Q

Previsão do tempo

13° C
  • Thursday 13° C
  • Friday 14° C
  • Saturday 13° C
13° C
  • Thursday 12° C
  • Friday 14° C
  • Saturday 13° C
13° C
  • Thursday 12° C
  • Friday 14° C
  • Saturday 13° C

Detetada descarga ilegal na Fonte Santa

PA

EXCLUSIVO

ASSINE JÁ
O Comando Territorial de Leiria, através do Núcleo de Proteção Ambiental (NPA) de Caldas da Rainha, detetou no passado dia 8 de março, uma descarga ilegal de efluentes pecuários na localidade de Fonte Santa, no concelho de Alcobaça.

Através de um comunicado, a GNR explica que no decorrer de uma ação de patrulhamento direcionada para a prevenção e deteção de alterações às características dos recursos hídricos, os elementos do NPA “detetaram uma descarga proveniente de uma exploração agropecuária a escorrer livremente para o solo sem qualquer tipo de mecanismo que assegurasse a sua depuração”.

A autoridade apurou que a descarga posteriormente se introduzia na linha de água do Rio Seco, afluente do Rio da Fonte Santa, através de uma manilha em cimento que estava dissimulada por baixo de um caminho de terra batida até à linha de água, de forma totalmente encoberta.

Foi elaborado um auto de contraordenação ambiental por descarga de efluentes pecuários diretamente para o solo e para a linha de água, punível com uma coima que pode ascender aos 144 mil euros.

(0)
Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Artigos Relacionados

Simulação de roubo de telemóveis para receber dinheiro do seguro

Um casal residente na Nazaré simulou um assalto para poder receber cerca de dois mil euros do seguro. Foram as contradições nos depoimentos que acabaram por desmontar a mentira e agora os dois vão responder por simulação de crime e possível tentativa de burla. O...

Detido em flagrante por violência doméstica

Um homem de 30 anos foi detido por violência doméstica, na sequência de uma denúncia a dar conta da situação que foi, rapidamente, acompanhada pelos militares do posto da GNR de Valado dos Frades. Os militares presenciaram o agressor a proferir ameaças à vítima,...

gnr