Q

Previsão do tempo

18° C
  • Friday 20° C
  • Saturday 18° C
  • Sunday 20° C
18° C
  • Friday 22° C
  • Saturday 19° C
  • Sunday 22° C
20° C
  • Friday 21° C
  • Saturday 19° C
  • Sunday 21° C
[speaker]
[speaker]

“Sacanas com Lei” apresentado na Biblioteca Municipal da Nazaré dia 14 de abril

EXCLUSIVO

ASSINE JÁ
A Biblioteca Municipal da Nazaré vai acolher no próximo sábado, dia 14 de abril, pelas 16h00, a apresentação do livro “Sacanas com Lei”, uma obra da autoria de Rosa Ramos e Silvia Caneco, esta última jornalista natural da Nazaré, que iniciou a sua carreira neste mesmo jornal, o Região da Nazaré. O livro trata-se de […]

A Biblioteca Municipal da Nazaré vai acolher no próximo sábado, dia 14 de abril, pelas 16h00, a apresentação do livro “Sacanas com Lei”, uma obra da autoria de Rosa Ramos e Silvia Caneco, esta última jornalista natural da Nazaré, que iniciou a sua carreira neste mesmo jornal, o Região da Nazaré. O livro trata-se de um retrato de um país que nem sempre aparece nos jornais, feito de histórias de pessoas e arguidos, de causas defendidas por advogados, de decisões de juízes. Sílvia Caneco nasceu em 1984 e é licenciada em Jornalismo pela Escola Superior de Comunicação Social. Estagiou no Público e é, desde a fundação do jornal, jornalista do i, sendo “Sacanas com Lei” o seu primeiro livro. Já Rosa Ramos nasceu em 1983 e trabalhou no jornal “O Interior”, da rede Expresso. É jornalista no jornal i desde 2009 e “Sacanas com Lei” é o seu segundo livro, título que surge depois de, em 2011, ter lançado o “Padre Motard – Boas curvas… se Deus quiser”, editado pela Estrela Polar. Segundo a sinopse do livro: “Todos os dias, de segunda a sexta-feira, a partir das dez da manhã, vagas de pequenos criminosos acorrem à zona Oriental de Lisboa. Não para praticar delitos, mas para responder por eles. É aí que fica o Tribunal de Pequena Instância Criminal, onde as jornalistas do i, Rosa Ramos e Sílvia Caneco testemunharam, ao longo de vários meses, dezenas de histórias mirabolantes do pequeno crime à portuguesa. Com protagonistas reais de uma imaginação ilimitada, tanto na hora do crime como perante a justiça, este é um livro onde o humor e a desgraça entram em choque – mas o humor acabar por vencer”. David Mariano

(0)
Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Artigos Relacionados

Canil municipal na Nazaré sem capacidade para mais animais

O canil municipal na Nazaré atingiu o limite da sua capacidade de acolhimento de animais e recebe diariamente apelos para a recolha de ninhadas ou de canídeos encontrados a deambular pelo concelho, com sinais de desorientação. Segundo o grupo de voluntários que...

canil 1

Alfeizerão regressa à época Medieval de 14 a 16 de julho

Alfeizerão Medieval, um evento com entrada gratuita, que vai recriar os tempos em que cristãos e mouros conviviam naquela terra, sob o domínio dos monges de Cister, vai decorrer de 14 a 16 de julho. O mercado medieval vai ficar instalado num espaço de mais de...

mediaval

Despiste aparatoso junto à Pousada da Juventude de Alfeizerão

Uma mulher de 37 anos sofreu ferimentos ligeiros após uma queda aparatosa do veículo que conduzia, ao princípio da manhã do passado dia 19, na ravina junto à Pousada da Juventude de Alfeizerão. O despiste aconteceu entre as seis e meia e as sete da manhã, numa...

despistepousada