes

Clara Bernardino

EXCLUSIVO

ASSINE JÁ
Diz-se que é em tempos de crise que as pessoas mais se entreajudam. A prová-lo estão os resultados das últimas campanhas do Banco Alimentar do Oeste, cujos números não deixaram de ser surpreendentes, tendo em conta as dificuldades que se fazem sentir, um pouco por toda a parte.

É para responder à crise geral das actividades económicas do nosso país, e da nossa região em particular, que se uniram e estreitaram laços entre estes dois Grupos de comunicação social, em nome dos empresários que necessitam de anunciar o seu produto e os seus serviços, gastando menos e chegando a mais destinatários.

Por isso, juntando forças, o Grupo Medioeste, através dos seus jornais, e sobretudo do JORNAL DAS CALDAS, e o Grupo Mais Oeste, através da sua RÁDIO MAIS OESTE (94.2fm), passam a ter um produto mais completo e abrangente, com maior eficácia na comunicação e com custos reduzidos para que os leitores/ouvintes e os anunciantes fiquem mais satisfeitos.

É em nome da população do Oeste e dos empresários dinâmicos que pretendem ter sucesso e resistir à crise que estes grupos de comunicação social estão “Unidos pela Região” e colocam todos os seus meios e suportes ao serviço do Oeste.

(0)
Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Artigos Relacionados

Gala 30 Anos Jornal das Caldas

A noite de hoje é de festa! Assista em direto à Gala dos 30 anos do Jornal das Caldas, a partir das 20h30.

gala 30anos jornal caldas

A Homenagem e o Reconhecimento!

ANTÓNIO TRINDADE é a prova viva de que um Homem pode fazer a diferença, lutando por causas que entende como justas, apoiando os seus e nossos concidadãos às vezes. Tem ajudado sim e, às vezes parecendo estar sozinho…não, vai contando com o apoio de Amigos e de quem...

Espaço Jovem

Há cerca de um ano, Portugal iniciou o seu processo de vacinação para a Covid-19, e com ele foi-nos também inoculada uma falsa esperança de controlo pandémico. Apesar da elevada adesão ao programa de vacinação, que culminou com quase 90% da população vacinada, verificou-se uma democratização do receio de viajar, à exceção dos meses de veraneio, perpetuando, assim, uma situação de grande fragilidade no setor. Uma das consequências mais evidentes desse fenómeno verifica-se na hotelaria, que tem vindo a perder trabalhadores e que, em parte, se deve aos sucessivos avanços e recuos no combate à pandemia, não permitindo a criação de estabilidade e planos a médio e longo prazo.