Q

Previsão do tempo

18° C
  • Monday 22° C
  • Tuesday 23° C
  • Wednesday 23° C
18° C
  • Monday 26° C
  • Tuesday 27° C
  • Wednesday 27° C
18° C
  • Monday 28° C
  • Tuesday 28° C
  • Wednesday 29° C

Paulo Inácio reconduzido na Presidência do PSD de Alcobaça

EXCLUSIVO

ASSINE JÁ
Sem oposição interna que se tenha manifestado através de lista alternativa, Paulo Inácio foi eleito na sexta-feira, 16 de Maio, Presidente da Comissão Política de Alcobaça do PSD para cumprir um novo mandato. Apenas uma lista se submeteu a votos num dos actos eleitorais tidos como dos mais importantes pois a equipa dirigente irá acompanhar […]

Sem oposição interna que se tenha manifestado através de lista alternativa, Paulo Inácio foi eleito na sexta-feira, 16 de Maio, Presidente da Comissão Política de Alcobaça do PSD para cumprir um novo mandato. Apenas uma lista se submeteu a votos num dos actos eleitorais tidos como dos mais importantes pois a equipa dirigente irá

acompanhar três actos eleitorais ao longo dos próximos meses.O social-democrata candidatou-se com a mesma equipa que tem estado à frente da concelhia e que é constituída por Valter Ribeiro e Eduardo Marques, como vice-presidentes, Alzira Mendonça, Raúl Duarte, Eduardo Nogueira, Paulo Mateus e João Paulo Costa.

Paulo Inácio definiu como objectivos políticos deste novo mandato a unidade e a vitória, como vencer os próximos grande desafios eleitorais em Alcobaça pelo PSD. E em 2009 não vai faltar o que fazer à estrutura política recém-eleita pois será o ano de vários actos eleitorais. Realizam-se as eleições europeias, as Legislativas e as Autárquicas.O autarca salienta que o PSD tem por objectivo entrar para ganhar em todas as freguesias a que apresentar candidato nas próximas Autárquicas, mantendo as actuais e conquistando as poucas que falhou nas últimas eleições. Sobre os candidatos, nomeadamente para a Presidência da Camara, não foram feitos comentários.

A concelhia do PSD de Alcobaça tem 700 militantes inscritos mas nem todos puderam exercer o seu direito de voto devido a quotas em atraso. PANuma iniciativa dirigida autarcas, técnicos e empresáriosConferência quer lançar debate sobre o futuro do urbanismoO Município de Alcobaça vai realizar no próximo dia 30 de Maio, pelas 20h 30, no Auditório Geral da Biblioteca Municipal de Alcobaça a II Conferência “Ao Encontro dos Técnicos e Empresários” que visa debater o futuro do urbanismo junto dos seus agentes mais preponderantes: os técnicos e empresários. Trata-se de uma organização da autarquia alcobacense dirigida especialmente a autarcas, técnicos municipais, gabinetes de arquitectura e engenheiros, embora não só: todas as pessoas que de alguma forma estejam ligadas às áreas de planeamento, do ordenamento e da instrução de processos para licenciamento podem, naturalmente, marcar presença.Os objectivos desta iniciativa passam por traçar uma panorâmica geral do urbanismo no Concelho e por dar a conhecer os principais investimentos previstos neste campo, assim como abordar os planos especiais para Alcobaça na área do ordenamento, identificando as áreas onde possa existir mais procura e investimento no sector imobiliário ou ainda fazer um enquadramento da nova legislação sobre a urbanização e a edificação, a par das suas implicações na relação entre os serviços camarários, os técnicos e os munícipes.Como se vê há muito por discutir e para isso a Conferencia irá contar com a apresentação de dois painéis de intervenção, intitulados “Novos Investimentos para o Concelho” e “Novo Regime da Urbanização e da Edificação” que remete para a lei n.º 60/2007 de 4 de Setembro. No capítulo das intervenções teremos José Gonçalves Sapinho, Presidente da Câmara Municipal de Alcobaça (CMA), Carlos Bonifácio, vereador do Urbanismo da CMA, Carlos Ferro, Director de Departamento de Gestão e Planeamento Urbanístico, e Vítor Vicente, Chefe de Divisão das Obras Particulares da Autarquia. DM

(0)
Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Artigos Relacionados

As vantagens de apostar num projeto de cozinha com ilha

Este tipo de cozinhas modernas com ilha, são cada vez mais comuns em Portugal por oferecerem uma estética interessante e serem muito mais práticas do que as cozinhas com uma disposição mais tradicional.

artigo