Q

Previsão do tempo

11° C
  • Monday 17° C
  • Tuesday 18° C
  • Wednesday 18° C
12° C
  • Monday 19° C
  • Tuesday 21° C
  • Wednesday 20° C
9° C
  • Monday 19° C
  • Tuesday 21° C
  • Wednesday 19° C

APAV sensibilizou escolas e assistentes operacionais para o abuso sexual contra crianças

JL

EXCLUSIVO

ASSINE JÁ
Fornecer ferramentas a crianças e a assistentes operacionais para lidar/identificar eventuais situações de abuso e violência sexual contra menores foi o propósito das sete sessões que a APAV - Associação Portuguesa de Apoio à Vítima realizou no concelho da Alcobaça, entre 19 dezembro a 15 de janeiro, a convite do Município de Alcobaça, através do GAVVD – Gabinete de Apoio a Vitimas de Violência Doméstica.

Estas ações de curta duração realizaram-se em várias escolas dos três agrupamentos do concelho e serviram de apresentação do projeto “Rede CARE”, que tem por objetivo apoiar crianças e jovens vítimas de violência sexual de forma especializada, bem como as suas famílias e amigos/as. Três das sessões realizadas foram dirigidas a assistentes operacionais e as restantes quatro às crianças do ensino básico (do 1º ao 4 ano).

“O trabalho realizado pela APAV é essencial para que haja uma consciencialização mais eficaz e orientada para o saber intervir em caso de identificação de situações deste género. É muito importante que todos tenhamos a sensibilidade para saber reconhecer os sinais emergentes deste fenómeno que afeta muitas famílias”, alerta a vereadora da Ação Social Inês Silva.

O Gabinete de Apoio a Vitimas de Violência Doméstica do Município de Alcobaça funciona de segunda a sexta-feira, no edifício da Escola Adães Bermudes (frente às Finanças), Rua Afonso Albuquerque – Alcobaça, contato 262 580 899. Dispõe de um psicólogo e de uma assistente social.

A missão do Gabinete é prestar atendimento personalizado e confidencial a vítimas de violência doméstica, possibilitando à vítima instrumentos pessoais e legais, tendo em vista a supressão do contexto de violência do qual faz parte e cujas consequências são física e psicologicamente vivenciadas.

(0)
Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Artigos Relacionados

Avaliação do excesso de peso e obesidade na escola

Uma avaliação ao peso dos alunos que frequentam a rede pública de ensino pré-escolar e 1º Ciclo do Ensino Básico no concelho da Nazaré indica que 12, 8% apresenta excesso de peso (42,1% masculino; 57,9% feminino), e 14,1% é obeso (54,6 % masculino; 45,4% feminino)....

obesidade