Q

Previsão do tempo

18° C
  • Wednesday 20° C
  • Thursday 22° C
  • Friday 29° C
18° C
  • Wednesday 22° C
  • Thursday 26° C
  • Friday 35° C
19° C
  • Wednesday 23° C
  • Thursday 28° C
  • Friday 33° C

Autarcas procuram soluçõespara a crise no sector da cerâmica

EXCLUSIVO

ASSINE JÁ
Carlos BarrosoOs empresários do sector da cerâmica podem evitar os despedimentos vão recorrer a incentivos estatais para formação profissional dos trabalhadores, nos períodos em que não tenham encomendas, informou o Governo Civil de Leiria.O Governador Civil do Distrito de Leiria, Paiva de Carvalho, e autarcas dos concelhos de Porto de Mós, Caldas da Rainha, Batalha, […]

Carlos BarrosoOs empresários do sector da cerâmica podem evitar os despedimentos vão recorrer a incentivos estatais para formação profissional dos trabalhadores, nos períodos em que não tenham encomendas, informou o Governo Civil de Leiria.O Governador Civil do Distrito de Leiria, Paiva de Carvalho, e autarcas dos concelhos de Porto de Mós, Caldas da Rainha, Batalha, Nazaré e Alcobaça reuniram-se no passado dia 2 de Março com o secretário de Estado da Indústria e da Inovação, Castro Guerra, para discutir soluções de minimização da crise no sector da cerâmica.

“O Governo já tomou medidas que permitem dar algumas respostas às empresas, como a formação profissional nos períodos em que não há encomendas. Nestas alturas os empresários podem recorrer ao Instituto de Emprego e Formação Profissional evitando os despedimentos”, disse o chefe de gabinete do governador civil, João Paulo Pedrosa.“Relativamente à fábrica Bordalo Pinheiro (com 172 trabalhadores e sem encomendas desde Dezembro), a Secretaria de Estado está a trabalhar com empresários com vista à viabilização da empresa”, adiantou.De acordo com a mesma fonte, foram ainda “alargados e aligeirados os mecanismos para a apresentação de candidaturas ao Quadro de Referência Estratégico Nacional (QREN) e as linhas de crédito contemplam empresas com mais de 250 trabalhadores”.Relativamente ao acesso ao crédito, o Castro Guerra informou ainda que mais de 12 mil empresas “já beneficiaram do programa PME Invest III e quando esta estiver esgotada, será lançada o PME Invest IV no valor de dois mil milhões de euros”.Segundo o Governo Civil, as empresas de cerâmica utilitária e decorativa representam um dos subsectores com maior tradição no distrito, são um dos maiores empregadores e têm grande vocação exportadora.A Associação Portuguesa da Indústria Cerâmica (APICER) alertou no final do mês de Janeiro para o encerramento de 153 empresas no subsector da cerâmica decorativa e utilitária nos últimos cinco anos, situação que levou ao desaparecimento de três mil postos de trabalho.O Governo Civil de Leiria reforçou ainda a disponibilidade para, através da Comissão Distrital de Acompanhamento da Situação Económica e Social, intermediar e intensificar a ligação entre o sector empresarial e os serviços desconcentrados do Ministério da Economia e do Ministério do Trabalho e da Solidariedade Social, com o objectivo de retirarem o maior benefício das medidas de apoio para minimizar os efeitos da crise.

(0)
Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Artigos Relacionados

CDU critica atualização de respostas sociais à realidade do país

A resposta social do concelho às famílias que apresentam maiores dificuldades não é suficiente na opinião da CDU. “Temos vindo a assistir à degradação da vida por conta dos aumentos de custos de vida”, disse João Paulo Delgado, vereador na oposição da Câmara da...

cmn

Real Abadia Congress & Spa Hotel comemora o 9º aniversário

O Real Abadia Congress & Spa Hotel está a comemorar o seu 9º aniversário.  Depois de dois anos em que o sector do turismo sofreu um forte abrandamento, a direção unidade, inaugurada em 2013, quer olhar para o futuro com confiança, e está fortemente...

real