Q

Previsão do tempo

17° C
  • Monday 17° C
  • Tuesday 19° C
  • Wednesday 20° C
18° C
  • Monday 19° C
  • Tuesday 22° C
  • Wednesday 24° C
19° C
  • Monday 19° C
  • Tuesday 24° C
  • Wednesday 25° C

Município da Nazaré incentiva ao consumo de água da rede com projeto “Águas Belas”

JL

EXCLUSIVO

ASSINE JÁ
A Câmara vai eliminar a utilização de garrafas de plástico das reuniões do executivo e da assembleia municipal.

Trata-se de uma medida que visa reduzir a utilização do plástico e a produção de resíduos de plástico, ao mesmo tempo que promove o consumo da água da rede pública.

O projeto “Águas Belas” partiu do Vereador com delegação de competências na área do Ambiente e Sustentabilidade e do Vereador com delegação de poderes na Gestão das Infraestruturas que propõem a sua implementação no Município, começando pelas reuniões do executivo e Assembleia Municipal, abolindo o uso de garrafas de plástico e utilizando copos e garrafas reutilizáveis e água da rede pública.

De acordo com a proposta, que se refere aos níveis alarmantes de poluição dos solos, rios, mares e oceanos, o que contribui para a degradação de qualidade da água e afetando a flora e fauna existente, o Município da Nazaré não poderia ficar fora deste processo evolutivo, “devendo desenvolver uma ação pró-ativa perante as entidades que estão sob sua alçada e prover uma efetiva sensibilização às populações”.

O consumo de água em garrafas de plástico traduz-se na produção de uma grande quantidade de resíduos. “Por minuto, são vendidas um milhão de garrafas e 91% deste plástico não é reciclado, sendo que este material leva entre 450 a 1.000 anos a decompor-se”.

A proposta refere, ainda, que se deve reconhecer a importância da água potável, que é um recurso finito, como um bem essencial à vida. “Desta forma, todos devemos incentivar à ingestão de água pelos benefícios que a mesma apresenta para a saúde, mas de forma consciente no que diz respeito às questões ambientais”.

“Tendo em conta a importância do papel do município nas questões ambientais em termos de iniciativa e incentivo, nos seus próprios trabalhadores, às boas práticas ambientais, assim como à população, consideramos que se deve adotar uma política de poupança no que diz respeito à produção de resíduos de garrafas de água”, defendem os vereadores autores da proposta, Orlando Rodrigues e Salvador Forminga.

A proposta defende que deve ser efetivado o incentivo ao consumo da água da rede em detrimento de água engarrafada em plástico, potenciando, também, “o incentivo à utilização dos fontanários públicos, com regras e de forma sustentável”.

(0)
Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Artigos Relacionados

Ampliaqua instala-se com inovação e investigação no Porto da Nazaré

A maior unidade de aquaponia do país que combina aquacultura e hidroponia livre de produtos químicos A AmpliAqua®️, uma empresa inovadora no campo da aquacultura, que combina aquacultura e hidroponia de forma sustentável, anunciou, em abril, a sua instalação no...

Ampliaqua

Regulamento da ALEB apresentado na Junta de Freguesia da Benedita

A apresentação da versão final do regulamento da Área de Localização Empresarial da Benedita, que já contempla já os contributos prestados pelos membros da assembleia de freguesia, que marcaram presença na reunião de câmara descentralizada, do passado dia 21 de...

aleb