Q

Previsão do tempo

17° C
  • Thursday 27° C
  • Friday 31° C
  • Saturday 29° C
18° C
  • Thursday 33° C
  • Friday 37° C
  • Saturday 37° C
17° C
  • Thursday 33° C
  • Friday 37° C
  • Saturday 37° C

José Pedro Gomes no palcodo Centro Cultural na Benedita em “Vai-se Andando”

EXCLUSIVO

ASSINE JÁ
Peça de teatro conta com encenação de António Feio e textos de Nuno Markl ou Nilton David Mariano O Centro Cultural Gonçalves Sapinho na Benedita apresenta no próximo dia 1 de Maio, pelas 21h 30, o espectáculo de teatro “Vai-se Andando”, projecto que conta com a presença e interpretação de José Pedro Gomes em palco […]
José Pedro Gomes no palco<br>do Centro Cultural na Benedita em “Vai-se Andando”

Peça de teatro conta com encenação de António Feio e textos de Nuno Markl ou Nilton David Mariano O Centro Cultural Gonçalves Sapinho na Benedita apresenta no próximo dia 1 de Maio, pelas 21h 30, o espectáculo de teatro “Vai-se Andando”, projecto que conta com a presença e interpretação de José Pedro Gomes em palco e encenação de António Feio. Depois do espectáculo “Coçar Onde é Preciso” (2005), José Pedro Gomes continua a tentar perceber o que faz dos portugueses um povo tão especial. É a pergunta que ele coloca (e na qual todos nós nos reconhecemos): realmente, o que nos leva a conseguir fazer coisas que mais ninguém faz?

É claro, atrás de uma pergunta vem sempre outra: o que nos faz sermos melhores ou piores do que os outros? O que nos faria ser muito melhores? Quais são as pequenas arestas a limar para ficarmos perfeitos? E assim, concentrando-se nos pormenores e detalhes que nos distinguem dos outros povos, José Pedro Gomes analisa as questões existenciais e identitárias que sempre marcaram o povo português. Para esta luta e procura de respostas, o actor contou ainda com a ajuda de vários portugueses que guardam destes dilemas uma série de opiniões muito interessantes: Alberto Gonçalves, Eduardo Madeira, Filipe Homem Fonseca, Henrique Dias, Luísa Costa Gomes, Marco Horácio, Nilton, Nuno Artur Silva, Nuno Markl. O resultado é “Vai-se Andando” e vê-se no palco.

(0)
Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Artigos Relacionados

José Soares dá nome à Biblioteca Municipal

No dia em que o autor de várias obras dedicadas à sua terra completou 100 anos de vida, a Biblioteca Municipal prestou-lhe homenagem. O nome de José Soares passa, a partir de hoje, a estar ligado à Biblioteca Municipal. O Município prestou homenagem ao autor de...

jose soares

NAZARÉ NO SEU OLHAR: lançamento no Dia do Livro

Foi no Dia Mundial do Livro, na Biblioteca Municipal da Nazaré, que o autor Diamantino Gonçalo deu a conhecer a sua nova obra poética, NAZARÉ no seu olhar, que conta com contributos de outros autores. A receita da venda do livro reverte a favor da CERCINA. No...

20220423 160214