Q

Previsão do tempo

17° C
  • Thursday 27° C
  • Friday 31° C
  • Saturday 29° C
17° C
  • Thursday 33° C
  • Friday 37° C
  • Saturday 37° C
15° C
  • Thursday 33° C
  • Friday 37° C
  • Saturday 37° C

Águas de Portugal integra Trevo Oeste

EXCLUSIVO

ASSINE JÁ
O representante da Trevo Oeste assina o acordoCarlos BarrosoA Águas de Portugal vão passar a fazer parte da Trevo Oeste, empresa que está a construir um sistema de tratamento da poluição causada pelas suiniculturas localizadas nas áreas da Lagoa de Óbidos e São Martinho do Porto.O objectivo desta parceria é reforçar a capacidade da empresa […]
Águas de Portugal integra Trevo Oeste

O representante da Trevo Oeste assina o acordoCarlos BarrosoA Águas de Portugal vão passar a fazer parte da Trevo Oeste, empresa que está a construir um sistema de tratamento da poluição causada pelas suiniculturas localizadas nas áreas da Lagoa de Óbidos e São Martinho do Porto.O objectivo desta parceria é reforçar a capacidade da empresa para prosseguir a implementação de uma solução integrada para o tratamento dos efluentes das suiniculturas do Oeste, visando a despoluição das bacias hidrográficas e a requalificação ambiental desta região, dando seguimento às orientações da Estratégia Nacional para os Efluentes Agro-Pecuários e Agro-Industriais (ENEAPAI) aprovada em Maio de 2007.”A participação da empresa Águas de Portugal é um sinal claro da aposta do Estado português no projecto da Trevoeste”, admitiu Pedro Alves, vice-presidente da Trevo Oeste.

“Trata-se de um reforço do poder da empresa que já tem obra no terreno”, disse o responsável especificando que já se iniciou a construção da estação de tratamento de águas residuais de S. Martinho do Porto.Segundo Pedro Alves, está também em fase adiantada a análise de propostas para a construção das estações de tratamento de Tornada e dos rios Real e Arnóia.A construção das estações de tratamento foi a forma encontrada pelos suinicultores para resolverem o problema da poluição causada pelos dejectos de 250 mil animais.A Trevo Oeste tem um capital social de 1 milhão 650 mil euros, dos quais 35 por cento vão passar a ser detidos pela Águas de Portugal.Com a formalização deste acordo a AdP, SGPS, S.A. passa à qualidade de accionista no capital social da empresa TrevoOeste – Tratamento e Valorização de Resíduos Pecuários, S.A., numa cerimónia que contou com a presença dos secretários de Estado do Ambiente, Humberto Rosa, e de Estado Adjunto, da Agricultura e das Pescas, Luís Vieira. Na ocasião foi também assinado o contrato de assistência técnica entre a Águas do Oeste, a empresa do Grupo AdP que é responsável pela gestão e exploração do Sistema Multimunicipal de Abastecimento de Água e de Saneamento do Oeste, e a Trevo Oeste.A participação do Grupo AdP no capital social da Trevo Oeste é de 35 por cento, concretizada pela compra de acções às três empresas de suinicultores accionistas Tresoeste, Ambioeste e Etarmoeste as quais, no conjunto, manterão a maioria do capital social da sociedade.Para o Governo Civil de Leiria, o objectivo da participação das Águas de Portugal é o reforço da capacidade da empresa ao nível económico-financeiro e de gestão “necessário para a implementação da solução integrada para o tratamento de efluentes” nesta região.Segundo o Governo Civil, o projecto de investimento poderá ser superior a 28 milhões de euros e é considerado como prioritário no âmbito da Estratégia Nacional para o Efluentes Agro-Pecuários e Agro-Industriais aprovada em Maio de 2007.Para o Grupo AdP, a participação societária na empresa responsável pelo tratamento dos efluentes das indústrias suinícolas do Oeste representa um reforço da estreita colaboração técnica e institucional que sua subsidiária Águas do Oeste tem mantido com a Trevo Oeste no âmbito do projecto para o desenvolvimento de uma solução integrada para o tratamento de efluentes de suinicultura nas bacias hidrográficas dos rios Tornada e Real e Arnóia, onde se integram a Lagoa de Óbidos e a Baía de São Martinho do Porto.Foi já neste contexto de colaboração que se assinou, em Março de 2007, o contrato de empreitada da Estação de Pré-tratamento de Efluentes de Suinicultura (ETES) de São Martinho do Porto, a primeira infra-estrutura deste género no País e cuja conclusão está prevista para o final de 2008.Além da ETES de São Martinho do Porto, o projecto a desenvolver pela Trevo Oeste integra mais duas ETES, a construir junto aos rios Tornada e Real e Arnoia, cujas empreitadas estão previstas ser lançadas a concurso em Março e Junho de 2008, respectivamente.Representando um investimento superior a 28 milhões de euros, no conjunto, estas infra-estruturas terão capacidade para efectuar o pré-tratamento de 1.230 metros cúbicos de efluentes gerados por cerca de 290 mil suínos de 619 explorações existentes nos concelhos de Alcobaça, Caldas da Rainha, Cadaval, Óbidos e Bombarral.Após o pré-tratamento, os efluentes serão canalizados para o Sistema de Saneamento da Águas do Oeste.A Trevo Oeste S.A. foi constituída tendo por accionistas a Tresoeste – Tratamento de Resíduos e Efluentes Suinícolas do Oeste S.A., a Etarmoeste – Empresa de Tratamento de Águas Residuais do Oeste S.A., a Ambioeste – Recolha e Tratamento de Resíduos S.A., o Município de Alcobaça, o Município de Caldas da Rainha, a Associação de Municípios do Oeste, o Município de Lourinhã, o Município de Bombarral e o Município de Óbidos. A Trevo Oeste é constituída por cerca de 600 empresas de suinicultura dos concelhos de Alcobaça, Caldas da Rainha e Cadaval.

(0)
Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Artigos Relacionados

Quercus atribui Qualidade de Ouro a duas praias do concelho da Nazaré

A associação divulgou a lista das 440 praias com “Qualidade de Ouro”, um valor nunca antes alcançado na história deste galardão que avalia a qualidade das águas balneares nacionais, estando as duas praias costeiras do concelho da Nazaré integradas no ranking de...

245416536 4319795401408206 1376882044721136776 n