Q

Previsão do tempo

18° C
  • Wednesday 18° C
  • Thursday 20° C
  • Friday 21° C
18° C
  • Wednesday 20° C
  • Thursday 23° C
  • Friday 25° C
19° C
  • Wednesday 20° C
  • Thursday 24° C
  • Friday 26° C

Deputados do PSD propõem o reforço no combate às pragas e doenças na produção agrícola

EXCLUSIVO

ASSINE JÁ
Perante o aparecimento de novas patologias que atacam gravemente produções agrícolas e florestais, comprometendo muitas culturas importantes em termos nacionais, como são as frutas, o pinhão ou a madeira de pinho, o PSD considera necessário um maior envolvimento entre a produção e a investigação. Assim, recomenda um novo modelo de gestão da investigação agrária, atribuindo […]

Perante o aparecimento de novas patologias que atacam gravemente produções agrícolas e florestais, comprometendo muitas culturas importantes em termos nacionais, como são as frutas, o pinhão ou a madeira de pinho, o PSD considera necessário um maior envolvimento entre a produção e a investigação. Assim, recomenda um novo modelo de gestão da investigação agrária, atribuindo primazia à investigação aplicada, julgando que poderá contribuir ativamente na procura de soluções para casos concretos. Os parlamentares do PSD pretendem, assim, encontrar respostas integradas para os graves problemas fitossanitários que afetam as produções agrícolas e florestais, com elevados custos para os produtores, com graves consequências para a economia nacional. São exemplos, a morte súbita do sobreiro e da azinheira, a doença da tinta, o cancro do castanheiro, o nemátode do pinheiro, o fogo bacteriano das fruteiras e ultimamente a doença do miolo do pinhão, entre outras, que afetam produtos com mercados externos assegurados e exigem que sejam tomadas medidas imediatas. Em particular, os deputados do PSD centram a sua preocupação com designado fogo bacteriano que regista focos de forte dispersão na região do Oeste e no distrito de Leiria. Recorde-se que o fogo bacteriano é uma das mais antigas doenças e a mais importante e penalizadora para os produtores de pomóideas. Em Portugal, detetou-se o primeiro foco em 2006, tendo a situação agravado em 2010 e 2011, com novos focos a surgirem diariamente em diversos pomares. Para tal, o PSD procurou conhecer juntos dos agricultores as suas principais fragilidades perante o surgimento de novos focos de pragas ou doenças que atacam as suas produções, e debateu com profundidade, junto da comunidade científica, as soluções que podem contribuir para o reforço da estratégia de combate a pragas e doenças na produção vegetal. Pretende-se colocar a inovação e a ciência à disposição da economia, procurando que as prioridades da investigação nacional sejam consideradas a procura da solução para os problemas que preocupam os agricultores no seu dia-a-dia. Na recolha de saberes diversos o PSD entende recomendar ao Governo as seguintes medidas:- Consolidar a estratégia nacional para a investigação agrária; Criar um Conselho Cientifico que faça o diagnóstico, a monitorização das patologias vegetais e aconselhe projetos a investigar com fundos públicos comunitários ou nacionais;Dinamizar um banco de dados para acompanhamento da evolução espácio-temporal das populações dos agentes bióticos nocivos e reforce o sistema de alertas de praga e doenças para que os serviços de apoio às produções vegetais aconselhem os procedimentos técnicos adequados à patologia em causa. Rever e reforçar ajudas financeiras para fazer face às despesas decorrentes da destruição ou substituição das respetivas culturas causadas por agentes patológicos nocivo, no quadro da revisão da PAC. O executivo da câmara da Nazaré reuniu na sexta-feira, numa sessão que foi antecipada.A câmara aprovou, por unanimidade, a compra de um terreno em Valado dos Frades conhecido por fonte dos namorados. A aquisição, a pedido da junta de freguesia, foi feita pelo preço de 2.750 euros. JL

(0)
Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Artigos Relacionados

Gala 30 Anos Jornal das Caldas

A noite de hoje é de festa! Assista em direto à Gala dos 30 anos do Jornal das Caldas, a partir das 20h30.

gala 30anos jornal caldas

Farmácias da Nazaré administram gratuitamente vacinas contra a gripe

O Município da Nazaré assinou o “Protocolo de Cooperação para a Administração de Vacinas contra a Gripe – Contingente SNS” com a Associação Nacional de Farmácias e a Farminveste que, até ao final do mês de março de 2022, irá permitir a administração de um máximo de 600 vacinas. A Câmara irá suportar os custos de 600 vacinas contra a gripe sazonal, que serão administradas nas farmácias aderentes.

31976 vacina