Q

Previsão do tempo

11° C
  • Friday 14° C
  • Saturday 13° C
  • Sunday 13° C
11° C
  • Friday 14° C
  • Saturday 12° C
  • Sunday 13° C
11° C
  • Friday 14° C
  • Saturday 12° C
  • Sunday 13° C

Alcobacense Amílcar Falcão eleito reitor da Universidade de Coimbra

Paulo Alexandre

EXCLUSIVO

ASSINE JÁ
O alcobacense Amílcar Falcão foi eleito Reitor da Universidade de Coimbra (UC) para os próximos quatro anos.

O professor catedrático da Faculdade de Farmácia da Universidade de Coimbra (FFUC) reuniu a preferência dos membros do Conselho Geral, e sucede a João Gabriel Silva, que atingiu o limite de dois mandatos à frente da instituição.

Amílcar Falcão foi um dos vice-reitores de João Gabriel Silva nos dois últimos mandatos, com as pastas da investigação, inovação, fundos estruturais, desporto e bibliotecas.

Desde 2013 é diretor do Instituto de Investigação Interdisciplinar. Já foi diretor da FFUL entre 2010 e 2012.

Com percurso académico integralmente cumprido na UC, Amílcar Falcão concluiu a licenciatura em Ciências Farmacêuticas em 1989, e o doutoramento em Farmácia, seis anos depois, em 1995.

Foi também presidente do Conselho Jurisdicional de Coimbra da Ordem dos Farmacêuticos, entre 2007 e 2009, durante o mandato de Francisco Batel-Marques como presidente da Secção Regional de Coimbra.

O programa de candidatura à Reitoria da UC, para o mandato 2019-2023, propunha um programa de ação intitulado “Citius, Altius, Fortis”.

Em declarações ao DN, Amílcar Falcão disse-se possuidor de “uma visão para a universidade bastante diferente daquela que tem sido a do atual reitor (João Gabriel Silva), rejeitando ser um candidato de continuidade.

“Temos pontos em comum, senão não faria parte da equipa dele, mas há diferenças, até ao nível da personalidade. Tenho uma forma diferente de lidar com as pessoas e os assuntos”.

Em relação ao passado recente, “não teria” tomado a decisão de “fazer notícia” com os números da fraude académica na instituição. Como apostas para o futuro, o novo reitor defende uma “muito superior visibilidade nacional e internacional” da universidade, apostando “numa comunicação mais agressiva e numa investigação cada vez mais forte e com maior impacto”.

A tomada de posse está marcada para o dia 1 de março.

(0)
Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Artigos Relacionados

Município apoia criação de sala multideficiência na Escola D. Pedro I

A sala multideficiência da EB 2/3 D. Pedro I (Agrupamento de Escolas de Cister), um espaço polivalente destinado a alunos com necessidades especiais em idade correspondente ao 2º e 3º ciclos e ensino secundário, foi inaugurada no passado dia 11 de janeiro. O...

1º ciclo do Ensino Básico integra a Hora dos SuperQuinas

O Projeto da Federação Portuguesa de Futebol estende-se, agora, a todo o país, depois do projeto-pilooto, que decorreu durante 3 meses, ter demonstrado a necessidade de promover atividade física nestas idades. Os Centros Escolares da Nazaré, Valado dos Frades e...

super