Q

Previsão do tempo

17° C
  • Monday 22° C
  • Tuesday 22° C
  • Wednesday 24° C
18° C
  • Monday 26° C
  • Tuesday 27° C
  • Wednesday 28° C
18° C
  • Monday 28° C
  • Tuesday 28° C
  • Wednesday 29° C

Parabéns aos Oestinos

EXCLUSIVO

ASSINE JÁ
José MarquesAdministrador Hospitalar, BeneditaHospital Oeste Norte. 8 Janeiro 2008. Acordaram-me (1 h e 50 m) por um sinal sonoro de mensagem no meu telemóvel: está de parabéns o Sr. Ministro acabou de anunciar o seu hospital. Minutos depois outra…. Tiraram-me o sono para me dar conta da concretização de um sonho, inventado em 2001.Conseguimos!O que […]

José MarquesAdministrador Hospitalar, BeneditaHospital Oeste Norte. 8 Janeiro 2008. Acordaram-me (1 h e 50 m) por um sinal sonoro de mensagem no meu telemóvel: está de parabéns o Sr. Ministro acabou de anunciar o seu hospital. Minutos depois outra…. Tiraram-me o sono para me dar conta da concretização de um sonho, inventado em 2001.Conseguimos!O que eu andei e pedalei para aqui chegar! Valeu a pena! Tudo vale a pena se a alma não é pequena! Deus quer, o homem sonha, a obra nasce. Assim falam os poetas.

Foram 1500 horas de energia, estratégia e marketing. Depois de 15 000 euros investidos nesta ideia – base, solução, causa, missão, sonho…eis que chegou a boa nova! Em Dezembro passado entreguei no gabinete do Senhor Ministro um postal de natal a pedir uma prenda no sapatinho: o Hospital Oeste Norte. Veio pela madrugada do dia de reis. Na televisão, para milhões testemunharem. Foi muito bom! Não acham?Aprendi com Augusto Cury :” Nunca desista dos seus sonhos”. Comprem e leiam este livro, se fazem favor. Procurei em livros a melhor metodologia para o sucesso, por exemplo: “ ideias que vencem”. Nunca se esqueçam de comer maçã de Alcobaça (pratiquem três vezes ao dia o “apple break”. Esqueçam-se de fumar. Façam o favor de ser livres e felizes. Não é possível ser feliz, sem liberdade, e livre de quaisquer tipo de dependências.Perguntaram ao Dalai Lama: “ O que mais te surpreende na Humanidade? Ele respondeu: “ Os Homens…porque perdem a saúde para juntar dinheiro, depois perdem dinheiro para recuperar a saúde. E por pensarem ansiosamente no futuro, esquecem o presente de tal forma que acabam por não viver nem o presente nem o futuro. E vivem como se nunca fossem morrer…e morrem com se nunca tivessem vivido.”Aprendi com um provérbio milenar chinês que uma longa caminhada começa com um passo.Recordando Neil Amstrong. Este foi um pequeno passo para um homem, mas um grande salto para 250 000 Oestinos.Peter Durcker ensinou-nos que: “ tentar fazer o futuro é altamente arriscado. É menos arriscado, no entanto, do que tentar não fazer. “Conseguimos!Muito Obrigado Senhor Ministro. Imensamente grato em meu nome pessoal e de 250 000 Oestinos. Temos mais uma alavanca para o desenvolvimento turístico e criação de valor no Oeste, garante de mais qualidade de vida para todos.Sempre senti, por parte de V.Exa, a maior simpatia por este projecto.

Em conversa pessoal com o Senhor Professor Doutor Correia de Campos, da Escola Nacional de Saúde Pública, actual ministro, Doutorado e “Expert” em Economia da Saúde, ouvi que este era o projecto da minha vida.

Sempre senti que não tinha o direito de desistir deste sonho/ causa/missão.

Especialmente grato aos que acreditaram em mim e neste projecto. (lembro especialmente: Dr. Bandeira Duarte e Júlia, Dr. Acácio Catarino, Eng. Oliveira Cardoso, Ana Branquinho (Jasfarma, Medicina & Saúde), Júlio, Dr.ª Oksana, Fernanda Pinto, Dr.ª Sandra, Ana Gama, Eng. Jorge Soares, Alcina, Maça de Alcobaça, Frubaça, Dr. Rui Brites, Isolina, Luís Mateus, Laura, Eduardo, Luís Santos, Róodinhas, SóKedas, Ciclo turismo do CBFeito, Benebike, Sérgio Vicente e Miguel (música do hino da Rota) João Lopes (Serralheiro), Joaquim Silva, Foto Jorge, Duarte, António Mendes, António Santos, João Maurício, De trigo, José Augusto, João Santos, Natércia, José e Isabel Vitorino, Abílio, Dina, Maria, Joaquim, Aníbal, Sílvio, José Carlos, Carlos Guerra, Joaquim Raul, Marco Moreira, Marcelo, Rui, Natividade, Clérigo, Relgráfica (António Marquês e Tânia), Paula Domingos, José Bento, Ilídio, António Gonçalves, Pedro Antunes, José Vinagre, Sandra Marina, Rui Paulino, Piedade Neto, Zélia Oliveira, Luís Belo, Dinis, Sandra Fonseca, Carlos Leandro, Dr. Carlos Sá, Nuno, Olímpio, Tonico, Marco Serrazina, Mariazinha Almeida, Marco, Zulmira, Filipe, António, Baldé, Ruben, Rafael, Miguel, Juliana, e a todos os ciclo turistas, …) e ainda Banda Filarmónica de Santa Catarina, Rancho Folclórico da Benedita, grupo Musical do Centro Hospitalar de Caldas da Rainha, Rafael (azulejos), Bombeiros Voluntários da Benedita, Bombeiros Voluntários de Peniche, António & Lúcia, etc.Uma referência e gratidão muito especial ao Senhor Manuel Amaral, ilustre colaborador, suporte nas tecnologias informáticas e na www.Um agradecimento muito especial à Benedita e a Peniche (lembram-se das duas megas sardinhadas, 2006 e 2007. Até as gaivotas comeram…) e sobretudo a um punhado de empresas (cerca de 30).Mas também empresas de outras localidades que ficam no quadro de honra deste projecto. Bem – hajam. Desejo-vos os maiores sucessos pessoais e profissionais. Revelaram que tem visão estratégica e compreendem o processo de invenção do futuro.Especialmente grato aos que acreditaram em mim e no meu projecto. Imensamente grato aos que duvidaram do sucesso desta ideia/base, porque desenvolveram o meu engenho e arte, e multiplicaram por 100 a minha, já grande, motivação.Aos que me jogaram pedras. Muito obrigado. É com essas pedras que será construído o Hospital Oeste Norte. Este foi um grande passo, mas atenção! Porque apenas se inicia uma nova fase.

Uma especial gratidão aos deputados da Assembleia Municipal de Alcobaça que contribuíram com o seu nobre voto, a favor, para aprovar a moção, do Hospital Oeste Norte, que apresentei, e foi aprovada, em 27 de Abril de 2006.Igualmente agradecemos à Escola de Gestão do Porto – Professor Doutor Daniel Bessa o estudo que sustentou a mais valia técnica e regional da nossa invenção: Hospital Oeste Norte, o caminho do futuro (2010).Há que continuar a trabalhar, porque a sorte dá muito trabalho. A localização só pode ser nas Caldas. Pois claro! Por respeito a 250 000 pessoas, à sua inteligência, dignidade humana e de cidadania, e ainda à centralidade, equidade regional, e acessibilidade ao novo hospital a construir. Esta é uma solução que inventa o futuro, e reúne mais garantias para o necessário consenso (não se esqueçam do desafio do Senhor Ministro!)·O passado não se gere, o presente também não, resta-nos gerir o futuro.

Foi para isso que nascemos. Temos uma grande responsabilidade social a cumprir por solidariedade para com as actuais e futuras gerações.

Parabéns aos Oestinos.Como autor deste projecto/ideia base, desde de 2001, o mundo é plano, o oeste é plano e, como tal, se não há fronteiras na União Europeia como é possível imaginá-las entre concelhos. A construção de Portugal está farta de ser comprometida por falta de visão estratégica, ideias de perna curta e interesses locais, demasiado pequenos para prejudicar os nobres interesses de 250.000 pessoas e a melhor solução humana, técnica, económica e ambiental. O meu princípio é: 250 camas, a 25 minutos de 250.000 habitantes. Quando falamos de acessibilidade temos de saber defender a equidade, justiça e lógica regional e não a nossa sede de freguesia, como se todos os munícipes do Oeste Norte não merecessem a mesma consideração e não gozassem dos mesmos direitos de cidadania. Para saber mais procurar no Google: hospital oeste norte. Mais acrescento que ficava muito bem no actual terreno do quartel, como já defendi em artigo, publicado também no Oeste online, virado para bonita vila e maravilha de Portugal: Óbidos. Em Caldas, pois claro! Excelente!Para conhecer esta grande notícia, e mais que merecida prenda, em análise, consultar no Google: centro hospitalar oeste norte na berlinda

(0)
Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Artigos Relacionados

As vantagens de apostar num projeto de cozinha com ilha

Este tipo de cozinhas modernas com ilha, são cada vez mais comuns em Portugal por oferecerem uma estética interessante e serem muito mais práticas do que as cozinhas com uma disposição mais tradicional.

artigo