Q

Previsão do tempo

11° C
  • Sunday 15° C
  • Monday 14° C
  • Tuesday 16° C
11° C
  • Sunday 15° C
  • Monday 14° C
  • Tuesday 16° C
11° C
  • Sunday 15° C
  • Monday 13° C
  • Tuesday 16° C

Nos anos 30 as pessoas vestiam-se a rigor para ir para a praia de São Martinho

Marlene Sousa

EXCLUSIVO

ASSINE JÁ
Maria da Graça Wiesbaum realizou no passado dia 22, no auditório da Biblioteca Municipal das Caldas da Rainha, uma exibição de slides comentada sobre a presença feminina na praia de São Martinho do Porto nos anos 30 e 40 do século passado.

“Na década de 1930 não havia automóveis e as pessoas iam vestidas para a praia de São Martinho do Porto”, disse Maria da Graça Wiesbaum, recordando que se “vestiam a rigor e notava-se a diferença entre a classe mais abastada que se vestia de branco, desde o chapéu aos sapatos”.

Outras diferenças mais evidentes do antigamente era “o contorno dos montes que era mais visível, o arvoredo mais intenso e menos construção”. Na praia também havia apenas uma fila de barracas.

Levou à sessão várias fotografias antigas do álbum dos seus pais que se conheceram em S. Martinho do Porto e casaram em 1935. Também exibiu imagens de postais antigos. Iniciou com a apresentação com slides da praia depois sobre São Martinho e as suas gentes nos anos 30, 40 e 50, terminando com imagens recentes.

Ainda as primeiras máquinas fotográficas em Portugal eram novidade, já o avô e pai de Maria da Graça Wiesbaum tiravam as suas primeiras fotografias em São Martinho do Porto, onde passavam todos os verãos e férias. A casa do seu avô, recordou, é agora “um hotel na avenida marginal que mantém os traços originais”.

Segundo a apresentadora, a vila de São Martinho do Porto começou a definir-se como estância balnear da burguesia abastada a partir de fins do séc. XIX, intimamente associada ao sucesso do termalismo das Caldas da Rainha – estância de eleição do rei e da corte. Os banhos de mar em São Martinho constituíam mesmo um complemento terapêutico dos banhos termais. Foi muito divulgada na primeira metade do século XX como “praia das crianças”, devido às suas condições naturais que constituem abrigo dos ventos e das correntes marítimas. Naquele tempo havia regatas de barcos à vela na baía.

A primeira apresentação de Maria da Graça Wiesbaum foi feita na Casa da Árvore, nas Caldas da Rainha, por convite da fisioterapeuta Ângela Subtil, que lhe deu a ideia de organizar a sessão de slides comentadas. Já realizou uma apresentação também em São Martinho do Porto, onde houve vários elementos do público presente que reconheceram pessoas nas fotografias.

Maria da Graça Wiesbaum e Cipriano Fernandes Simão são os autores do Roteiro São Martinho do Porto, que foi editado em 2000 e está disponível para visitantes e turistas na Junta de Freguesia. Segundo a coautora, que reside em São Martinho do Porto, como não são especialistas em história nem de geografia, para o roteiro, limitaram-se a “fazer consultas de literatura adequada e a entrevistar pessoas de mais idade que deram interessantes informações orais”.

A apresentação de slides comentada também nasceu por causa do roteiro, que tem tido bastante procura.

(0)
Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Artigos Relacionados

Alcobacense Churky participa no Festival da Canção 2023

O Músico Churky, de Alcobaça, é um dos novos valores da música portuguesa que está entre os 20 autores selecionados para a edição de 2023 do festival da Canção. Há mais dois nomes do distrito de Leiria que participam, os Dankunsportif  de Peniche e  Inês...

chuky 1

Novo disco dos The Gift chega às plataformas de streaming

CORAL, o novo disco dos The Gift, editado no passado dia 14 de setembro, apenas disponível em exclusivo na App REV, já chegou a todas as plataformas de streaming. O novo trabalho de estúdio da banda de Alcobaça conta com um conceito único, no qual arriscaram a...

indice