Q

Previsão do tempo

12° C
  • Monday 13° C
  • Tuesday 13° C
  • Wednesday 13° C
12° C
  • Monday 12° C
  • Tuesday 14° C
  • Wednesday 14° C
12° C
  • Monday 12° C
  • Tuesday 13° C
  • Wednesday 14° C

Suspeito de furtos em lojas e a resistências aguarda julgamento

Paulo Alexandre

EXCLUSIVO

ASSINE JÁ
Um homem foi detido depois de tentar atropelar militares da GNR em Pataias.

O homem, de 30 anos, foi detido na passada quarta-feira, suspeito da autoria de “três crimes de violência depois da subtração, três crimes de furto e um crime de resistência e coação sobre funcionário”, divulgou o Ministério Público (MP) na sua página na internet.

Segundo o MP, os factos remontam ao passado dia 2, data em que o arguido terá entrado em três estabelecimentos comerciais situados na Marinha Grande e na Batalha, no distrito de Leiria, tendo furtado “um par de sapatos no valor de 62,80 euros, um telemóvel no valor de 1179,90 euros e um relógio no valor de 270,00 euros”.

De acordo com os autos, os funcionários dos estabelecimentos, que “foram no encalço do arguido com o objetivo de o deter e de recuperarem os mencionados objetos, foram alvo de agressão”.

O suspeito encetou depois uma fuga, na qual foi perseguido pela PSP da Marinha Grande e, já em Pataias (concelho de Alcobaça), “após lhe ter sido dada a ordem de sair do veículo” que conduzia, “engrenou a mudança de velocidade e dirigiu a sua viatura na direção dos militares da GNR daquela localidade”, conseguindo fugir do local.

O homem, residente em Louriceira (concelho de Alcanena), acabou por ser detido e sujeito a primeiro interrogatório judicial no Juízo Central de Instrução Criminal de Leiria.

Na sua página da internet, o Ministério Público divulgou que o juiz de Instrução Criminal determinou que o arguido aguardasse os trâmites do processo sujeito, cumulativamente, a termo de identidade e residência (TIR), à obrigação de apresentação trisemanal no posto policial da sua área de residência e à proibição de se ausentar da área do concelho de Alcanena sem expressa autorização do Tribunal.

A investigação prossegue sob direção do Ministério Público do Departamento de Investigação e Ação Penal de Alcobaça.

(0)
Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Artigos Relacionados

Simulação de roubo de telemóveis para receber dinheiro do seguro

Um casal residente na Nazaré simulou um assalto para poder receber cerca de dois mil euros do seguro. Foram as contradições nos depoimentos que acabaram por desmontar a mentira e agora os dois vão responder por simulação de crime e possível tentativa de burla. O...

Detido em flagrante por violência doméstica

Um homem de 30 anos foi detido por violência doméstica, na sequência de uma denúncia a dar conta da situação que foi, rapidamente, acompanhada pelos militares do posto da GNR de Valado dos Frades. Os militares presenciaram o agressor a proferir ameaças à vítima,...

gnr