Q

Previsão do tempo

18° C
  • Monday 22° C
  • Tuesday 20° C
  • Wednesday 20° C
18° C
  • Monday 24° C
  • Tuesday 22° C
  • Wednesday 21° C
20° C
  • Monday 24° C
  • Tuesday 22° C
  • Wednesday 20° C

A Confecoop apresenta “Jogo da Cooperação”

JL

EXCLUSIVO

ASSINE JÁ
A CONFECOOP – Confederação Cooperativa Portuguesa, com a direção do nazareno Joaquim Pequicho, acaba de lançar o “Jogo da Cooperação”, uma ferramenta lúdica inspirada no tradicional “Jogo da Glória” que visa levar até aos mais pequenos o conceito de “cooperação”.

A apresentação do jogo teve lugar no passado dia 25 de maio, envolvendo alunos do 1º e 2º anos do Complexo Escolar do Alvito, em Óbidos.

Ana Mendes Godinho, Ministra do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social, foi a convidada de honra desta iniciativa, que contou também com a presença do Presidente da Câmara Municipal de Óbidos, Humberto Santos, da Diretora Distrital da Segurança Social de Leiria, Elisabete Moita; da Ana Luísa Pereira em representação da CASES e do Diretor do Agrupamento, José Santos.

Ao longo da manhã, cerca de 20 crianças levaram à prática os desafios lançados pelo “Jogo da Cooperação”, conjugando esforços para conseguir executar as diferentes tarefas.

«As crianças têm à sua disposição outros jogos, mas este apela a que colaborem uns com os outros, que se ajudem mutuamente», afirma Rogério Cação, para quem a apresentação «foi uma grande festa». De acordo com o presidente da CONFECOOP, «o objetivo é colocar o Jogo da Cooperação nas escolas e que estas os venham a utilizar. Esta manhã foi uma prova de que resulta, como se viu pela alegria das crianças, pela forma entusiástica como participaram nos jogos e, até, pela participação da senhora ministra». «O importante», remata este dirigente, «é que as crianças fruíssem o jogo e percebessem a sua dimensão cooperativa. Julgo que isso aconteceu».

Para a Ministra do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social, «o lançamento do Jogo da Cooperação assinala um pouco os tempos que vivemos, que são tempos de transformação», para a qual é preciso «a mobilização das pessoas». Para tal, «nada melhor do que o princípio da cooperação, de fazermos em conjunto. A pandemia foi a prova que, em conjunto, fazemos muito melhor». Segundo Ana Mendes Godinho, «estamos também num tempo de esperança e estamos aqui, com estas crianças, a construir o futuro. É um legado que estamos a passar, porque eu lembro-me destes jogos todos, em vez de estarmos fechados em casa em frente a um computador. A pandemia mostrou que é muito melhor estarmos juntos do que isolados».

(0)
Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Artigos Relacionados