Q

Previsão do tempo

7° C
  • Saturday 10° C
  • Sunday 9° C
  • Monday 11° C
8° C
  • Saturday 11° C
  • Sunday 10° C
  • Monday 11° C
8° C
  • Saturday 11° C
  • Sunday 10° C
  • Monday 11° C

Excesso de população de gaivotas em Peniche e nas Caldas

Francisco Gomes

EXCLUSIVO

ASSINE JÁ
Em Peniche é opinião generalizada de que este ano a população de gaivotas deverá ter ultrapassado aquilo que, em princípio, seria ambientalmente aceitável.

Em anos anteriores chegaram a existir reclamações, como estragos no revestimento/pintura dos prédios e veículos, e em roupas estendidas, entupimento de caleiras, incomodidade perante o ruído provocado, agressividade destas aves revelados em ataque às pessoas, para além das questões de saúde pública e ambiental, que levaram à intervenção da Reserva Natural da Berlenga e da Câmara Municipal de Peniche para um apropriado controlo da população de gaivotas.

Contudo, o número de gaivotas é atualmente excedentário ao desejado. Como forma de combater esta situação continuam a ser pertinentes as medidas propostas no passado: colocar picos, redes e outros elementos dissuasores nos locais onde habitualmente as gaivotas pousam, acondicionar correctamente o lixo e fechar devidamente os sacos e contentores, impedindo que as gaivotas aí se alimentem, e não dar comida às gaivotas.

Nas Caldas da Rainha o vereador Luís Patacho, do PS, pronunciou-se em reunião camarária, sobre o excesso de população de gaivotas na cidade, considerando este problema “ainda mais grave do que o excesso de pombos”.

No seu entender “ urge encontrar uma solução célere e adequada, uma vez que poderá colocar em causa a saúde pública”.

Em relação ao pombos, falta implementar a proposta socialista aprovada em junho do ano passado, que visa a criação de um pombal contraceptivo, tendo em conta o excesso destas aves em diversos bairros caldenses, que provoca “prejuízos às populações que ali habitam, ao património edificado e à imagem da cidade, prejudicando a sua capacidade atrativa”.

A ideia é que os pombos estabeleçam os seus ninhos nestas estruturas, cuidadas e limpas por equipas responsáveis, sendo depois os seus ovos retirados do local e substituídos por outros em gesso ou plástico.

Segundo a proposta apresentada pelo grupo municipal do PS, “a implementação de pombais contraceptivos como instrumento de controlo da população de pombos em meio urbano tem-se revelado eficaz em diversas cidades da Europa, permitindo a criação de locais de alimentação supervisionados”.

“A implementação de pombais contraceptivos deverá ser um projeto pedagógico de sensibilização das populações para este problema, sendo recomendável que a Câmara envolva em parceria estratégica as associações de proteção dos animais, as sociedades columbófilas e as escolas existentes na cidade em torno deste objetivo”, consta da proposta socialista, que foi aprovada com doze votos a favor, duas abstenções (CDS) e cinco contra (PSD).

(0)
Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Últimas

Artigos Relacionados

Marcha do Orgulho com mais de 300 participantes

Realizou-se nas Caldas da Rainha, no dia 26 de junho, uma marcha em defesa da comunidade lésbica, gay, bissexual, transgénero e outras orientações de género, com mais de três centenas de manifestantes a rejeitarem serem discriminados e a reclamarem por condições...

marcha1

Arrancaram obras na linha férrea entre Caldas e Torres

A Infraestruturas de Portugal deu início, no dia 28 de junho, à empreitada de modernização do troço da Linha do Oeste entre Torres Vedras e Caldas da Rainha, após a assinatura do auto de consignação ter tido lugar na estação ferroviária de Caldas da Rainha, com a...

ferrovia