Q

Previsão do tempo

17° C
  • Wednesday 25° C
  • Thursday 28° C
  • Friday 30° C
17° C
  • Wednesday 29° C
  • Thursday 34° C
  • Friday 37° C
18° C
  • Wednesday 31° C
  • Thursday 34° C
  • Friday 37° C

“Um percurso, Uma mensagem, uma estratégia”

EXCLUSIVO

ASSINE JÁ
António Salvador Vereador O processo eleitoral tanto pode ser interessante como enganoso. Há sempre uns que querem fazer passar a mensagem de que são bons e vão ganhar e de que os outros são maus e vão perder. Agora, como no passado, há muitos que se enganam a si próprios e tentam enganar os outros […]

António Salvador Vereador O processo eleitoral tanto pode ser interessante como enganoso. Há sempre uns que querem fazer passar a mensagem de que são bons e vão ganhar e de que os outros são maus e vão perder. Agora, como no passado, há muitos que se enganam a si próprios e tentam enganar os outros com as suas contas, sempre de somar, nunca de subtrair… Vem isto a propósito das contas de alguns sobre um suposto resultado vencedor (antecipado) com base na soma do PS e dos Independentes nas próximas eleições autárquicas… Há que ter presente o historial, de que não querem falar para perceber o erro desse raciocínio e para respeitar o Povo que elege os seus representantes com base em vários factores. Por isso, é importante lembrar a sequência de factos que está na origem da actual situação política do nosso Concelho.

Antes das autárquicas de 2005, como militantes, Mário Sousinha e eu próprio éramos presidente e vice-presidente da Mesa do PSD, respectivamente. Um belo dia, como noutras vezes do passado, o ‘senhor de sempre’ tomou a concelhia do partido e garantiu a sua presença nas listas. Pelo modo como aconteceu, esta situação revoltou muitos e levou-nos a juntar esforços com outros cidadãos (grupo de independentes) para concorrer às autárquicas, eu como n.º 2 à Câmara e Mário Sousinha como n.º 1 à Assembleia, concorrendo a todos os órgãos. Este grupo obteve um bom resultado ao eleger 2 vereadores e 5 deputados (24% ). Muitas pessoas que preferem ou votam no PSD (descontentes com a situação local do partido) optaram pela alternativa de representação. Muitos votaram na lista de Independentes, por este ou outros motivos, que reuniu várias sensibilidades. Claro que há quem se esqueça que o resultado dos Independentes resulta de várias áreas políticas e pessoas (incluindo nós). Muita gente acabou por votar nesse grupo e não no seu partido, e isso viu-se na descida do PSD, além da forte descida do PS. É um facto que não deve ser esquecido. Mas há quem veja só a sua própria conveniência… Não me interessa fazer contas, nem sequer quero saber se o resultado dos Independentes é mais de uns ou de outros. Também não me interessa, considerando os lugares que Mário Sousinha e eu tínhamos na lista do grupo de cidadãos, estar a dizer que cerca de um terço ou de metade desses votos são para juntar ao PSD nas próximas eleições. O que me interessa é respeitar a vontade da população a cada momento e fazer o melhor que puder e souber para ajudar a população do Concelho a ultrapassar este momento de crise, de falta de trabalho e de emprego, tentando criar condições para ficarmos todos mais fortes. Também não me interessa discutir estes assuntos politiqueiros que não ajudam nem contribuem para o bem-estar da população. As eleições locais são feitas por pessoas com cara e nome e são decididas por pessoas, com base no mútuo respeito, nos projectos e no trabalho, devendo rejeitar-se as ambições e as vaidades de alguns. Não entendo quem diz que tudo fará para estar no poder ou para derrotar este ou aquele, praticando uma política de guerrilha e desrespeito, baseada em questões pessoais, e achando que o Povo não tem vontade ou é um joguete nas suas mãos, esquecendo o respeito que nos devemos uns aos outros e à população que nos elegeu. Para mim respeitar uns significa respeitar os outros. Lamento ter-me enganado quando achei que estaríamos em desacordo em questões menores, mas que, com ou sem partidos, estaríamos unidos nos grandes desígnios e na defesa dos interesses do nosso concelho. Não estamos aqui para nos servirmos, mas para servir o interesse colectivo (não perguntes o que o país pode fazer por ti; pergunta o que podes fazer pelo teu país)! Felizmente para todos, a pensar nas pessoas, estamos a concretizar um vasto conjunto de investimentos e projectos que nos vão permitir “dar um pulo” em termos de progresso, de postos de trabalho e de desenvolvimento económico e social. É o grande objectivo desta gestão política, que eu gostava de ver concretizar no curto e médio prazo. É o caso do investimento privado do Hospital e do conjunto comercial, que vão trazer muitas centenas de postos de trabalho. É o caso dos Centros Escolares, que vão melhorar as condições de ensino dos nossos filhos. É o caso do Teleférico, que vai melhorar os acessos e o turismo. É o caso dos novos Paços de Concelho e Mercado Municipal, que vão trazer boas condições de trabalho para os funcionários e melhores serviços para a população. É ainda o caso da Marina, do resort turístico e dos novos hotéis, que vão criar muitas centenas de postos de trabalho e dinamizar fortemente o turismo. E também é o caso da área empresarial do Valado dos Frades, que trará empresas e actividades, como muitas centenas de postos de trabalho. Temos tudo: uma paisagem magnífica e pessoas acolhedoras, com uma cultura muito forte. Somos uma terra impar no mundo inteiro. Gostamos de nós e temos orgulho no nosso passado e presente, nos nossos avós e nos nossos filhos. Temos pessoas empenhadas em construir um futuro melhor para todos, numa estratégia bem traçada que, apesar da crise e das contrariedades, vai dar bons frutos. Nesta fase do processo, falta darmos as mãos e caminharmos juntos.

(0)
Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Artigos Relacionados

Quercus atribui Qualidade de Ouro a duas praias do concelho da Nazaré

A associação divulgou a lista das 440 praias com “Qualidade de Ouro”, um valor nunca antes alcançado na história deste galardão que avalia a qualidade das águas balneares nacionais, estando as duas praias costeiras do concelho da Nazaré integradas no ranking de...

245416536 4319795401408206 1376882044721136776 n

Maçã de Alcobaça IGP não utiliza substâncias perigosas

A Associação de Produtores de Maça de Alcobaça - Indicação Geográfica Protegida veio a público esclarecer os consumidores sobre os produtos que utiliza na produção deste produto certificado, depois de uma notícia divulgada Pesticide Action Network. Um documento...

maca de alcobaca sustent