Q

Previsão do tempo

17° C
  • Thursday 26° C
  • Friday 31° C
  • Saturday 30° C
18° C
  • Thursday 32° C
  • Friday 38° C
  • Saturday 38° C
18° C
  • Thursday 33° C
  • Friday 38° C
  • Saturday 38° C

Maçã de Alcobaça IGP não utiliza substâncias perigosas

EXCLUSIVO

ASSINE JÁ
A Associação de Produtores de Maça de Alcobaça – Indicação Geográfica Protegida veio a público esclarecer os consumidores sobre os produtos que utiliza na produção deste produto certificado, depois de uma notícia divulgada Pesticide Action Network. Um documento divulgado por aquela entidade refere que as maçãs e peras portuguesas estão no segundo lugar das frutas […]

A Associação de Produtores de Maça de Alcobaça – Indicação Geográfica Protegida veio a público esclarecer os consumidores sobre os produtos que utiliza na produção deste produto certificado, depois de uma notícia divulgada Pesticide Action Network.

Um documento divulgado por aquela entidade refere que as maçãs e peras portuguesas estão no segundo lugar das frutas com mais pesticidas, tendo mais que duplicado de 2011 a 2019.

A informação resultará de um estudo que analisou mais de 97 mil amostras de variedade populares de fruta fresca durante esses nove anos, e 53% tem na sua composição dos piores tipos de pesticidas.

Os produtores da Maçã de Alcobaça garantem que “o produto certificado quanto a origem, certificado quanto ao processo de produção ecológico, certificado quanto ao processo de qualidade e certificado por vários sistemas e processos de segurança alimentar, representa o oposto das preocupações, das manchetes, dos conteúdos e de algumas notícias produzidas nos últimos dias”.

“Importa esclarecer que o referido estudo tornado público não se direcionou a produtos qualificados ou produtos com modos de produção certificada, mas diz respeito a análises de produtos produzidos em sistemas convencionais, durante os anos de 2011 a 2019, pelo que desde o seu início há mais de 10 anos enorme evolução se registou na europa e em particular em Portugal naqueles modos de produção e ainda maior nos sistemas e modos de produção organizados, responsáveis, controlados, certificados e qualificados como é o caso específico da Maçã de Alcobaça IGP”, explica, ainda, a Associação.

Ainda de acordo com os produtores, deve ser extraído do estudo o facto da maçã ser “um dos frutos mais seguros e mais limpos, ficando em vantagem relativamente a muitos outros frutos europeus, como as amoras, os pêssegos, os morangos, as cerejas, os alperces entre outros”.

O estudo divulgado pela Pesticide Action Network refere que 42% das maçãs analisadas em 2019 não continham presença de qualquer substância perigosa, o que permite concluir que existem maçãs isentas, limpas e seguras, que merecem e justificam a escolha dos consumidores.

“A Maça de Alcobaça IGP é uma dessas escolhas certas e seguras, extremamente confiáveis graças ao modo de produção responsável, controlado e certificado, para além dos atributos gustativos que os consumidores portugueses lhe reconhecem, reúnem todas as condições de segurança e confiança, por cumprirem rigorosamente com um caderno de especificações da IGP extremamente apertado, cumprirem rigorosamente um caderno de encargos referente ao modo de produção integrado, cumprirem responsavelmente vários cadernos de normas e praticas alternativas aos meios químicos, como produtos naturais, técnicas culturais, meios biotécnicos e luta biológica de controle de doenças e de combate às pragas das plantas, entre outros”.

O Presidente da Associação de Produtores de Maça de Alcobaça IGP assegura que há vários anos que esta entidade está “em linha com algumas das preocupações da PAN Europa, entidade responsável pelo estudo, concretamente no objetivo permanente de conseguir a cada ano apresentar um sistema de produção mais verde, mais equilibrado, mais sustentável, mais limpo e mais ecológico e em simultâneo considerar e incorporar cada vez mais técnicas de agricultura biológica e controle biológico de inimigos”

Jorge Soares tranquiliza os consumidores portugueses de Maça de Alcobaça IGP a quem garante que “podem estar confiantes, tranquilos e seguros das suas escolhas e podem ficar orgulhosos delas, uma vez as suas opções contribuírem para patrocinar e fomentar uma fruticultura ecológica e diferente, um meio rural cuidado, uma natureza saudável e apetecível para viver, desfrutar e partilhar, pelo que convidamos a uma viagem ao interior, á vida e fauna destes pomares e dos seus produtores, verdadeiros guardiões da natureza e anfitriões de um produto são, saudável e seguro”

(0)
Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Artigos Relacionados

Quercus atribui Qualidade de Ouro a duas praias do concelho da Nazaré

A associação divulgou a lista das 440 praias com “Qualidade de Ouro”, um valor nunca antes alcançado na história deste galardão que avalia a qualidade das águas balneares nacionais, estando as duas praias costeiras do concelho da Nazaré integradas no ranking de...

245416536 4319795401408206 1376882044721136776 n