Q

Previsão do tempo

8° C
  • Tuesday 11° C
  • Wednesday 12° C
  • Thursday 13° C
8° C
  • Tuesday 13° C
  • Wednesday 13° C
  • Thursday 14° C
9° C
  • Tuesday 12° C
  • Wednesday 13° C
  • Thursday 14° C

A Universidade Sénior da Nazaré inaugurou o trabalho “Resineiros de Fanhais”

EXCLUSIVO

ASSINE JÁ
A Universidade Sénior da Nazaré inaugurou, no passado dia 13, no Museu Casa do Tempo, de Castanheira de Pêra, o trabalho “Resineiros de Fanhais” desenvolvido pela comunidade local, coordenado pelo Polo de Fanhais da Universidade Sénior, e integrado no projeto cultural Museu na Aldeia, criado pela Rede Cultura 2027, e cuja atividade se estenderá até […]

A Universidade Sénior da Nazaré inaugurou, no passado dia 13, no Museu Casa do Tempo, de Castanheira de Pêra, o trabalho “Resineiros de Fanhais” desenvolvido pela comunidade local, coordenado pelo Polo de Fanhais da Universidade Sénior, e integrado no projeto cultural Museu na Aldeia, criado pela Rede Cultura 2027, e cuja atividade se estenderá até ao final deste ano.

“Envolvidos em rede, conhecemo-nos, saímos do isolamento, ultrapassaram-se limites e receios, recuperaram-se tradições e memórias, criámos, unimos, partilhámos, … E descobrimos que, afinal Fanhais /Nazaré e Castanheira de Pêra tinham muito em comum: uma paisagem de pinheiros, fábricas onde se produziam os barretes e tecidos do traje da Nazaré… E até ondas “especiais””, escreve Dóris Santos, coordenadora do Museu Dr. Joaquim Manso – Museu da Nazaré, parceiro neste projeto Museu na Aldeia, acerca desta atividade, inaugurada ontem, e que finaliza a participação no projeto.

O Museu na Aldeia nasce do encontro entre uma equipa que inclui artistas, museólogos e sociólogos, a população idosa de 13 aldeias e 13 Museus do território da Rede Cultura 2027, para levar a cultura em modo de companhia aos idosos destas comunidades, colmatando isolamento e solidão.

Direcionado a idosos ainda autónomos, com mais de 65 anos, dos 26 municípios da Rede Cultura 2027, que vivem em ambientes rurais isolados e demograficamente mais reduzidos, que se encontram normalmente mais impedidos de aceder à Cultura.  A partir de objetos que os participantes têm em casa, refletiu-se a ideia de museu e de valor museológico. Por outro lado, e de forma gradual, um objeto de cada Museu é apresentado à comunidade, que o reinterpreta com a criação de um novo formato artístico a apresentar no Museu que cedeu a peça original.

(0)
Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Últimas

Artigos Relacionados

Ohai Nazaré oferece atividades de Natal para as famílias

O Ohai Nazaré apresenta, de 16 a 18 de dezembro e 29 de dezembro a 1 de janeiro, atividades especiais dedicadas ao Natal. “Para que o espírito natalício envolva toda a família, a sexta-feira é o dia reservado para as sessões de cinema”, refere a organização. “E...

ohai nazare glamping 11

Alunos de Erasmus conhecem diversidade cultural europeia

Quatro alunos e dois professores da Escola Básica e Secundária Amadeu Gaudêncio estiveram, entre os dias 28 de novembro e 3 de dezembro, em Bjelovar, na Croácia, para a quarta mobilidade no âmbito do Projeto Erasmus+"Long Live Cultural Diversity" (Viva a...

erasmus croacia