Q

Previsão do tempo

14° C
  • Tuesday 16° C
  • Wednesday 18° C
  • Thursday 25° C
14° C
  • Tuesday 17° C
  • Wednesday 21° C
  • Thursday 28° C
15° C
  • Tuesday 17° C
  • Wednesday 22° C
  • Thursday 28° C

Surfa onda gigante com perna amputada

Francisco Gomes

EXCLUSIVO

ASSINE JÁ
Um australiano de 27 anos surfou a onda gigante da Nazaré com uma perna amputada, apoiando-se na prótese que usa desde que teve um acidente rodoviário.

Ollie Dousset ficou sem metade da perna direita após ter sido atingido por um camião quando viajava numa scooter, na Indonésia, há ano e meio. Pensou que nunca voltaria a fazer o que mais gostava – surfar.

“Antes do acidente surfava ondas gigantes. Era a minha paixão. Quando não estava a trabalhar, ia à procura das ondas na Austrália. Pensava que nunca mais iria surfar ondas grandes. A minha identidade de surfista foi-me tirada”, desabafou.

Mas uma prótese mudou-lhe a vida, aliada à sua capacidade de superação, e voltou a enfrentar as ondas.

Acrescentou um desafio, também há muito ambicionado: Surfar a onda gigante da Nazaré.

“Toda a gente sabe da Nazaré, que tem a maior onda do mundo. Sempre foi o meu sonho surfar as maiores ondas do planeta, manifestou.

O surfista veio a Portugal cumprir o seu sonho. Contra todas as probabilidades, o australiano surfou uma onda de dez metros, captada em fotografia por Miguel Chaby, após ser convidado para uma sessão durante uma competição de ondas gigantes na Nazaré, o que o torna um caso único.

“Há muitos surfistas [na mesma situação] a surfar ondas pequenas, mas nenhum as ondas gigantes. Vamos ver se aparecem. Eu fiz isto toda a minha vida. Sempre surfei ondas grandes e foi a minha paixão. Estou entusiasmado por continuar a viver o meu sonho. A minha capacidade agora é mais difícil. Caio e cometo mais erros, mas treino com maior intensidade e estou mais concentrado”, relatou.

Ollie Dousset esteve nove dias na Nazaré, sendo acolhido no centro de alto rendimento do surf. Depois de ter experimentado a onda da Praia do Norte, regressa, feliz, à Austrália, com a promessa de voltar a Portugal para surfar.

“A sensação é como se eu pertencesse aqui. A comunidade surfista e pessoas da vila acolheram-me de braços abertos. Nunca tive uma receção tão calorosa. Os surfistas aqui ajudam-se uns aos outros”, revelou.

(0)
Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Artigos Relacionados

Mário Cerol assumiu o Comando dos Bombeiros Voluntários da Nazaré

O novo comandante dos Bombeiros Voluntários da Nazaré tomou posse do cargo, no passado dia 25 de abril, uma cerimónia que contou com a presença da população e das entidades convidadas. Mário Cerol falou em compromisso, responsabilidade e em gratidão pelo convite...

mario cerol

IPSS’s de Alcobaça e Nazaré recebem 17 viaturas

A cerimónia de assinatura do protocolo, no âmbito da candidatura “Mobilidade Verde - Carros Elétricos para Instituições Particulares de Solidariedade Social com Serviço de Apoio Domiciliário a Idosos”, teve lugar no passado dia 29 de maio, no Cineteatro de Porto de...

anexo sem nome 00056