Q

Previsão do tempo

24° C
  • Sunday 21° C
  • Monday 19° C
  • Tuesday 22° C
25° C
  • Sunday 24° C
  • Monday 21° C
  • Tuesday 24° C
28° C
  • Sunday 24° C
  • Monday 21° C
  • Tuesday 24° C

Centro Cultural da Nazaré apresentaexposição de Federico Patellani

EXCLUSIVO

ASSINE JÁ
Fotos do artista italiano retratam quotidiano da Nazaré durante o ano de 1946 David Mariano O Centro Cultural da Nazaré tem patente até ao próximo 15 de Dezembro a exposição fotográfica “E o mar, ainda” de Federico Patellani, da autoria do artista contemporâneo de Cartier-Bresson, Robert Frank e Edward Weston; Federico Patellani, considerado um dos […]
Centro Cultural da Nazaré apresenta<br>exposição de Federico Patellani

Fotos do artista italiano retratam quotidiano da Nazaré durante o ano de 1946 David Mariano O Centro Cultural da Nazaré tem patente até ao próximo 15 de Dezembro a exposição fotográfica “E o mar, ainda” de Federico Patellani, da autoria do artista contemporâneo de Cartier-Bresson, Robert Frank e Edward Weston; Federico Patellani, considerado um dos maiores fotógrafos italianos.

Contando com o apoio do Centro Português de Fotografia, da Direcção-Geral de Arquivos e do Ministério da Cultura, numa organização da Associação de Defesa da Nazaré (ADN), em parceria com a Biblioteca Municipal da Nazaré e a Câmara Municipal da Nazaré, esta iniciativa apresenta um conjunto de imagens, integradas na colecção do Centro Português de Fotografia. Retrato de “uma gente que lhe oferece tudo o que ele quer desenhar com a luz”, sendo “ele” precisamente Federico Patellani, este projecto apresenta cenas do quotidiano da Nazaré, retratadas em 1946 pelo fotógrafo italiano, um artista de época que também teve importante obra influenciada pelo estilo da revista “Time” e pelo fotojornalismo. Considerado um narrador culto e sensível, inspirado pelo neo-realismo, Patellani procurou captar, através de um fotojornalismo empenhado, testemunhos objectivos da realidade – dos rostos e das pessoas do povo, das tradições e vivências, ou de artistas como Maria Callas – percorrendo lugares tão distintos como a Itália, os Estados Unidos ou Portugal. Mas foi na Nazaré que Patellani captou imagens do povo, num estilo centrado na verdade e na vontade de fornecer um documento da realidade.

(0)
Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Artigos Relacionados

NAZARÉ NO SEU OLHAR: lançamento no Dia do Livro

Foi no Dia Mundial do Livro, na Biblioteca Municipal da Nazaré, que o autor Diamantino Gonçalo deu a conhecer a sua nova obra poética, NAZARÉ no seu olhar, que conta com contributos de outros autores. A receita da venda do livro reverte a favor da CERCINA. No...

20220423 160214

Mário Cerol assumiu o Comando dos Bombeiros Voluntários da Nazaré

O novo comandante dos Bombeiros Voluntários da Nazaré tomou posse do cargo, no passado dia 25 de abril, uma cerimónia que contou com a presença da população e das entidades convidadas. Mário Cerol falou em compromisso, responsabilidade e em gratidão pelo convite...

mario cerol