Q

Previsão do tempo

15° C
  • Tuesday 16° C
  • Wednesday 19° C
  • Thursday 18° C
15° C
  • Tuesday 17° C
  • Wednesday 21° C
  • Thursday 19° C
13° C
  • Tuesday 16° C
  • Wednesday 21° C
  • Thursday 19° C

NAZARÉ NO SEU OLHAR: lançamento no Dia do Livro

EXCLUSIVO

ASSINE JÁ
Foi no Dia Mundial do Livro, na Biblioteca Municipal da Nazaré, que o autor Diamantino Gonçalo deu a conhecer a sua nova obra poética, NAZARÉ no seu olhar, que conta com contributos de outros autores. A receita da venda do livro reverte a favor da CERCINA. No lançamento do livro, esteve presente o padre Salvatore […]

Foi no Dia Mundial do Livro, na Biblioteca Municipal da Nazaré, que o autor Diamantino Gonçalo deu a conhecer a sua nova obra poética, NAZARÉ no seu olhar, que conta com contributos de outros autores. A receita da venda do livro reverte a favor da CERCINA.

No lançamento do livro, esteve presente o padre Salvatore que o abençoou, tendo em conta o fim a que se destina.

Perante um auditório atento, também o painel composto por Manuel Sequeira, Carlos Fidalgo e Tânia Gandaio felicitou Diamantino Gonçalo pela sua iniciativa com fins solidários.

Manuel Sequeira, vice-presidente da Câmara Municipal da Nazaré, enalteceu o momento cultural e recordou que o Município acarinha sempre estas iniciativas, pois a cultura é a expressão de um povo.

Carlos Fidalgo, que fez a revisão do texto, destacou dois aspetos relevantes em relação aos escritores: “a coragem e a partilha”, pois quem dá a conhecer o que escreve, expõe a suas ideias e os seus sentimentos. Mais acrescentou que Diamantino Gonçalo, na sua obra, partilha o amor pela sua terra natal e pela Nazaré, “terra do coração”. O prefácio da obra esteve a cargo de Carlos Fidalgo que sublinhou “é difícil falar de poesia, porque é algo que vem de dentro para fora”.

Tânia Gandaio, em representação da CERCINA, agradeceu ao autor e a todos os que estiveram presentes no lançamento do livro, destacando a dádiva à comunidade, em especial, o caráter generoso e abnegado do Sr. Diamantino Gonçalo.

Dora Maria e Lurdes Gandaio abrilhantaram o evento, trazendo consigo o fado e a tradição. A duas vozes cantaram “Senhora da Nazaré”, em jeito de oração, como frisou a fadista Dora Maria.

(0)
Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Artigos Relacionados

Inaugurado centro de residências artísticas

Um centro de residências artísticas situado na cidade de Alcobaça foi dado a conhecer na passada sexta-feira, com a inauguração da exposição de um de cinco artistas ucranianos que se encontram alojados temporariamente no espaço, num projeto criado por uma equipa...

central1

Arrancou o Cistermúsica de Alcobaça sob o signo dos “Amores Proibidos”

Foi no passado  fim de semana que se iniciou  a 30.ª edição do Cistermúsica — Festival de Música de Alcobaça que celebra três décadas de um Festival que, ao longo destes anos, se foi afirmando como uma referência a nível nacional e que em 2022 não será diferente....

cister musica1