Q

Previsão do tempo

17° C
  • Thursday 27° C
  • Friday 31° C
  • Saturday 29° C
17° C
  • Thursday 33° C
  • Friday 37° C
  • Saturday 37° C
15° C
  • Thursday 33° C
  • Friday 37° C
  • Saturday 37° C

Cela Velha transformada em local de Peregrinação da Liberdade

EXCLUSIVO

ASSINE JÁ
O Presidente da Câmara de Alcobaça, Gonçalves Sapinho, anunciou esta sexta-feira, nas comemorações dos 34 anos de Abril, que tenciona tomar medidas até ao final do actual mandato que transformem a Cela Velha num local de peregrinação da liberdade.Segundo o autarca, houve pessoas que dentro dos quadros do regime foram verdadeiros percursores da liberdade e […]
Cela Velha transformada em local de Peregrinação da Liberdade

O Presidente da Câmara de Alcobaça, Gonçalves Sapinho, anunciou esta sexta-feira, nas comemorações dos 34 anos de Abril, que tenciona tomar medidas até ao final do actual mandato que transformem a Cela Velha num local de peregrinação da liberdade.Segundo o autarca, houve pessoas que dentro dos quadros do regime foram verdadeiros percursores da liberdade e que prepararam terreno para quando se deu o 25 de Abril ele tivesse sido bem recebido. Humberto Delgado, disse o autarca, “mexeu com o regime e com a postura das pessoas” e merece, por isso, ser “uma referência nas visitas turísticas que são feitas ao concelho de Alcobaça”.

A ideia do Presidente da Câmara é valorizar o lugar onde se encontram os monumentos ao general Humberto Delgado, que considerou ser o símbolo que fundamentou a liberdade e a democracia anos antes de isso ter acontecido. Humberto Delgado foi, acrescentou, “pioneiro na sua luta e visão do que deveria ser o regime vigente”.A remodelação do largo da Cela Velha é, por enquanto, apenas uma ideia em estudo, embora não seja a primeira vez que o autarca fala da requalificação daquele local onde se encontra parte do monumento ao General Sem Medo, com vista a dignificar aquela figura da História Contemporânea portuguesa. Da autoria do escultor alcobacense José Aurélio, o monumento, inaugurado em 1976 pelo então Primeiro-Ministro Mário Soares, está instalado em cima do morro com vista panorâmica sobre os campos e a praça onde se ergue a outra parte da peça escultórica. A peça representa, no seu conjunto, as forças opressoras do regime do Estado Novo. Ao centro, um bloco, que simboliza a força da liberdade, fragmenta essas forças opressoras. As transformações no largo da Cela Velha deverão ter lugar ainda durante o actual mandato, estando em estudo, segundo adiantou o autarca, a “instalação de complementos que irão valorizar o lugar, transformando-o num verdadeiro lugar de peregrinação da liberdade”.A requalificação do largo da Cela Velha tem sido, aliás, uma reivindicação da CDU que sempre criticou a falta de aproveitamento do simbolismo do local sobre esta importante data que os portugueses comemoram a 25 de Abril.Iva delgado, filha do General, elogiou a iniciativa e disse que “todo o triângulo desta zona turística ganharia em estimar o que tem, tirando partido daquilo que foi feito de iniciativa popular, valorizando todo o concelho e atraindo adeptos do turismo cultural”, criando, assim, “benefícios para um largo conjunto de pessoas e concelhos. Há, segundo disse Iva Delgado, que criar um circuito onde os turistas fiquem, e a Cela Velha pode contribuir para o turismo cultural de toda esta Região”. A Cela Velha teve, recordou ainda a filha do General, durante anos o primeiro monumento do país ao 25 de Abril e memória do general Humberto delgado.Frederico Rosa, que escreveu a primeira biografia do General, fez esta sexta-feira, na Cela Velha, quando para além dos 34 anos de Abril se assinalaram os 50 anos da mítica campanha do General Humberto Delgado, entre amigos, o pré-lançamento da obra que só será apresentada oficialmente a 7 de Maio, em Lisboa, na Assembleia da República. O neto do General disse que foi com “grande emoção que reviveu toda a vida do seu antepassado considerando-a sua primeira grande experiência de vida”.Quanto ao anúncio do Presidente da Câmara Cela Velha de que tenciona transformar a Cela Velha num local de peregrinação à liberdade, Frederico Rosa disse que é de toda a justiça esta medida pois a “localidade era a aldeia do coração do general, que fez questão de a colocar na sua rota eleitoral há 50 anos, e assim, no mapa político do país em 1958”.O General foi um Homem do Regime mas que o tentou derrubar. Humberto Delgado, disse Frederico Rosa, “estava em rota de colisão com o Regime ainda antes de partir para os Estados Unidos mas foi descoberto por Marcelo Caetano e empurrado para a aviação civil, ficando sem armas, comando e soldados, tendo travado o combate político fora do regime, ao candidatar-se a Presidência da República”. SML

(0)
Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Artigos Relacionados

As vantagens de apostar num projeto de cozinha com ilha

Este tipo de cozinhas modernas com ilha, são cada vez mais comuns em Portugal por oferecerem uma estética interessante e serem muito mais práticas do que as cozinhas com uma disposição mais tradicional.

artigo