Q

Previsão do tempo

18° C
  • Thursday 26° C
  • Friday 31° C
  • Saturday 30° C
18° C
  • Thursday 32° C
  • Friday 38° C
  • Saturday 38° C
19° C
  • Thursday 33° C
  • Friday 38° C
  • Saturday 38° C

Marionetas na Cidade comemoram 10.ª edição

EXCLUSIVO

ASSINE JÁ
Sofia Vinagre, José Gil e Natacha Pereira, membros da S.A. Marionetas, entre o espólio da companhia no Armazém das ArtesApesar da falta de apoios institucionaisDavid MarianoHá uma década que uma coisa que se confunde com a outra (ainda que esta história tenha começado muito antes disso) e falamos da companhia S.A. Marionetas – Teatro & […]
Marionetas na Cidade comemoram 10.ª edição

Sofia Vinagre, José Gil e Natacha Pereira, membros da S.A. Marionetas, entre o espólio da companhia no Armazém das ArtesApesar da falta de apoios institucionaisDavid MarianoHá uma década que uma coisa que se confunde com a outra (ainda que esta história tenha começado muito antes disso) e falamos da companhia S.A. Marionetas – Teatro & Bonecos e do Festival de Teatro de Marionetas – Marionetas na Cidade”. Os dois não seriam nada um sem outro e em dez anos o festival andou sempre de mão dada com a companhia que o inaugurou “por brincadeira” no ano da sua fundação. Foi sempre esta a intenção: divulgar a arte da marioneta nas suas diversas vertentes, recorrendo em cada edição à apresentação de vários espectáculos de teatro, exposições, debates, acções de formação, oficinas de construção de marionetas, actuações de rua, etc – e o “etc.” tem aqui especial significado: desta vez até há documentários e fotografia.

À décima edição, são estes os números: 10 dias, 13 companhias e 30 espectáculos espalhados por toda a cidade de Alcobaça, entre 5 e 14 de Outubro. Pode não ser teatro, mas os principais destaques deste temporada vão para duas exposições, uma de Fotografia no Átrio do Cine-Teatro de Alcobaça, intitulada “Imagens de Marionetas na Cidade”, e outra de Marionetas na Fundação Cultural Armazém das Artes (também em Alcobaça onde o certame está centrado) que se prolonga até 31 de Dezembro e a qual contará com todo o espólio da companhia profissional S.A. Marionetas, denominada “Marionetas em Alcobaça de 1979 a 2007 – Espólio da Companhia S.A.Marionetas – Teatro & Bonecos – 10 Anos”.Se já fizeram contas, percebem agora que há por ali marionetas mais antigas que a S.A. Marionetas. Para José Gil, um dos “pilares” da companhia, o facto não deixa de ter uma explicação: “sempre houve marionetas em Alcobaça e os trabalhos que vemos foram feitos pelos membros da companhia durante toda a sua vida”. Para que tenhamos uma ideia, esta exposição conta com cerca de 200 marionetas da autoria de Bárbara Santos, Sofia Vinagre, Natacha Costa Pereira, Cesário Cruz Nunes ou do próprio José Gil (e conta a história da companhia que já representou Alcobaça um pouco por todo o país e por países da Europa como Espanha, França, Itália, Alemanha e Reino Unido).Do Ministério da Cultura e do Instituto das Artes é que não houve números nem apoio (e o cartaz faz questão de o sublinhar, informando que a organização não teve o apoio de nenhumas destas entidades). Perguntamos porquê, mas José Gil diz não perceber igualmente como a resposta à candidatura reduz o evento a algo “razoavelmente fundamentado e com interesse cultural, mas cuja relevância artística podia ser mais explícita.” E vai mais longe: “a expressão ‘razoavelmente fundamentado” não pode existir neste caso; ou é fundamentado ou não é fundamentado.”Como forma de protesto e solidariedade, as companhias convidadas resolveram actuar então gratuitamente e com o mínimo de despesas pagas. Só assim foi possível garantir presenças como a Trulé – Investigação de Formas Animadas, Era uma Vez Teatro de Marionetas, Fantocheiros da Madeira, Marionetas da Feira, Alexandre Pring, A Quatro Patas, Lua Cheia – Teatro para todos, Marimbondo, Os Bonecos da Inês de Castro (ESDICA), Fio d’Azeite, Teatro e Marionetas de Mandrágora e O Nariz – Teatro de Grupo. Gil não deixa de destacar a estreia do espectáculo “Ben Almanzor – O Feitiço do Mouro no Castelo de Alcobaça” no Castelo de Alcobaça (6 Outubro, 21.30h), que consiste na recriação da lenda de Ben Almanzor através de sombras gigantes projectadas nas paredes do Castelo de Alcobaça (e que apenas poderá ser visionado a partir da Praça do Mosteiro).Além disso, haverá ainda a apresentação do documentário “Comanipulação” da autoria de Gonçalo Tarquínio e Rita Pimenta com base na carreira da S.A. Marionetas(5 de Outubro, 18 h, Armazém das Artes), a exibição do filme “Dom Roberto” (1962) de Ernesto de Sousa com Raúl Solnado e Glicínia Quartin nos principais papéis (11 Outubro, 21.30h, Cine-Teatro de Alcobaça) e a Conferência “Histórias com Marionetas” (5 Outubro, 22h, Tertúlia Café) com José Carlos Alegria (marionetista) e Maria José Machado dos Santos (Directora do Museu da Marioneta de Lisboa). A programação completa poderá ser consultada no site da companhia (www.samarionetas.com).

(0)
Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Artigos Relacionados

As vantagens de apostar num projeto de cozinha com ilha

Este tipo de cozinhas modernas com ilha, são cada vez mais comuns em Portugal por oferecerem uma estética interessante e serem muito mais práticas do que as cozinhas com uma disposição mais tradicional.

artigo

Apreensão de 710 quilos de pescada subdimensionada

A Unidade de Controlo Costeiro (UCC), através do Subdestacamento de Controlo Costeiro da Nazaré, no dia 10 de maio, apreendeu 710 quilos de pescada subdimensionada, na Nazaré. No âmbito de uma ação de fiscalização destinada ao controlo das regras de captura,...

pescada