Q

Previsão do tempo

14° C
  • Monday 20° C
  • Tuesday 18° C
  • Wednesday 17° C
14° C
  • Monday 23° C
  • Tuesday 21° C
  • Wednesday 20° C
14° C
  • Monday 24° C
  • Tuesday 21° C
  • Wednesday 19° C

Encerramento do Ascensor desespera comerciantes

EXCLUSIVO

ASSINE JÁ
Os comerciantes com negócios junto ao Ascensor falam em dificuldades financeiras devido à paragem do transporte há vários meses devido à realização das obras de sustentação das arribas por parte da Agência Portuguesa do Ambiente [APA]. A obra tinha o prazo de execução de 8 meses, mas passou um ano, e o transporte continua encerrado, […]

Os comerciantes com negócios junto ao Ascensor falam em dificuldades financeiras devido à paragem do transporte há vários meses devido à realização das obras de sustentação das arribas por parte da Agência Portuguesa do Ambiente [APA].

A obra tinha o prazo de execução de 8 meses, mas passou um ano, e o transporte continua encerrado, porque a empreitada ainda não terminou, esperando-se que reabra em finais de março, a última data apontada pela dona da obra em curso numa das reuniões com o representante do Município da Nazaré.

A pastelaria Sweet Moment fala de quebras superiores a 70 e admite fechar as portas. “Tive uma quebra de faturação enorme e tive que fazer planos de pagamentos para sobreviver. Em termos de saúde tem-me prejudicado também. Estou saturado porque já passou muito tempo e se isto demorar mais meses vou ter que fechar as portas, porque me estou a endividar”, diz o empresário que passou de “uma faturação de um montante para pouco mais de 100 euros por dia”.

Já o empresário Manuel Pires, com restaurante no Sítio, frente à Praça do Santuário, diz que estamos perante uma situação que se arrasta sem novidades quanto a prazos.

“É uma situação em que ninguém manda. Perguntamos e parece que mão se passa nada”.

Marina Póvoa, outra empresária afetada pela longa paragem, fala em “despesas certas (com rendas, contribuições, pessoal)” e de uma faturação que a está a deixar numa situação menos favorável desde o encerramento do ascensor.

Bruno Pereira, da ACISN, refere que perante as queixas e dificuldades registadas, a Associação “está a estudar todas as hipóteses possíveis, analisando tudo para tomar uma posição”, mas o “processo judicial” contra as entidades que estão na base dos prejuízos declarados pelos empresários ainda não é uma hipótese.

 “Colocámos à APA a questão [dos prejuízos] e estamos a falar de dezenas de associados”, refere o responsável.

O vereador do Município da Nazare, Orlando Rodrigues, explica que “o PS solicitou, em sede de Assembleia Municipal, explicações da APA à Câmara”, mas até à data não se obtiveram respostas. “O que sabemos, informalmente, foi o que nos transmitiram no final de 2023, o que nos fez deixar de participar nas reuniões [de seguimento do processo] é que a obra poderá ficar concluída no final do mês de março, pelo menos permitirá a abertura do ascensor”.

(0)
Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Artigos Relacionados

Memórias e reflexões de Laborinho Lúcio no livro “A Vida na Selva”

"A Vida na Selva", uma viagem às memórias e histórias de Álvaro Laborinho Lúcio, que se confundem por entre lembranças de infância e palestras de autor, depois de uma carreira dedicada à magistratura e à política, foi apresentado, no passado sábado, dia 06 de...

laborinho

Alcobaça arrecada quatro Prémios 5 Estrelas Regiões

O concelho de Alcobaça está em grande destaque na 7ª edição dos Prémios 5 Estrelas Regiões, com a obtenção de 4 galardões nas seguintes categorias: Museus: Museu do Vinho (Alcobaça), Produtos Naturais: Maçã de Alcobaça, Clínicas Médicas: Policlínica da Benedita,...

mvinho2024 1