Q

Previsão do tempo

18° C
  • Friday 18° C
  • Saturday 21° C
  • Sunday 25° C
19° C
  • Friday 20° C
  • Saturday 25° C
  • Sunday 29° C
20° C
  • Friday 21° C
  • Saturday 25° C
  • Sunday 29° C

Museu do Vinho exibe produtos inovadores de junco promovidos pelo projeto Coz Arte

Paulo Alexandre

EXCLUSIVO

ASSINE JÁ
O Museu do Vinho de Alcobaça inaugurou, esta terça-feira, a exposição “Junco”, uma mostra de trabalhos inovadores elaborados por alunos da ESAD - Escola Superior de Artes e Design (Caldas da Rainha) no âmbito do projeto COZ´ART.

A partir do estudo da técnica de tratar, corar, e tecer o junco, ainda hoje utilizada pelos artesãos de Coz, no concelho de Alcobaça, e dos tradicionais tapetes e ceiras coloridas e padronizadas, os alunos da ESAD receberam o desafio lançado pela Câmara Municipal para (através do projeto COZ´ ART) para propor novas tipologias de produto, novos materiais e técnicas de produção. “Junco” é a resposta destes alunos ao desafio proposto.

Lançado no final de 2015, COZ´ART é um projecto do Centro de Bem Estar Social da Freguesia de Coz que visa (entre outros objectivos) a revitalização de uma arte centenária da freguesia, formando novos artesãos. Com esta aposta, de uma nova geração dedicada aos teares de junco, procurou-se encontrar inovação e conciliação de produtos, para além de novas formas.

Foi então, celebrado um protocolo promovido pela Câmara Municipal de Alcobaça e que proporcionou a cooperação entre o Centro de Bem Estar Social (CBES) da Freguesia de Coz e o Instituto Politécnico de Leiria, no qual integra a ESAD, com vista à recuperação das antigas tradições de manufaturação de esteiras e ceiras de junco. Visa sobretudo fomentar o empreendedorismo social, criando condições de inclusão social e laboral para os elementos da comunidade que desejem integrar a formação que terá inicio proximamente.

As propostas apresentadas em “Junco” pretendem ser material e tecnicamente exequíveis, correspondendo a necessidades identificadas e sustentando uma ideia de negócio para todos os envolvidos na sua produção, sob a marca COZ´ART. Os três melhores produtos serão distinguidos com um prémio de 1000€, 750€ e 500€

respetivamente. Para o Presidente da Câmara Municipal de Alcobaça, Paulo Inácio, “esta exposição é uma etapa de consagração de um projeto que pretende manter perene as memórias e as técnicas do trabalho em junco, conferindo uma nova vitalidade e atualidade a produtos que estavam em risco de desaparecer. Tenho a certeza que este projeto irá gerar um renovado interesse pelo trabalho em junco e criar novas oportunidades de negócio.

”A exposição inaugurada esta terça-feira, estará patente até 30 de julho no seguinte

horário: 10h00-13h00 / 14h00-17h00.

Entrada Livre.

O Junco

O junco é uma planta que cresce perto de cursos de água, lagoas, terrenos alagadiços e zonas húmidas. De cor verde e muito flexível, o seu caule, de forma cilíndrica, chega a ter metro e meio de comprimento. É com este caule, do qual se aproveitam cerca de 80cm, que depois de seco, tratado e tingido, se fabricam as cestas, também

conhecidas como “ceiras”.

(0)
Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Artigos Relacionados

Inaugurado centro de residências artísticas

Um centro de residências artísticas situado na cidade de Alcobaça foi dado a conhecer na passada sexta-feira, com a inauguração da exposição de um de cinco artistas ucranianos que se encontram alojados temporariamente no espaço, num projeto criado por uma equipa...

central1

Arrancou o Cistermúsica de Alcobaça sob o signo dos “Amores Proibidos”

Foi no passado  fim de semana que se iniciou  a 30.ª edição do Cistermúsica — Festival de Música de Alcobaça que celebra três décadas de um Festival que, ao longo destes anos, se foi afirmando como uma referência a nível nacional e que em 2022 não será diferente....

cister musica1