Q

Previsão do tempo

21° C
  • Monday 21° C
  • Tuesday 21° C
  • Wednesday 21° C
21° C
  • Monday 21° C
  • Tuesday 23° C
  • Wednesday 23° C
23° C
  • Monday 24° C
  • Tuesday 23° C
  • Wednesday 23° C

Exposições marcam iniciativasda Biblioteca e do Centro Cultural da Nazaré

EXCLUSIVO

ASSINE JÁ
David MarianoÉ cada vez mais o centro nevrálgico cultural da Nazaré: a Biblioteca Municipal continua a sua actividade incessante desde a inauguração no final do ano passado e torna a apresentar diversas actividades onde se destacam mais uma vez as exposições e as sessões de astronomia, entre outras. Iniciativas que prometem ser para todos os […]

David MarianoÉ cada vez mais o centro nevrálgico cultural da Nazaré: a Biblioteca Municipal continua a sua actividade incessante desde a inauguração no final do ano passado e torna a apresentar diversas actividades onde se destacam mais uma vez as exposições e as sessões de astronomia, entre outras. Iniciativas que prometem ser para todos os gostos e idades, já depois da passagem por aquele espaço da peça de teatro “Uma Noite na Biblioteca”, espectáculo apresentado nos passados dias 13 e 14 de Março que serviu igualmente de homenagem a um espaço que se pretende vivo e estimulante (encenada por Luís Varela, esta peça falava uma biblioteca onde os livros ganhavam vida e corpo, desciam das estantes cantando e brincando, dialogando, no fundo, com o público: não é isso a leitura e a cultura?).

Também desde o passado dia 6 de Março e até ao próximo dia 20 de Março, está patente na Biblioteca Municipal da Nazaré a exposição “Um Artista Popular”, dedicada a António Vitorino Laranjo, iniciativa integrada num Ciclo de Figuras da Nazaré, que arrancou assim promovendo a figura deste poeta e pintor auto-didacta, nascido na Nazaré em 1888. António Laranjo deixou, através das suas obras pintadas com tinta-da-china, lápis e óleo, um olhar atento sobre a realidade da paisagem, da luz e das cores da Nazaré, retratando o movimento do mar, o esforço do trabalho, a alegria do divertimento e o pulsar da sua terra, onde viria a falecer em 1980.Patente até ao próximo dia 29 de Março, está também a exposição “Um Olhar Bienal”, composta por obras premiadas nas Bienais realizadas desde 1999 na Nazaré e que procura divulgar uma das iniciativas que já faz parte do roteiro obrigatório do campo das artes onde se promovem os novos talentos existentes na população do Concelho, da Região e do País. Esta exposição pretende, ao mesmo tempo, anunciar a próxima Bienal de Artes Plásticas – Prémio Thomaz de Mello, que se deverá realizar nos meses de Junho e Julho no Centro Cultural da Nazaré.Mas há mais no capítulo das exposições (e desta vez damos um salto até ao Centro Cultural): até 28 de Março pode ser ainda vista a exposição “Passos – Tributos das Gentes Nazarenas”, cujo carácter documental retrata a história dos cerca de 400 anos de devoção ao senhor dos passos na Nazaré, uma procissão baseada nos últimos momentos da vida de Jesus, da sua Paixão e Morte. Uma oportunidade para o público conhecer as oferendas à Misericórdia e algo mais da história do culto ao Senhor dos Passos, iniciado em 1619, através de uma exposição composta por cartazes e elementos audiovisuais.Astronomia de regresso ao Planetário da NazaréO Planetário da Biblioteca Municipal da Nazaré também está a receber, durante o mês de Março, diversas actividades ligadas à promoção da Astronomia. Já depois de no dia 14, o cientista Máximo Ferreira ter orientado a 2ª edição do “Curso de Introdução à Astronomia”, está programada mais uma sessão curta de Astronomia para o dia 29 de Março, entre as 15h e as 17h 30. Durante aproximadamente 30 minutos, Máximo Ferreira irá conduzir os participantes por uma viagem ao Sistema Solar, desvendando alguns dos segredos de estrelas e planetas. Para os interessados, as inscrições são efectuadas no próprio local, no dia das sessões, isto num mês em que o conhecido astrónomo realizará também sessões dirigidas às escolas da região.No campo da leitura e das actividades dirigidas aos mais jovens (numa iniciativa dirigida a crianças inscritas no Centro de Actividades Infantis), podemos encontrar ainda clubes temáticos dedicados à “Escrita” ou “A Brincar Aprende-se Bem”, acções realizadas no espaço Infanto-Juvenil, e a hora do conto “Fuas Conta Contos” que no dia 21 de Março narra a história “A Baleia Azul”. Para quem gosta de conversa, está igualmente reservada a data de 28 de Março, destinada a um espaço de tertúlia aberto ao público sobre Arte contemporânea, intitulado “Conversas na Biblioteca”, entre as 16h e as 18h.

(0)
Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Artigos Relacionados

CDU critica atualização de respostas sociais à realidade do país

A resposta social do concelho às famílias que apresentam maiores dificuldades não é suficiente na opinião da CDU. “Temos vindo a assistir à degradação da vida por conta dos aumentos de custos de vida”, disse João Paulo Delgado, vereador na oposição da Câmara da...

cmn

Turista critica encerramento de balneários de praia ao fim da tarde

Os horários de serviços de apoio à praia da Nazaré foram alvo de criticas por banhistas que se deslocaram ao local e encontraram a porta encerrada ao final da tarde. António Neves e a família, residente em Almeirim, escreveu o seu desagrado pela situação que viveu...

294558343 745558416697977 4135384464215398638 n