Q

Previsão do tempo

17° C
  • Monday 22° C
  • Tuesday 22° C
  • Wednesday 24° C
18° C
  • Monday 26° C
  • Tuesday 27° C
  • Wednesday 28° C
17° C
  • Monday 28° C
  • Tuesday 28° C
  • Wednesday 29° C

AMOR MAIOR

EXCLUSIVO

ASSINE JÁ
Alexandra PedroProfessora no Externato desde 1987.Vieram de outras paragens, o coração forte, o brilho da juventude no olhar, a esperança de uma vida futura, a vontade de marcar a diferença, de tocar a vida das pessoas, com as duas mãos, chegando-as contra o peito e tudo fazendo para, nos mais pequenos gestos do dia-a-dia, ajudarem […]

Alexandra PedroProfessora no Externato desde 1987.Vieram de outras paragens, o coração forte, o brilho da juventude no olhar, a esperança de uma vida futura, a vontade de marcar a diferença, de tocar a vida das pessoas, com as duas mãos, chegando-as contra o peito e tudo fazendo para, nos mais pequenos gestos do dia-a-dia, ajudarem a construir um mundo melhor! O casal de veterinários pensara construir a vida, como o fazem tantos casais. Acabaram por construir várias vidas – as suas e as das muitas centenas de jovens que ajudaram a educar, a crescer – , através de uma obra diária, persistente, contínua e presente para o futuro: o Externato Dom Fuas Roupinho. Foi há cinquenta anos que, vencidas as inúmeras dificuldades, tudo começou, com alma, com a paixão e a força de quem tem um objectivo, com a determinação de quem é verdadeiramente excepcional! Falo do Dr. Fernando Soares e da sua esposa, a Dra. Maria Manuela Soares, que caminharam lado a lado durante toda uma vida, de mãos dadas e coração entrelaçado, lutando juntos para edificar o Externato, em todos os sentidos, numa altura da História em que nada era fácil.

E o Externato a todos abraçou: pobres e ricos, brancos ou negros, independentemente do seu credo ou religião. Quem não tinha posses podia estudar de graça. Muito, muito antes da institucionalizada Escola para todos, o Externato já o era, de forma real e inequívoca, tocando verdadeiramente a vida diária das pessoas e tentando proporcionar-lhes a diferença, abrindo-lhes as portas para um futuro – de outra forma – impensável, inatingível. Era a escola democrática em plena Ditadura. Provavelmente, caso único no país. O Humanismo do Dr. Fernando Soares, constante e inevitável, nunca permitiu outro cenário. Ah!… O Dr. Soares!… Senhor de uma personalidade forte e determinada, dono de um carisma inato e inimitável, possuía uma autoridade irrepreensível sobre todos aqueles com quem privava. Não era uma autoridade imposta por maus modos ou caras feias. Não! De maneira nenhuma! Era uma autoridade que descia sobre os outros através da admiração pela sua competência, inteligência e força! Foi um ícone de capacidade e… sobretudo… um pai amigo que sabia orientar, mas também criticar, de forma construtiva e eficaz. Cedo percebeu que a verdadeira autoridade, a genuína, não se impõe. Conquista-se no coração dos outros com admiração, simpatia e respeito! Todos, sem excepção, mesmo os que adoptavam posturas controversas, lha souberam reconhecer! Era o Veterinário – como lhe chamavam – e bastava assim, um nome pronunciado, para todos sentirem a aura de respeito que desse nome emanava. Realmente, poucas serão as áreas da vida da Nazaré que não tenham sido tocadas pela intervenção deste Homem com “H” maiúsculo, que tanto fez pelo Concelho. Veterinário municipal, Presidente da Comissão Administrativa após o 25 de Abril, Vereador durante oito anos, fundador da CERCINA ou pilar da Educação, a todos conseguiu chegar, directa ou indirectamente. A todos tocou. Amado pela maioria, contestado por alguns, ninguém lhe ficou indiferente. Ninguém lhe é indiferente! O Professor de Matemática, Geografia e Desenho que ditava as aulas de cor vive na nossa lembrança e no nosso coração. Sim, porque estas coisas do coração são importantes! A verdadeira Educação, em todas as suas vertentes, passa, sem dúvida, pelo coração e isto foi claríssimo para ele desde o primeiro momento! Só sentindo um Amor Maior se edifica uma obra assim! Educação é evolução! Toda a gente sabe. E a terra evoluiu. O conhecimento e a cultura cresceram na Nazaré. Muitas foram as mentes que se abriram e esclareceram nas carteiras, então de madeira, das salas de aula do Externato. Muitos são os ainda jovens que olham para trás e sentem a sua escola com saudade. Muitos serão os que construirão um futuro apoiados nas traves da nossa escola! De pedra e cal, cá estamos e continuamos a ajudar a edificar um mundo de oportunidades para a comunidade Nazarena. E a Nazaré vai evoluir! A verdadeira evolução tem que ser interior, caso contrário, nada de realmente evolutivo transparecerá para o exterior e a Educação é, indubitavelmente, o genuíno pilar desta caminhada. É este caminho que ajudaremos a traçar, rasgando-o dia-a-dia com a força do nosso empenho. Atravessámos gerações daquilo que há de melhor na vida: a matéria humana em constante evolução. Ajudámos a esculpir verdadeiras obras-primas de sucesso. São todos aqueles que por aqui passaram e a quem ajudámos a abrir os portões da vida, munidos de uma mente infinitamente mais rica e esclarecida. Demos-lhes as armas, as ferramentas e, em alguns casos, a coragem para perseguir um objectivo maior. Cinquenta anos é muito tempo! É tempo mais do que suficiente para amadurecer e aperfeiçoar as práticas e os processos. É tempo mais do que suficiente para construir uma família unida e saber superar as clivagens com a sensibilidade e o bom senso que emanam do passar dos anos. É tempo mais do que suficiente para saber preparar um futuro sólido e inabalável! É tempo suficiente para perceber que nem todos os nossos filhos, aqueles que acarinhámos e ajudámos a crescer, nos querem bem… Mas do passar dos anos também emana o tal Saber de experiência feito que nos ajuda a conseguir ultrapassar todos os obstáculos e a continuar a construção de um futuro rumo ao sucesso!E porque o Externato não é as paredes de que é feito, mas sim a alma das pessoas que lá trabalham, o bater do coração dos nossos alunos – que vemos crescer desde pequeninos, quais segundos filhos – e a força que transmitimos uns aos outros, posso dizer, com a firmeza humana possível, que os próximos cinquenta anos terão a mesma coragem e determinação, a mesma alma, o mesmo coração, que nele puseram, há meio século atrás, dando os primeiros passos na vida, os seus dois jovens fundadores.

(0)
Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Artigos Relacionados

Quercus atribui Qualidade de Ouro a duas praias do concelho da Nazaré

A associação divulgou a lista das 440 praias com “Qualidade de Ouro”, um valor nunca antes alcançado na história deste galardão que avalia a qualidade das águas balneares nacionais, estando as duas praias costeiras do concelho da Nazaré integradas no ranking de...

245416536 4319795401408206 1376882044721136776 n

Maçã de Alcobaça IGP não utiliza substâncias perigosas

A Associação de Produtores de Maça de Alcobaça - Indicação Geográfica Protegida veio a público esclarecer os consumidores sobre os produtos que utiliza na produção deste produto certificado, depois de uma notícia divulgada Pesticide Action Network. Um documento...

maca de alcobaca sustent