Q

Previsão do tempo

14° C
  • Friday 18° C
  • Saturday 22° C
  • Sunday 26° C
14° C
  • Friday 20° C
  • Saturday 25° C
  • Sunday 29° C
14° C
  • Friday 21° C
  • Saturday 25° C
  • Sunday 29° C

José Aurélio é autor da moeda dos 50 anos da ponte 25 de abril

Paulo Alexandre

EXCLUSIVO

ASSINE JÁ
É da autoria do escultor alcobacense José Aurélio a moeda comemorativa do 50.º aniversário da Ponte 25 de Abril que a Imprensa Nacional-Casa da Moeda (INCM) apresentou, integrada no Plano de Moedas Comemorativas 2016, no dia 5 de Agosto, na sede da Infraestruturas de Portugal, em Almada.

Esta moeda corrente comemorativa possui o valor facial de dois euros e está limitada a uma emissão de 500 mil exemplares com acabamento normal, 10 mil exemplares com acabamento proof e 10 mil unidades com acabamento BNC (brilhante não circulada).

Inaugurada a 6 de Agosto de 1966, como Ponte Salazar, a Ponte foi rebatizada após a Revolução de 1974, sendo uma das maiores pontes suspensas do mundo e considerada, desde sempre, uma obra maior da engenharia portuguesa e um símbolo do país e da sua capital.

Ao longo de 50 anos, soube adaptar-se e responder às necessidades de mobilidade urbana, acompanhando o processo de urbanização a sul, e constituindo uma infraestrutura fundamental para o quotidiano de milhares de pessoas, com uma presença marcante na paisagem das duas margens do rio Tejo.

(0)
Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Artigos Relacionados

Inaugurado centro de residências artísticas

Um centro de residências artísticas situado na cidade de Alcobaça foi dado a conhecer na passada sexta-feira, com a inauguração da exposição de um de cinco artistas ucranianos que se encontram alojados temporariamente no espaço, num projeto criado por uma equipa...

central1

Arrancou o Cistermúsica de Alcobaça sob o signo dos “Amores Proibidos”

Foi no passado  fim de semana que se iniciou  a 30.ª edição do Cistermúsica — Festival de Música de Alcobaça que celebra três décadas de um Festival que, ao longo destes anos, se foi afirmando como uma referência a nível nacional e que em 2022 não será diferente....

cister musica1