Q

Previsão do tempo

13° C
  • Wednesday 13° C
  • Thursday 14° C
  • Friday 14° C
13° C
  • Wednesday 14° C
  • Thursday 14° C
  • Friday 14° C
15° C
  • Wednesday 14° C
  • Thursday 14° C
  • Friday 14° C

Caldas da Rainha e Alcobaça criam marca para cutelarias dos dois concelhos

Paulo Alexandre

EXCLUSIVO

ASSINE JÁ
Oito das maiores empresas de cutelaria do país lançaram, no passado dia 3, a marca ‘Cutelarias de Santa Catarina e Benedita' para certificar um dos cinco maiores 'clusters' europeus do setor, localizado nos concelhos das Caldas da Rainha e Alcobaça.

A marca ‘Cutelarias de Santa Catarina e Benedita’ vai certificar a cutelaria produzida em empresas do concelho das Caldas da Rainha e de Alcobaça, que no conjunto constituem “um dos cinco principais ‘clusters’ do setor na Europa”, afirmou Samuel Serrazina, administrador da Jero.

O selo lançado em Santa Catarina, no concelho das Caldas da Rainha, conta com a adesão de oito empresas de Santa Catarina (freguesia das Caldas da Rainha) e da Benedita (Freguesia de Alcobaça), que nos seu conjunto representam um volume de negócios “superior a 40 milhões de euros” e a produção de 15 a 16 milhões de peças de cutelaria por ano, divulgaram os proprietários das empresas durante a apresentação da marca.

O setor é ainda “responsável por mais de mil postos de trabalho diretos” e dinamiza um número não apurado de trabalhadores indiretos, através das fábricas de moldes, embalagens e cortantes, explicaram os empresários.

O projeto, que vinha sendo discutido há cerca de oito anos, culminou, no passado dia 3, com oito empresas a assinarem os termos e utilização do símbolo nas suas peças, como “um selo de qualidade da região”, que, sublinhou o presidente da Câmara de Alcobaça, Paulo Inácio, pela primeira vez “se associa para a promoção conjunta no mercado nacional e internacional”.

Fernando Tinta Ferreira, presidente da Câmara das Caldas da Rainha, defendeu a ideia de que as empresas poderão ainda “reforçar a valorização da marcar” através da criação de “uma associação do setor” que, a par com a promoção da região, procure soluções para “a dificuldade de mão-de-obra especializada na região” e para “atrair trabalhadores de outras zonas do país”.

A marca que de futuro distinguirá a cutelaria regional foi registada pela AIRO – Associação Empresarial da Região Oeste, que liderou o concurso para a criação do logotipo, a que concorreram 16 designers.

O eixo Benedita-Santa Catarina é, no país, aquele em que existe a maior concentração de fábricas de cutelaria, rivalizando com regiões como Soligen (na Alemanha), Thiérry (França), Sheffield (Inglaterra) e Albacete (Espanha).

(0)
Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Artigos Relacionados

“Hawai de Alfeizerão” é investimento em campismo com charme

O conceito de acampar com elegância e charme vai ser explorado em breve em Alfeizerão, com a criação de um Parque de Glamping, Eco Resort e Parque de Autocaravanas intitulado “Hawai de Alfeizerão”, em construção no Casal da Ponte, num investimento que rondará entre...

alfeizerao1

Nazaré tem PME de Excelência

As PME do concelho da Nazaré foram distinguidas com o selo PME excelência atribuído em novembro pela Agência para a Competitividade e Inovação (IAPMEI). As empresas galardoadas faturaram 11,955 milhões de euros, ou seja, mais 31,51%, e exportaram 3,6 milhões de...

pme