Q

Previsão do tempo

15° C
  • Tuesday 16° C
  • Wednesday 19° C
  • Thursday 18° C
15° C
  • Tuesday 17° C
  • Wednesday 21° C
  • Thursday 19° C
13° C
  • Tuesday 16° C
  • Wednesday 21° C
  • Thursday 19° C

Exposição do Carnaval no Centro Cultural da Nazaré de 5 de fevereiro a 6 de março

EXCLUSIVO

ASSINE JÁ
Sob o tema “É d’çeda a nossa gente”, a exposição mostrará, em imagem, como se vive uma das festas populares mais aguardadas do ano.

Sob o tema “É d’çeda a nossa gente”, a exposição mostrará, em imagem, como se vive uma das festas populares mais aguardadas do ano.

A exposição dedicada ao Carnaval da Nazaré estará no Centro Cultural da Nazaré de 5 de fevereiro a 6 de março.

Resultante do trabalho de pesquisa e recolha pelo Gabinete de Património e Cultura, a mostra apresenta ao público, em imagens e documentos, a forma como se vive uma das festas populares mais aguardadas do ano pelos habitantes.

O programa da mostra conta com uma Conversa sobre duas datas marcantes deste evento: o São Brás e o Sábado Magro, a 18 de fevereiro, e outra sobre a festividade do Carnaval, no dia 25 de fevereiro. Ambas as ações ocorrerão às 21h30, e terão transmissão online pelo facebook da Câmara Municipal.

O trabalho documental e fotográfico pode ser visitado de segunda a sexta-feira, das 9h00-13h00 e 14h00-17h30; e aos fins de semana das 10h00-13h00 e 14h00-18h00.

Sobre Exposição “É d’çeda a nossa gente”

Na Nazaré, o período carnavalesco é de efervescência coletiva. Todo um povo, uma terra, sem limites de idade ou distinção de sexo, se levanta, se mascara, passeia e exibe em qualquer espaço aberto, nas ruas, nas praças, ou em espaços fechados, nos salões de baile, simultaneamente, de si para si, num tempo de folguedo, que nesta localidade só conhece um limite: a madrugada de 5ª feira.

Este ano, mais uma vez, o carnaval fica como que em suspenso, e isso para esta comunidade não é muito fácil de aceitar.

Não há Carnaval este ano, outra vez! Ouvimos na rua, nos cafés e nas conversas entre amigos. O carnaval faz-nos falta, é o período do ano em que expiamos os demónios, em que rimos de forma desgarrada, em que comemos, bebemos em abundância, é tempo de aproveitar a vida, e aqueles que estão a brincar e a gozar o carnaval ao nosso lado.

Sim, faz-nos muita falta o Carnaval, sem esta festa parece que o ano não corre da mesma forma, tudo fica um pouco menos colorido e risonho. O bichinho do carnaval continua dentro de cada um de nós, e anseia festejar! Quando chega o final do mês de dezembro começamos a pensar nos fatos, nos tecidos, nos convívios, nos grupos, enfim… e cá dentro, da alma, há aquele sentimento, aquele desejo para que ele venha rápido e já… mas infelizmente o vírus não deixa.

Vamos viver, mais uma vez, um carnaval diferente, mas cá dentro o bichinho do carnaval mexe todos os dias, todas as horas, ansioso para que o carnaval pró ano se realize com todo o seu esplendor e alegria.

Desta forma, decidimos levar a cabo esta exposição como forma de tentar amenizar as saudades desta nossa e grande festa.

A exposição de Carnaval recebeu o título “É d´çeda a nossa gente”, retirado de uma marcha geral de 1985, com letra de José Maria Barros Carepa e música de Porfírio Laborinho, com que se pretende retratar o fervor que esta comunidade sente pela festa, que lhes vive na alma.

(0)
Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Artigos Relacionados

Apreensão de mais de meia tonelada de pescada subdimensionada

A Unidade de Controlo Costeiro (UCC) apreendeu 560 quilos de pescada branca subdimensionada, no Porto de Pesca da Nazaré. No âmbito de uma ação de fiscalização, do Subdestacamento de Controlo Costeiro da Nazaré, realizada no passado dia 6 de setembro, que visava...

pescada 1