Q

Previsão do tempo

22° C
  • Monday 21° C
  • Tuesday 20° C
  • Wednesday 20° C
24° C
  • Monday 23° C
  • Tuesday 23° C
  • Wednesday 24° C
24° C
  • Monday 23° C
  • Tuesday 23° C
  • Wednesday 24° C

Cistermúsica dedicado à “Música no Feminino” vai decorrer de 30 de junho a 30 de julho

EXCLUSIVO

ASSINE JÁ
A programação da 31.ª edição do Festival de Música de Alcobaça mantém a aposta num leque de experiências artísticas e sonoras distintas que cativam diferentes públicos e percorrem séculos de história – da música antiga à criação contemporânea – com formatos que vão da música de câmara a concertos sinfónicos e outras grandes produções. Durante […]

A programação da 31.ª edição do Festival de Música de Alcobaça mantém a aposta num leque de experiências artísticas e sonoras distintas que cativam diferentes públicos e percorrem séculos de história – da música antiga à criação contemporânea – com formatos que vão da música de câmara a concertos sinfónicos e outras grandes produções.

Durante um mês, o Cistermúsica apresentará uma programação diversificada, sempre de quarta-feira a domingo, abordando como principal temática a Música no Feminino.

A interpretação de obras de compositoras menos conhecidas do grande público — como Inés Badalo, Maria de Lourdes Martins, Clara Schumann, Madalena Casulana, Barbara Strozzi, Fanny Mendelssohn ou Cécile Chaminade, entre muitas outras — ficará a cargo, tanto de instrumentistas nacionais e internacionais de renome, como de talentos emergentes.

A efeméride incontornável desta edição é a celebração dos 150 anos de Sergei Rachmaninoff, com cinco propostas artísticas que homenageiam o nascimento do genial pianista e compositor e serão apresentadas por músicos de referência internacional como Pavel Gomziakov, Tatiana Samouil, Andrei Korobeinikov e Eleonora Karpukhova.

Na restante programação encontramos um rol de aclamados intérpretes, entre os quais os ensembles italianos Cappella Neapolitana António Florio e Micrologus, Christian Lindberg (maestro, compositor e trombonista fora de série) ou o promissor ensemble espanhol The Ministers of Pastime, que colabora frequentemente com Jordi Savall.

Os concertos sinfónicos desta edição serão interpretados pela Orquestra Metropolitana de Lisboa, Orquestra Filarmónica Portuguesa, Orquestra XXI, Jovem Orquestra Portuguesa, Banda Sinfónica Portuguesa e pela Banda Sinfónica de Alcobaça. Teremos a oportunidade de escutar obras de S. Rachmaninoff, R. Wagner, F. Mendelssohn, M. Mussorgsky, J. Brahms, C. Schumann, L. Bernstein, G. Mahler e I. Badalo, entre outros.

Além da Programação Principal, o festival conta com outras linhas programáticas (Outros Mundos, Júnior e Famílias, Redes e Rota de Cister), que serão reveladas ao longo das próximas semanas, sempre à quinta-feira. Ao todo teremos mais de 40 espetáculos que levarão reconhecidos artistas e agrupamentos aos mais emblemáticos locais do nosso património arquitetónico, fator que é uma das imagens de marca do Cistermúsica. Tal como tem feito nos últimos anos, o Festival diversifica a sua oferta, cativando públicos distintos, através de uma programação de excelência aliada a uma política de preços acessível, tornando-se cada vez mais “Um clássico para todos.”

O Cistermúsica é organizado pela ABA – Banda de Alcobaça, Associação de Artes e tem a direção artística de André Cunha Leal. O festival conta com o apoio dos mecenas BPI / Fundação “La Caixa” e Égide – Associação Portuguesa de Artes, o apoio financeiro da Direção-Geral das Artes/Ministério da Cultura, a parceria estratégica do Município de Alcobaça e a parceria institucional da Direção-Geral do Património Cultural/Mosteiro de Alcobaça.

(0)
Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Artigos Relacionados

Polo de Saúde do Pinhal Fanheiro reabriu

O Polo de Saúde do Pinhal Fanheiro (Bárrio) reabriu, mas ainda sem vigilante pedido pela Coordenação de Saúde. O posto esteve fechado devido à falta de recursos humanos na área da segurança, e reabre ainda sem todos os mecanismos obrigatórios assegurados. Filipa...

Alunos da D. Pedro I lançam livro sobre os doces conventuais

Foi lançado no passado dia 12 de junho, no Jardim do Amor, o livro “Doces Conventuais de Crianças para Crianças”, uma iniciativa da Escola D. Pedro I no âmbito da aprendizagem criativa e crítica fora do programa escolar oficial, que contou com a presença da...

alunos

Alunos da Amadeu Gaudêncio apresentam peça inspirada em Zeca Afonso

Zeca - Traz Outro Amigo Também, de José Jorge Letria, que reúne os depoimentos de diversos músicos e amigos de uma das referências nacionais na contestação do regime do Estado Novo, foi adaptado para uma peça de teatro que a Oficina da EB Amadeu Gaudêncio...

zeca1